Sob risco de ter contrato cancelado, Viação Vitória busca diálogo com novo governo

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 04 jan 2017

Tags:, ,

por Mateus Novais

Representantes do Governo Municipal se reuniram, na tarde desta terça-feira (3), com dirigentes e funcionários da Viação Vitória. No encontro foram discutidos questões operacionais e o processo administrativo, movido pelo antigo Governo, que recomendou o encerramento do contrato com a empresa.

Na ocasião, os secretários de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, José Antônio, o Procurador Municipal, Murilo Mármore, e o secretário de Administração, Paulo Williams, fizeram uma visita à garagem da empresa para verificar as condições dos ônibus que são ofertados pela empresa ao transporte público em Vitória da Conquista.

O diretor da empresa, Cláudio Vinícius Andrade, pediu a devolução da linha D38, que percorre o trecho Urbis VI x Alto Maron, bem como o apoio do poder público para solução de outras dificuldades.

O secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, José Antônio Vieira, se ateve a informar que “todas as ações do Governo têm como prioridade atender aos anseios da população, para isso, busca conhecer de perto problemas que podem prejudicar os serviços”.

Petistas jogam ‘pepino’ da Viação Vitória para novo Governo

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 29 dez 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

Dentro de até 30 dias a empresa do transporte coletivo Viação Vitória deixará de operar em Vitória da Conquista. O contrato entre Município e empresa será encerrado após um processo que se arrastou por quase dois anos. E a responsabilidade de resolver a questão recairá sobre o novo governo.

A informação foi dada pelo secretário de Mobilidade Urbana, Luis Alberto Sellman, durante a coletiva de avaliação do governo do Partido dos Trabalhadores em Vitória da Conquista, nesta quinta-feira (29). “A Prefeitura abriu um processo administrativo, concluído recentemente, que indica que o prefeito deve fazer o cancelamento do contrato da Viação Vitória. Orientado pela Procuradoria Jurídica, estamos, agora, notificando a empresa, que terá cerca de 30 dias para responder a notificação”, afirmou Sellman, comentando que não vê “outra possibilidade a não ser a caducidade do contrato com a Vitória”.

“Ela se comprometeu com o edital, fez a oferta, ganhou a licitação e não pagou. Pagou apenas uma prestação da outorga e deixou de cumprir itens do edital, o pior dele é a questão de não ter trazido os 8 ônibus com motor traseiro”, disse.

Histórico

A Viação Vitória e Prefeitura, no valor de R$ 37 milhões, foi assinado no final do ano de 2013. De lá para cá, a empresa só quitou uma parcela da outorga, de R$ 4 milhões, além de descumprir vários quesitos do contrato. No entanto, somente durante a crise do transporte de 2015, quando estudantes questionavam o valor do reajuste da tarifa de ônibus, foi que foi revelado o problema com a empresa.

A crise chegou até a Câmara de Vereadores, que ameaçou instalar uma CPI do Transporte. Líderes das bancadas de Situação e Oposição analisaram o contrato e garantiram que a Prefeitura já poderia ter quebrado o contrato de concessão com a Viação Vitória. Mas o governo, afirmando haver apenas “percalços”, preferiu acalmar sua bancada e insistir no prosseguimento do procedimento interno.

Passados os quase dois anos, o processo administrativo concluiu que a Viação Vitória não poderá mais operar no município – mas quem tem que resolver o “pepino” é o governo Herzem Gusmão.

Em crise, Viação Vitória cobrar devolução de linha da Prefeitura

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 05 dez 2016

Tags:, ,

da Redação

viacao-vitoria-criseÉ grave a situação do transporte coletivo em Vitória da Conquista. Em um comunicado ao prefeito Guilherme Menezes (PT), a Viação Vitória, cobra a devolução da linha D38 do trecho Urbis VI x Alto Maron. A referida linha registrava mensalmente para a empresa faturamento de R$ 210.000, – sendo a terceira linha de maior faturamento na cidade. A Prefeitura não apresentou ainda uma justificativa da alteração praticada pela secretaria competente.

