Mais da metade da população brasileira é obesa ou tem sobrepeso

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 02 set 2019

Tags:,

Segundo pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde em 2018, o índice de pessoas obesas no Brasil atingiu seu maior patamar nos últimos 13 anos, alcançando a marca de 19,8% da população entrevistada. Se levarmos em consideração pessoas obesas e com sobrepeso, chega-se ao preocupante número de 55,7% de pessoas afetadas por desordens relacionadas ao peso.

A obesidade é determinada pelo Índice de Massa Corporal (IMC), que é calculado dividindo-se o peso (em kg) pelo quadrado da altura (em metros). Se o resultado for igual ou inferior a 18,5 acredita-se que essa pessoa apresenta peso abaixo da média esperada. Em contrapartida, valores iguais ou superiores a 25,0 podem ser considerados como indicativos de sobrepeso ou obesidade.

Quando uma pessoa obesa inclui em sua rotina um programa de exercícios físicos regulares, automaticamente ela eleva sua taxa de metabolismo basal (o famoso metabolismo lento/acelerado). Associado a uma dieta equilibrada e hipocalórica, o metabolismo acelerado (influenciado por exercícios físicos) vai contribuir para um emagrecimento mais rápido e eficaz. Porém, devemos lembrar que para uma pessoa obesa iniciar um programa de treinamento físico é necessário mudar alguns hábitos. Primeiramente é aconselhável tornar-se mais ativo em atividades da vida diária, pois atitudes simples (como subir um lance a mais de escada, descer em um ponto de ônibus antes de seu destino final ou até ir até a panificadora a pé) auxiliam na adaptação ao exercício.

…Leia na íntegra

Número de brasileiros com sobrepeso permanece estável

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 01 maio 2014

Tags:

Agência Brasil

download (1)Pesquisa feita pelo Ministério da Saúde nas capitais brasileiras e no Distrito Federal mostra que metade (50,8%) dos brasileiros acima de 18 anos está com excesso de peso, dos quais 17,5% são obesos. Embora o resultado seja preocupante, esta é a primeira vez, em oito anos, que os números permanecem estáveis. Desde que o trabalho começou a ser feito, em 2006, a média anual de crescimento dessa população era de 1,6%. Os dados da pesquisa são de 2013. “É uma fotografia de 2013. É preciso aguardar os próximos anos para verificar se isso será uma tendência. Seja como for, é muito importante”, afirmou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

O secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Jarbas Barbosa, atribui, em parte, a mudança à melhora na alimentação dos brasileiros. O trabalho mostra que 23,6% dos entrevistados disseram comer pelo menos 5 porções de frutas e verduras por dia, em pelo menos 5 dias da semana. Em 2008, 20% afirmavam ter esse hábito. Ele considera essencial, no entanto, a redução do consumo de leite integral. “Há ainda a falsa impressão de que o consumo do produto integral é mais nutritivo”, comentou. Ano passado, 53,5% dos entrevistados disseram que consumiam leite integral. Outro ponto considerado preocupante é o hábito de brasileiros trocar o jantar por um lanche. Dos entrevistados, 16,5% dos brasileiros disseram manter essa prática.

…Leia na íntegra