Conquista receberá sistema informatizado para queixas de consumidores

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 19 abr 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

procon

No segundo semestre deste ano, Vitória da Conquista deve receber o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec). O sistema informatizado, que integra processos e procedimentos relativos ao atendimento de consumidores nos Procons, promete agilizar o atendimento aos consumidores.

A informação foi confirmada pelo diretor de Assuntos Especiais do Procon-BA, Saulo Teixeira, na última sexta-feira (15), à Comissão de Proteção e Defesa do Consumidor, composta pelos vereadores Sidney Oliveira (PRB) e os edis Cícero Custódio (PSL) e Hermínio Oliveira (PPS).

Com o Sindec, o consumidor que tiver uma queixa poderá fazer um cadastro no sistema, que fornecerá um protocolo, e receberá uma resposta em até seis dias.

Procon-Conquista integrará sistema nacional de dados de Defesa do Consumidor

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 20 jun 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

procon

Nos próximos meses o Órgão de Defesa do Consumidor de Vitória da Conquista, o PROCON – Conquista, integrará o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec). O prazo previsto para implantação do programa e capacitação dos técnicos do serviço será de, no máximo, dois meses.

sessao19_Jun_151O diretor de assuntos especiais do PROCON-Bahia, Paulo Teixeira (foto), explica que o Sindec é um sistema que liga por meio da informatização os PROCONs de todo Brasil. “Este é um sistema que integra informações, onde estão relacionados todos os problemas entre consumidores e fornecedores e serve para o Governo traçar estratégias de relação de consumo”, esclareceu Paulo.

O Sistema tem sua central na Escola Nacional de Defesa do Consumidor, em Brasília, de onde é gerado o Boletim Sindec. O boletim é uma publicação periódica que consolida todos os atendimentos (demandas) registrados pelos PROCONs integrados, para permitir uma análise sobre os Assuntos, Problemas e Fornecedores que mais levam os consumidores aos PROCONs.