13º Salário

A Viação Vitória no comunicado feito a administração municipal, informa que com o desequilíbrio gerado pela alteração coloca em risco o pagamento do 13º salários aos trabalhadores. A data para o pagamento do 13º será no dia 20 de dezembro.

No passado a Prefeitura adotou medida semelhante, e puniu a Viação Passaredo, retirando a linha P50 que passou a ser operada por outra empresa. A medida fez com que a empresa deixasse de operar na cidade o transporte coletivo.

O Sindicato dos Rodoviários vem sinalizando que caso o 13º não seja pago os motoristas e cobradores da Viação Vitória vão cruzar os braços.

Leitora registra estado lamentável do transporte coletivo de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 11 jul 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_7495

Uma leitora fez um registro do estado lamentável que se encontra o transporte coletivo em Vitória da Conquista. O veículo que fazia a linha Centro – Bruno Bacelar (R05) exalava uma fumaça com um forte cheiro de borracha queimada, ainda assim, o carro continuava transportando passageiros.

O fato foi registrado no último sábado (9), no horário das 11h30, no centro sentido Bruno Bacelar, linha R05. A cada parada, ao dar partida, a fumaça e o cheiro de borracha queimada tomava conta do interior do ônibus, relata a usuária do transporte coletivo.

“Fico indignada com isso, pois pagamos umas das passagens mais caras e não temos direito a ônibus de qualidade que nos ofereça conforto e segurança, porque acredito que nós passageiros corremos risco de morte em uma situação dessa. Sem contar que no interior do ônibus algumas partes se encontram enferrujadas. É um absurdo”, lamenta.

Cidade Verde tem o seu segundo veículo incendiado em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 17 jun 2016

Tags:, , ,

da Redação
foto: WhatsApp BRG

IMG_6061

Na noite desta quinta-feira (16), por volta das 23 horas, a Cidade Verde, empresa do transporte coletivo em Vitória da Conquista, teve o seu segundo ônibus incendiado em Vitória da Conquista. O veículo foi incendiado no Morada Real/Vila Elisa por dois indivíduos, supostamente adolescentes.

Os dois delinquentes renderam o motorista e cobrador. Todos que estavam no veículo receberam ordem para deixar o ônibus para logo em seguida atearem fogo. A motivação pode estar apenas relacionado a ato de vandalismo já que não ocorreu recentemente nenhum protesto dos moradores em relação ao transporte que serve o bairro. O caso está sendo investigado pela polícia.

primeiro ônibus incendiado da mesma empresa ocorreu  no bairro Cruzeiro no dia 14 de fevereiro de 2014.

Sem apresentar projeto e em cima das eleições, Prefeitura quer R$ 1 milhão para reforma de terminal

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 16 jun 2016

Tags:, , ,

da Redação
foto: Arquivo do BRG

LAuro de Freitas

A Prefeitura de Vitória da Conquista bem que poderia ter alocado no orçamento recursos para realizar obras de reforma do terminal de ônibus da Avenida Lauro de Freitas, ainda em janeiro. Seria uma excelente  oportunidade para dar tempo a Câmara de Vereadores apreciar o Projeto e promover uma Audiência Pública para debater a melhor alternativa. “A  pressa é inimiga da perfeição”, Provérbio Português.

Após 20 anos sem avançar e modernizar o sistema de transporte coletivo na cidade, só agora em ano eleitoral, o poder público municipal quer começar a reforma do terminal para tentar  mudar o cenário político eleitoral bastante desfavorável conforme dados de pesquisas nos bastidores.

