Conquista: palestra em Libras sobre a cultura africana abre o Setembro Azul

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 11 set 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Da Redação

Fonte: Secom/PMVC

Será realizada em Vitória da Conquista nesta quarta-feira (11), a primeira palestra em comemoração ao “Setembro Azul” – mês dedicado à Cultura Surda. A iniciativa é promovida pela Secretaria Municipal de Educação (Smed), por meio da Central de Interpretação de Libras (CIL),

A palestra: “África nas mãos: espaços, conflitos e resistências” será ministrada em língua de sinais pelo professor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Wermerson Silva, às 18h, no Auditório da Rede de Atenção à Criança e o Adolescente, localizado na Praça Tancredo Neves. Haverá ainda a tradução simultânea para o público ouvinte (não surdo).

Ainda no mês de setembro, será realizada uma série de eventos voltados à comunidade e no dia 25, véspera do dia nacional do surdo, haverá uma palestra com o professor, especialista em educação para surdos, Carlos Alberto Franco.

Acontece nesta sexta a roda de Conversa do “Setembro Azul – Orgulho de ser Surdo; Confira

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 20 set 2018

Tags:, ,

Da Redação
Fonte: Ascom/PMVC

 

Com o tema “Setembro Azul – Orgulho de ser Surdo”, a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Central de Interpretação de Libras (CIL) e do Núcleo Pedagógico de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação (Smed), estará promovendo uma roda de conversa. O evento acontece no auditório da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico (Semtre), nessa sexta (21) às 14h.

A Roda de Conversa será com o professor em Língua Brasileira de Sinais (Libras), Murilo Rocha Nunes, que será auxiliado pelo Tradutor Intérprete de Libras. O objetivo é celebrar o mês do empoderamento da comunidade e cultura surda e também promover interação, socialização e espaço linguístico dos usuários de Libras, proporcionando visibilidade para essa discussão.

A ação contará também com a participação dos alunos surdos matriculados na rede e os surdos que recebem atendimento na Central de Interpretação de Libras, além dos estudantes matriculados no curso de Libras.