Servidores de Macaúbas receberão salários atrasados depois de intervenção do MP

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Sudoeste | Data: 27 dez 2016

Tags:, , ,

Da Redação

Os servidores públicos do município de Macaúbas enfim conseguiram garantir o pagamento dos salários atrasados, depois de ocuparem a prefeitura no dia 19 de dezembro.

Na manhã da última sexta-feira (23) eles desocuparam o prédio após o Ministério Público garantir que até o dia 30 de dezembro os servidores receberão os salários, dando prioridade para aqueles que estão sem receber a mais tempo e os que recebem salários menores.

Com a retomada das atividades administrativas na prefeitura, lideranças da mobilização e representantes do prefeito se encontraram para celebrar o acordo.

Caso a decisão seja descumprida, será pedido a Justiça o sequestro de verbas e crime de responsabilidade do prefeito, previsto por lei. A fim de acompanhar as providências adotadas para cumprimento do acordo, representantes dos servidores públicos e do governo municipal voltaram a se reunir nesta terça-feira (27).

Servidores municipais dão início à campanha salarial

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 26 fev 2016

Tags:, , , ,

Da Redação

DSC_4660_site-768x509Foto: Divulgação Secom PMVC

Nesta semana, representantes dos servidores públicos municipais se encontraram com a administração municipal de Vitória da Conquista para discutir a campanha salarial de 2016. O primeiro encontro aconteceu com uma comissão do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Vitória da Conquista (Sinserv), na última quarta, 24 de fevereiro.

Já nessa quinta (25), foi realizada a primeira reunião de negociação da campanha salarial dos Profissionais da Educação, da qual participou membros da direção Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (Simmp).  Nessa reunião, como já tinha sido anunciado, o Sindicato apresentou como proposta prioritária a reestruturação da carreira com a unificação dos profissionais da educação e o cumprimento integral da lei do piso.

Os gestores apresentaram uma contraproposta, que, segundo o Simmp, será avaliado e discutido com a base. A deliberação do grupo será informada à administração municipal em uma próxima reunião marcada para o dia 2 de março, próxima quarta-feira. Antes disso, no dia 1° de março, às 8h30, no Centro Integrado de Educação Navarro de Brito (CIENB), haverá uma assembleia geral da categoria.

O Sinserv, por sua vez, apresentou uma proposta, considerada pela direção do Sindicato como enxuta. Entre os pontos da pauta apresentada pela categoria estão o reajuste do salário-base e o aumento do vale-alimentação.

 

Sindicatos convocam servidores públicos para assembleia geral

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 12 set 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

O Sindireceita e Sindfazenda emitiram comunicado convidando os servidores públicos federais, estaduais e municipais a participarem de um debate conjunto entre todas as categorias. Entre os pontos de discussão estão políticas salariais e situação atual do trabalho dos servidores.

Confira a pauta: Qualidade dos serviços prestados pelo Estado ao cidadão; Situação atual dos servidores públicos e perspectivas; Construção de política salarial permanente para os servidores públicos; e Realizações e compromissos futuros em benefício dos servidores públicos.

O encontro acontecerá nesta sexta-feira (12), das 17h às 20h, no Fainor, no bairro Candeais.

Ação da URV pode render mais de 200 mil para servidores públicos em todo o País

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Economia, Justiça, Sudoeste, Trabalho, Vit. da Conquista | Data: 24 abr 2014

Tags:,

Da Redação

O supremo tribunal federal julgou procedente uma ação de um servidor público que lutava na justiça pela metodologia de conversão dos seus vencimentos de acordo com a URV.

URVSegundo o “Centro Paulista de Apoio Aos Aposentados e Servidores Públicos – CEPAASP” representante do autor da ação, o STF considerou que uma lei estadual não pode estabelecer padrões de conversão, já que é autoridade da União definir regras sobre o sistema monetário. Com a mudança, a Fazenda do Estado de São Paulo foi condenada a fazer o pagamento das diferenças salariais, decorrentes do recálculo dos vencimentos do servidor público Waldivino Belchior, no valor de R$ 212.881, 54.

O advogado do caso, Dr. Vinícius Fiscarelli explica que outros servidores também têm esse direito, já que a perda da URV foi em todo território nacional. Com isso em qualquer estado e município, servidores estaduais e municipais podem ingressar com a ação, observada a efetiva comprovação do prejuízo. Tem direito servidores públicos aposentados e ativos. …Leia na íntegra