O Projeto de Lei 11/2016 encaminhado pelo prefeito a Câmara de Vereadores no dia 31 de maio, no intuito de alterar a Lei Orçamentária Anual – LOA – Lei Municipal nº 2.066, de 05 de janeiro de 2016, – visa abrir crédito suplementar no valor de R$ 10.102.000,00 (dez milhões e cento e dois mil reais). Para a reforma do terminal seria destinado apenas R$ 1 milhão, valor que daria apenas para mudar de maneira insignificante a cara do terminal que é o mesmo desde a década de 1980.

Segundo informações, vereadores irão solicitar que o tal projeto seja encaminhado a Casa para que seja debatido, para saber  como será a reforma e como seria a nova cara do terminal, local central da cidade e importante para iniciar um novo modelo de transporte público na cidade. A administração segue improvisando, e o desperdício do dinheiro público continua em ritmo acelerado.

Transporte alternativo já existe em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 06 maio 2016

Tags:,

Editorial

EditorialEm dados atualizados, fornecidos pela empresa Cidade Verde, o transporte alternativo feito pelas vans em Vitória da Conquista já possui faturamento de quase R$ 500 mil por mês.

Os dados atestam e avalizam que a gestão municipal de transporte coletivo perdeu a autoridade – restando tão somente que o serviço seja legalizado. A fiscalização sem autoridade não consegue debelar o serviço e a população apoia a circulação de vans que dão maior mobilidade a trabalhadores e estudantes.

O discurso feito por preposto da Prefeitura, por ocasião da Sessão Especial da última quarta-feira (4), na Câmara de Vereadores, que o serviço em Conquista é o melhor da Bahia, e um dos melhores do Brasil, alcança o ridículo com extrema facilidade. A administração municipal vem banalizando a sua propaganda oficial que tornou-se enganosa em várias direções.

A mobilidade urbana em Conquista segue sem avanços, e merece um estudo de viabilidade para que o transporte alternativo possa ser encarado como nova realidade. O  implantado pelo PT ao longo de 20 anos, agoniza. Melhor ele (transporte) legalizado do que desorganizado e sem rumo como o que se constata na cidade.

Em Salvador, a administração de ACM Neto, prova a todo momento que uma gestão eficiente pode transformar a realidade de qualquer município que deseja ter sucesso com uma metodologia moderna e avançada com o seu transporte.

Paralisação dos rodoviários da Viação Vitória continua por tempo indeterminado

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 fev 2016

Tags:, , ,

Da Redação

IMG_1523
Em assembleia realizada na manhã desta terça-feira (16), os rodoviários da Viação Vitória decidiram por manter a paralisação até que todos os funcionários recebam as remunerações atrasadas. Desde a última sexta-feira (12), data que marcou o início do movimento, apenas 27 ônibus da empresa estão em circulação, número que representa 30% da frota total.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, a Viação Vitória se comprometeu a efetuar o pagamento dos salários referente ao mês de janeiro, ticket refeição e férias até a noite desta segunda (15). No entanto, apenas parte dos funcionários, que o Sindicato não soube precisar, tiveram os rendimentos regularizados. Como ainda falta uma parcela dos rodoviários receber, a paralisação continuará.

Entre cobradores e motoristas, a Viação Vitória possui 474 funcionários que atendem a 17 linhas da cidade. De acordo com o Sindicato da categoria, a empresa, desde meados de 2015, vem atrasando os salários constantemente, por isso, a necessidade da paralisação.

 

Paralisação dos rodoviários da Viação Vitória chega ao seu quinto dia

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 fev 2016

Tags:, ,

Da Redação

IMG_1523
Sem receber salários, rodoviários da Viação Vitória entram no quinto dia de paralisação. Desde a última sexta-feira (12), apenas 30% da frota de ônibus da empresa está em circulação. Uma assembleia, marcada para a manhã desta terça-feira (16), pode definir se os funcionários vão suspender totalmente as atividades.

De acordo com Sindicato da categoria, as principais reivindicações dos trabalhadores são o pagamento de salários referente ao mês de janeiro, ticket refeição e pagamento de férias. Entre cobradores e motoristas, são 474 funcionários que atendem a 17 linhas da cidade.

