Prefeitura e Sindacs dialogam sobre implantação da Vila do Servidor

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 11 fev 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Secom/PMVC(Conteúdo)

A Vila do Servidor está a cada dia mais próxima de se tornar realidade. Para discutir a nova etapa da sua implantação, o prefeito Herzem Gusmão recebeu representantes do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias (Sindacs). O encontro aconteceu no Gabinete Civil da Prefeitura da Zona Oeste (PZO).

No fim do ano passado, o prefeito assinou o Decreto de Afetação, destinando um terreno de 56 mil metros quadrados para a construção do conjunto habitacional dos servidores municipais. Durante a reunião desta manhã, Herzem lembrou que se trata de uma área nobre, localizada no bairro Boa Vista, próxima aos dois shoppings da cidade.

“É importante destacar que a doação do terreno já barateia, em média, 30% o custo do imóvel que esse servidor vai vir a adquirir. A Prefeitura já está fazendo indiretamente esse aporte ao servidor municipal, que não tem a sua residência própria, e que, com esse projeto, vai poder adquirir sua residência”, destaca o secretário municipal de Administração, Kairan Rocha.

Ainda nesta semana, será publicado um decreto instituindo a comissão responsável por dar andamento ao processo de implementação da Vila do Servidor. Ela será composta por cinco membros do Governo Municipal e por um representante de cada um dos três sindicatos.

…Leia na íntegra

Sindicatos definem hoje em assembleia rumos do movimento grevista em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 29 Maio 2017

Tags:, , ,

da Redação

A Prefeitura Municipal tem valorizado o servidor municipal e tem mantido diálogo com todos os sindicatos. Após a notícia da manutenção da greve dos professores representados pelo Simmp, – nesta 2ª feira (29), a administração aguarda decisão do Sinserv e Sindacs.

Na reunião realizada na última sexta (26), o prefeito Herzem Gusmão (PMDB), anunciou aumento de 5%. sendo agora 2% e 3% em setembro, aumento de 25% no Vale-alimentação. Garantiu subsidiar o plano de saúde do servidor bem como o programa de habitação. Outra vantagem seria a distribuição dos primeiros R$ 5 milhões de arrecadação com o Refis.

A Prefeitura aguardará as decisões que serão anunciadas pelos sindicatos. O Governo espera pelo fim da greve pelos menos do Sinserv e Sindacs.

 

 

Sindacs realiza assembleia para discutir proposta de reajuste salarial

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 01 jun 2015

Tags:, , ,


Da Redação
Foto: Ascom PMVC

SC1_7755-598x399Na próxima terça-feira (2), o Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias (Sindacs) de Vitória da Conquista realiza na Câmara de Vereadores, a parir das 8h30, assembleia geral para discutir proposta de reajuste salarial oferecida pela administração do município. Em reunião realizada na última sexta (29), o governo municipal propôs à categoria reajuste de 6,41%, retroativo ao mês de maio.

Os agentes comunitários de saúde e de endemias entraram em negociação com a Prefeitura, após a categoria não ser contemplada com o reajuste salarial de 8.84%, retroativo a 1º de maio, que foi aprovado para os demais servidores públicos. Na ocasião, a administração municipal argumentou que os agentes não teriam direito à concessão do reajuste porque a aprovação do piso salarial da categoria era recente. Assim, a Prefeitura ofereceu o reajuste para setembro próximo, quando a aprovação do piso completa um ano. Mas a proposta não foi aceita pelo Sindacs.

Se for aceita pela categoria, a nova proposta, formatada enquanto Projeto de Lei (PL) será encaminhada para a Câmara Municipal. Também será encaminhado o PL sobre o pagamento de insalubridade para os agentes comunitários de saúde, outra reivindicação do Sindacs.

Agentes comunitários e de endemias quer reajuste aprovado para os servidores

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 25 Maio 2015

Tags:, , , ,


por Mateus Novais

tiraOs agentes Comunitários de Saúde e os de Combate às Endemias estão mobilizados contra a proposta da Prefeitura para a campanha salarial 2015. A categoria quer a concessão do reajuste salarial junto com os demais servidores públicos, o que é descartado pelo governo municipal.

O reajuste de 8.84%, retroativo a 1º de maio de 2015, que foi aprovado na última semana para os servidores, não contempla os agentes. A Administração Municipal argumenta que a aprovação do isso salarial é muito recente. Assim sendo, a Prefeitura oferece o reajuste para setembro deste ano, quando a aprovação do piso completa um ano. Mas a proposta não foi aceita pela categoria.

A coordenadora estadual do Sindicato dos Agentes Comunitários e de Endemias (Sindacs), Rita Suzana (foto), diz que os trabalhadores querem a “isonomia”. “Realizamos uma assembleia nesta segunda-feira e a categoria rejeitou a proposta do governo, porque nós somos servidores do município como todos os outros e merecemos o reajuste”, afirma. Ela também aponta para uma paralisação, caso as negociações não avancem. “Se o governo nos oferecer uma proposta razoável, não será necessária uma paralisação”.

Agentes de Saúde param atividades por 48 horas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 22 abr 2014

Tags:,

por Mateus Novais

IMG_3246

Os agentes comunitários de saúde de Vitória da Conquista paralisaram as atividades por 48 horas a partir desta terça-feira (22). A paralisação tem o objetivo de chamar atenção para algumas demandas da categoria que foram apresentadas ao Governo Municipal em 2013, mas que até agora não foram atendidas.

Segundo a coordenadora estadual do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde Bahia (Sindacs), Rita Suzana, uma reunião com o prefeito tinha sido agendada para a próxima quinta, mas foi cancelada. “Estamos solicitando os uniformes, ponto de apoio nas localidades e material didático, que são reivindicações da campanha salarial de 2013. Se não formos atendidos, poderemos deflagrar uma greve.”, disse Rita.