Sem salários, terceirizados protestam no centro de Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Geral, Trabalho | Data: 17 mar 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

IMG_7509

Funcionários terceirizados de empresas que prestam serviço para o Governo do Estado realizaram uma caminhada pelas ruas do centro de Vitória da Conquista nesta terça-feira (17). Os trabalhadores estão em greve desde a última semana devido a salários e benefícios atrasados.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Terceirizados de Vitória da Conquista (Sindilimp), Luciano Sousa, afirma que há um jogo de “empurra” entre o Governo do Estado e as empresas. “As empresas vêm nesse jogo de empurra, dizendo que o Estado não repassou; o Estado fala que repassou e comprova com documentos e as empresas não vem cumprindo o direito dos trabalhadores”.

Os trabalhadores garantem que só voltarão aos serviços após as empresa SANDES e CONTRACT depositarem os salários, além do vale-transporte e ticket alimentação. Com a greve, estudantes de algumas escolas da Rede Estadual ainda não puderam usufruir do ambiente escolar.

Funcionários da limpeza do Banco do Brasil em Conquista estão em greve

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Trabalho | Data: 09 mar 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_0414

O problema da falta de pagamento de salários para funcionários terceirizados atingiu também o Banco do Brasil. Os trabalhadores da limpeza das três agências do banco estão sem receber salário e benefícios há dois meses. Com isso, desde a última quinta-feira (5), os funcionários suspenderam as atividades.

O Sindicato dos Trabalhadores Terceirizados (SINDILIMP) diz que não consegue contato com a empresa responsável por cerca de 15 funcionários na cidade.  “A empresa que assumiu o contrato se escondeu e não está cumprindo os direitos dos trabalhadores”, denuncia o presidente do Sindilimp, Luciano Sousa.

Uma audiência, na próxima quarta-feira (11), no Ministério Público do Trabalho poderá por um fim a este impasse. “A gente vai discutir com o banco a maneira mais de pagar o salário dos trabalhadores que estão em atraso”.

Terceirizados da Educação prometem greve ainda esta semana

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 09 mar 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

IMG_0026Na manhã desta segunda-feira (9), o Sindicato dos Trabalhadores Terceirizados de Vitória da Conquista (Sindilimp), voltou a fazer uma paralisação em protesto a benefícios e salários atrasados, na porta da DIREC-20. Os trabalhadores da Rede Estadual de Educação afirmam ter havido suspensão de benefícios, como vale transporte e alimentação. Já os funcionários terceirizados do Banco do Brasil estão com dois meses de atraso de salários.

Segundo o Sindilimp, os funcionários do administrativo da empresa SANDES estão com quatro vales alimentação e transportes e o salário atual em atraso. A empresa também está devendo dois vales alimentação e transporte para os trabalhadores da merenda escolar. Já os trabalhadores da limpeza, que pertencem a empresa CONTRACT, estão com o salário atual em atraso, além de dois vales alimentação e transporte. “As empresas vêm nesse jogo de empurra, dizendo que o Estado não repassou; o Estado fala que repassou e comprova com documentos e as empresas não vem cumprindo o direito dos trabalhadores”, afirma o presidente do Sindilimp, Luciano Sousa.

Amanhã, todos irão realizar uma assembleia  no sindicato em assembleia para definir os rumos da paralização. “Se pelo menos o vale alimentação não tiver saído, infelizmente, nós vamos ter que parar o funcionamento de todas as escolas, com greve por tempo indeterminado”, garante Luciano.

Terceirizada da educação convoca ex-funcionários para homologação de rescisão

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Trabalho | Data: 17 jul 2014

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

DSC_0970A Diretoria Regional de Educação (Direc-20) e o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública do Estado da Bahia (Sindilimp) convocam os ex-funcionários da empresa terceirizada da Educação Estadual, Assemp, para realizar a homologação da rescisão contratual.

De acordo com a Direc-20, mais de 100 trabalhadores, que prestaram serviços para a empresa até março deste ano, têm direito aos benefícios pelo tempo de serviço na empresa.

O encontro ocorrerá na próxima sexta-feira (18), no Centro Integrado de Educação Navarro de Brito, às 8h30h.

Educação: terceirizados com salários atrasados ameaçam parar 3 escolas em Conquista

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 11 jul 2014

Tags:,

da Redação

DSCF4800

O Sindicatos dos Trabalhadores Terceirizados (SINDILIMP) está mobilizado em defesa dos trabalhadores a disposição da Secretaria de Educação do Estado da Bahia com salários atrasados em 6 meses. “A Empresa Flex não paga salários há 90 dias. São mais 90 dias também da Contrate”, disse o secretário geral do sindicato, Luciano Souza.

O movimento pretende paralisar nesta 2ª feira (14), 3 escolas em Vitória da Conquista. O CIENB – Centro Integrado de Educação Navarro de Brito, o Adelmário Pinheiro e o Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães estão na mira do movimento.

Outro problema está relacionado com a UESB – Universidade Estadual do Sudoeste onde a empresa HD está em atraso com o Vale Transporte, Alimentação e salários. “ A empresa não vem acatando um acordo firmado com o MPT. A empresa não vem respeitando nem o Ministério Público”, disse Souza. Durante todo o dia de hoje a categoria continuará em protesto com carro de som nas ruas e praças da cidade.

Sindilimp quer mudança nos termos de contratação das empresas terceirizadas

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Economia, Educação, Vit. da Conquista | Data: 16 dez 2013

Tags:,

Da Redação

Sindicato reivindica contratos com maior prazo para garantir férias dos funcionários.

luciano souzaNo espaço destinado à participação da comunidade na Câmara – a Tribuna Livre, o secretário geral do Sindilimp, Luciano Souza, falou sobre o atraso nos pagamentos dos funcionários terceirizados, que estavam sem receber salário desde o mês de setembro, além de solicitar maior prazo nos contrato visando garantir o direito as férias.

Segundo o secretário do sindicato, o Estado faz o contrato com as empresas com o prazo inicial de três meses para iniciar o repasse da verba e informou que a empresa Contrat, mesmo diante desta situação de atraso no início do pagamento pelo Governo Estadual, garantiu os salários dos funcionários por nove meses.

Disse ainda que o Governo cancelou contrato com algumas empresas e que, em reunião com o Ministério Público no dia 29 de setembro, a Contrat  foi a única empresa que comprovou que havia o valor referente ao repasse de meses para receber do Estado. Ressaltou, no entanto, que o valor total foi dividido em duas faturas, e que a empresa só recebeu do Estado a primeira fatura. Com informações ascom/câmaravc.