Ainda segundo a direção do Sindicato dos Rodoviários, a assembleia foi marcada, pois a Viação Vitória havia garantido o pagamento até o fim da noite de segunda-feira (15), o que não aconteceu. Assim, a categoria estuda a possibilidade de retirar toda a frota de ônibus das ruas.

Enquanto esse impasse continua, os usuários de transporte coletivo de Vitória da Conquista vêm tendo muitos transtornos. Mesmo depois da Secretaria de Mobilidade Urbana informar que o atendimento de algumas linhas da Vitória seriam temporariamente operadas pela empresa Cidade Verde, muitos atrasos estão ocorrendo, principalmente, no horário de pico, deixando a população sem opção de transporte.

O emperrado sistema de transporte coletivo em Vitória da Conquista e os seus conflitos

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 11 fev 2016

Tags:,

da Redação

Foto: Revista Gambiarra

Terminal VC

O Sistema de Transporte Público complementar, que recebeu a denominação de transporte alternativo, precisa ser encarado como uma nova realidade pela Prefeitura de Vitória da Conquista. A PMVC precisa com urgência encomendar um estudo de viabilidade. A modalidade deste transporte poderá ser pesquisado em outras cidades do país.

Em outros municípios e capitais do Brasil,  o serviço obedece normas estabelecidas pelas prefeituras. O itinerário de cada linha do serviço complementar será distribuído de forma que o equilíbrio seja mantido. Os conflitos sem ordem e comando  fortalecem a clandestinidade – como os verificados na atualidade em Vitória da Conquista.

Cidade Verde/Vans

A empresa Cidade Verde possui moderna gestão, e uma boa infraestrutura que a coloca distante do sistema de transporte coletivo da cidade. A empresa  goza de prestígio e credibilidade. A Cidade Verde, não é nenhum exagero afirmar, que já é vítima da falta de gestão e autoridade da Prefeitura no setor.

A administração da empresa reclama que o transporte alternativo, feito pelas vans reduz o faturamento a cada mês na ordem de R$ 200 mil. A Viação Vitória tem reclamação semelhante com prejuízo mensal acima de R$ 200 mil.

A Prefeitura segue inerte, não toma nenhuma atitude para resolver o problema que cabe a ela (Prefeitura) resolvê-lo. Não consegue impedir a circulação das vans, a população aprova e gosta, e nem regularizar essa nova realidade de um transporte leve e mais ágil.

A inexistência acertada de licença para moto-táxis funcionar na cidade, credencia e avaliza a necessidade de regulamentar o transporte alternativo feito palas vans e similares. Basta a Prefeitura regularizar o transporte alternativo para ter poder sobre ele. Regularizado facilitará o controle para evitar proliferação e desequilíbrio no sistema de transportes.

Vereador defende instalação de CPI do transporte coletivo em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 05 fev 2016

Tags:, , ,

da Redação

NelsonO transporte coletivo em Vitória da Conquista não avança e vive uma fase difícil com várias reclamações dos usuários. A situação não está pior por conta do transporte alternativo, feito por vans, que estão socorrendo passageiros que ficam esquecidos em pontos espalhados pela cidade.

Na sessão desta quinta-feira (4), da Câmara Municipal, o vereador Nelson de Vivi (PCdoB), disse que trabalhou durante às férias, aproveitando o recesso, para investigar toda a documentação do processo licitatório. O vereador deseja instalar na Casa uma CPI para investigar o que ele entende existir várias irregularidades.

O edil considera três falhas da Viação Vitória: os ônibus que circulam em Conquista deveriam ser emplacados no próprio município, o que não vem acontecendo; não implantação de abrigos nos pontos de ônibus; e o não pagamento dos R$ 37 milhões ao município pela outorga, valor que a empresa devia desembolsar para ter o direito de exploração do serviço por 10 anos.

