Jovem assassinado em estúdio de tatuagem é identificado

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 19 jul 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_2515O homem assassinado no bairro Patagônia, na manhã desta terça-feira (19), foi identificado como João Pedro Sousa Nascimento, de 19 anos. Ele foi executado com vários tiros em um Estúdio de Tatuagem, na Av. Paramirim.

No local, ninguém soube relatar como o crime teria ocorrido. Segundo o Blog do Léo Santos, a Polícia Militar apontou que João Pedro tinha passagem pela delegacia.

O corpo do jovem será encaminhado para o Instituto Médico Legal. Esse é o sétimo homicídio registrado em Vitória da Conquista no mês de Julho, subindo para o número de 112 Homicídios esse ano.

Homem é assassinado dentro de ateliê de tatuagm, no Patagônia

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 19 jul 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais
foto: WhatsApp BRG

IMG_8391

Mais um homicídio foi registrado em Vitória da Conquista. No final da manhã desta terça-feira (19), um homem, de nome ainda não divulgado, foi morto a tiros dentro de um atelier de tatuagens. O crime aconteceu no na Avenida Paramirim, bairro Patagônia, por volta das 11 horas.

Polícia prende acusados de tráfico e tatuagem chama atenção

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 31 jan 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais
foto: Polícia Militar

PETO78-1500GR

Uma operação da Polícia Militar, na noite desta sexta-feira (30), apreendeu dois acusados de tráfico com uma pistola calibre e 1,5 kg de drogas. Os suspeitos estavam comprando quentinhas em uma churrascaria.

Após uma abordagem a um veículo nas proximidades da Avenida Pará, no Bairro Ibirapuera, os policiais encontraram dois homens em atitude suspeita. Ao indagá-los, os militares do Peto 78ª CIPM seguiram para uma averiguação a residência do suspeito que se declarava apenas usuário. Na casa, localizada no bairro Cidade Modelo, foram encontrados cerca de R$ 210, 1kg de crack, balança de precisão, 500 gramas de maconha, quatro celulares e um colete balístico com capa.

TATUAGEM-CARLOS AUGUSTOSegundo a Polícia Militar, a residência do acusado, que foi preso há menos de dois meses, servia como ‘boca de fumo’. Uma tatuagem na costa de um dos suspeitos chamou a atenção dos policiais pelo conteúdo. “A Bíblia diz não mataras mais as vezes Deus usa as trevas para trazer as luzes”, diz a tatuagem.

Os suspeitos e todo material apreendido foram apresentados no Distrito Integrado de Segurança Pública – DISEP.