A CPI do vereador, pela explanação feita e justificativas apresentadas, não investigará em nada a administração municipal. Pode facilmente ser identificado que o alvo do edil é a Viação Vitória. A CPI, nos moldes apresentados é capenga, e não chegará a lugar nenhum. O vereador precisa ousar mais.

Em entrevista coletiva, diretor da Cidade Verde condena transporte alternativo em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 03 fev 2016

Tags:, , ,

Da Redação
foto: Rafael Gusmão

DSC_0007
No fim da tarde desta quarta-feira (03), a direção da Cidade Verde, uma das empresas de ônibus que opera em Vitória da Conquista, realizou uma entrevista coletiva para falar sobre um problema que vem atingindo o transporte público formal na cidade. “Queremos dar para vocês uma noção do que é a complexidade do transporte público e mostrar para vocês o quanto estamos sendo dilapidados, atacados, com essa clandestinidade devastadora encima do transporte público”, disse o diretor da Cidade Verde, Sergio Hubner, sobre o objetivo do encontro.

Assim, durante a entrevista, Hubner destacou as principais questões negativas relacionadas ao transporte clandestino. Em primeiro lugar, o diretor afirmou que as vans que agem clandestinamente são excludentes, pois não transportam várias pessoas, como deficientes físicos, idosos ou estudantes. Além disso, por não terem linhas definidas, elas atuam nos locais que querem e nos horários que os próprios motoristas determinam, deixando o usuário vulnerável.

Para o diretor da Cidade Verde, o trabalho clandestino dos vanzeiros pode provocar um colapso no transporte público de Vitória da Conquista, em um futuro próximo. Segundo ele, as empresas de ônibus, além de pagar todos os impostos e os funcionários, têm que arcar com uma série de ações para promover um transporte coletivo de qualidade para a população. Enquanto que o clandestino não tem nenhum custo. Além disso, com  a ação constante das vans, há um impacto direto no faturamento da empresa, que pode gerar prejuízos para a comunidade. “Então, não é justo a gente conviver com essa situação de refém, de sítio, que a gente vem sofrendo no sistema”, destacou  Hubner.

 

Prefeitura faz alterações nas linhas de ônibus para o período de recesso escolar

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 23 jan 2016

Tags:, ,

Da Redação

Sempre nessa época do ano, os horários dos ônibus são alterados em virtude das férias escolares das instituições de ensino de Vitória da Conquista. A Prefeitura Municipal divulgou algumas linhas do transporte coletivo que tiveram os horários alterados. As mudanças passam a valer na próxima segunda-feira (26).

Confira as linhas que foram readequadas para o período:

D33 – Conquista VI x Uesb

D34 – Patagônia x Uesb

P52 – Conquista VI  x Uesb (via Avenida Luís Eduardo Magalhães)

D30 – Vilas Serranas x Uesb

D31 – Brasil x Uesb

D32 – Nossa Senhora Aparecida x Uesb

D37 – Vilas Serranas x Uesb (via Bairro Brasil)

P51 – Cidade Maravilhosa x Uesb

P53 – Vilas Serranas x Vila América

R01 – Vilas Serranas x Centro

R02 – Cidade Maravilhosa x Centro

R07 – Nova Cidade x Centro

R25 – Miro Cairo x Centro

R61 – Primavera x Centro

Nova linha de ônibus é integrada ao sistema de transporte coletivo de Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 08 jan 2016

Tags:, , ,

Da Redação

ônibus
A partir do próximo domingo (10), os moradores do Loteamento Bateias II e adjacências passarão a ser atendidos por uma nova linha de ônibus: R29 (Loteamento Bateias II X Centro), é o que informa a Secretaria de Mobilidade urbana. A linha atenderá ainda o Loteamento Nenzinha Santos, em substituição à linha R01 (Vilas Serranas X Centro), que atualmente não conta com veículos no horário noturno.

O itinerário da nova lina pode ser conferido aqui. No site da prefeitura também está disponível o quadro de horários.

Além disso, a Secretaria informa que a linha de D30 (Vilas Serranas X Uesb), a partir também do domingo passará a operar em novo horário devido ao período de recesso escolar. Confira o horário.

Cidade Verde opera transporte em Conquista com R$ 200 mil de prejuízo mensal, diz diretor

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 06 jan 2016

Tags:, , ,

nov_25_pel_banner_site_resenha_feirao_aquitemnegocio_582x65px_jean

da Redação

Sergio VerdeEm que pese ter sido beneficiada com a modalidade de licitação da Prefeitura de Vitória da Conquista que permitiu que fosse pago R$ 6,2 milhões (Viação Vitória R$ 37 milhões, e a Serrana que desistiu pagaria R$ 20 milhões), a Cidade Verde Transportes vem encontrando dificuldades para operar o transporte coletivo na cidade.

O deputado Herzem Gusmão (PMDB) que esteve no ano passado na Secretaria de Mobilidade Urbana de Salvador visitou recentemente a garagem da Viação Cidade Verde. O parlamentar agendará nos próximos dias uma visita a garagem da Viação Vitória. “Quero entender porque o transporte coletivo de Conquista não avança”, disse Gusmão.

Na visita que fez a Cidade Verde o deputado conquistense ouviu do diretor da empresa, Sergio Hubner, muitas reclamações. “Deputado a minha equipe está desmotivada. Nós estamos desmotivados”, foram às primeiras palavras de Hubner. O desânimo estava estampado no semblante do diretor que revelou as principais dificuldades que vem encontrando para tirar a empresa do vermelho. A cada mês são contabilizados R$ 200 mil de prejuízo.

Herzem repetiu para o diretor o que sempre comenta na Resenha Geral da Rádio Clube FM (95,9). “A Prefeitura já quebrou a VCL, Passaredo, Serrana, Viação Vitória e a próxima vítima será a Cidade Verde”. De imediato Hubner retrucou: “Antes que isto nos ocorra iremos embora”.

Para entender melhor as dificuldades da empresa a assessoria do deputado Herzem Gusmão anotou as principais reclamações do diretor da Cidade Verde.

Em relação ao custo operacional revelou que a folha de pagamento dos trabalhadores corresponde a R$ 1 milhão (46% do faturamento), e o diesel R$ 600 mil (24%) que na planilha são as principais despesas.

Sobre as dificuldades operacionais revelou ainda:

a) De quase 1 milhão de passageiros a empresa perde para o transporte clandestino 17%

b) A tarifa de R$ 2,80 continua insuficiente. O que faz a tarifa subir é a redução de passageiros; quanto maior o número de passageiros menor o valor da tarifa revelação feita pelo diretor da empresa

c) Trânsito travado, excesso que quebra molas e outros obstáculos

d) A dinâmica do terminal de passageiros precisa ser melhorada

e) Muitos corredores permanecem sem asfalto

f) Registro alarmante de pneus danificados por pregos, parafusos, pedaços de ferro (o diretor acha que são jogados de maneira deliberada para prejudicar a empresa).

No pátio pode ser visto um verdadeiro cemitério de pneus danificados. Segundo Hubner este fenômeno só ocorre em Conquista. O caso está sendo investigado pela própria empresa.

Pela manifestação do diretor, ao expressar desânimo da direção e equipe, fica evidenciado que a Prefeitura precisa acompanhar mais de perto o SIT – Sistema Integrado de Transporte  e desenvolver uma gestão eficaz e competente. São 20 anos de propaganda que não mais consegue enganar a população.

Linhas de ônibus terão horários alterados a partir da próxima segunda

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 26 dez 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Onibus

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana anunciou mais alterações de horários em linhas de ônibus que atendem a região da Uesb. Três linhas com destino a universidade serão reduzidas, segundo a Semob, por conta das férias nas escolas e universidades.

A mudança começa a valer a partir da próxima segunda-feira (28). Na última semana, três linhas de ônibus deixaram de operar e outras três tiveram seus horários alterados pelo mesmo motivo.

Confira os novos horários:

P51 – Cidade Maravilhosa x Uesb

D31 – Brasil x Uesb

D37 – Vilas Serranas x Uesb (via bairro Brasil)

Três linhas de ônibus são suspensas e outras três têm horários alterados

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 21 dez 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

cidade-verde-vitoria-onibus-61

Atenção estudantes e demais usuários do transporte público de Vitória da Conquista! A partir desta segunda-feira (21), três linhas de ônibus deixarão de operar e outras três terão seus horários alterados. As alterações ocorrem principalmente em linhas que atendem escolas e universidades.

Segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, as mudanças ocorrerão apenas até o fim do período de recesso escolar. “Isso porque, nesta época, há uma redução de, em média, 15% da demanda”, aponta a Semob.

Semob aponta ainda que durante esse período vai analisar o desempenho dessas linhas podendo promover novas readequações, caso necessário.

Confira as mudanças:

R09 – UESB / CENTRO: Não opera.
D33 – CONQUISTA VI / UESB: Altera o quadro horário. Confira aqui.
D34 – PATAGÔNIA / UESB: Retirada da viagem de reforço pela manhã. Confira aqui.
D40 – JARDIM VALÉRIA / UESB: Não opera.
D43 – COMVEIMA I / UESB: Não opera.
P52 – CONQUISTA VI / UESB (via Av. Luís E. Magalhães): Altera o quadro horário. Confira aqui.

Em virtude do Vestibular da Uesb, Sindicato dos Rodoviários cancela paralisação

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 14 dez 2015

Tags:, , ,


Da Redação

Onibus BO Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista e Região (Sintravic) cancelou a paralisação dos funcionário da Viação Vitória, anunciada para esta terça-feira (15). De acordo com o novo comunicado emitido pelo Sindicato, o adiamento da mobilização se deve ao fato desta terça também ser o último dia do Vestibular Uesb.

O Sintravc afirma, por meio de luta, que “além de lutar pelos direitos trabalhistas da categoria, presa pelo bem-estar de toda a sociedade, entendendo isso, não pretendemos prejudicar aqueles que dependem do transporte público para se locomover até o local de provas”.

A mobilização anunciada pelo Sindicato dos Rodoviários se daria por causa da falta de pagamento do salário do mês de novembro.

Funcionários da Viação Vitória irão paralisar as atividades nesta terça-feira (15)

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 14 dez 2015

Tags:, ,

BannerResenhaGeral_600x65px

Da Redação

viação vitóriaNesta terça-feira (15), os funcionários da Viação Vitória irão paralisar as atividades no período de duas horas. De acordo com o Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista e Região (Sintrvic), a mobilização se dará por falta de pagamento salarial referente ao mês de novembro.

A paralisação deverá acontecer das 06 às 08 horas. Segundo o Sintravic, a categoria “entende os possíveis transtornos que podem gerar à população, porém se faz necessário a mobilização, pois as leis trabalhistas devem ser obedecidas. E os rodoviários precisam receber o pagamento em atraso”.

Além das pessoas que utilizam o transporte coletivo diariamente, a paralisação irá atrapalhar os vestibulandos que estão realizando as provas do Vestibular Uesb 2016, pois milhares de candidatos dependem do transporte coletivo para chegar aos seus locais de prova.

Transporte coletivo: mudanças em linhas do Conquista VI

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 15 nov 2015

Tags:, ,

Da Redação

ônibus
A partir deste domingo (15), as linhas do transporte coletivo que atendem o bairro Conquista VI serão alteradas, é o que informar a Coordenação Municipal de Transporte Público de Vitória da Conquista.

A empresa Cidade Verde passará a operar provisoriamente a linha D38 – ALTO MARON/ CONQUISTA VI. Esta mesma linha e outras cinco que atendem ao Conjunto Urbis VI também terão seus itinerários estendidos até o Loteamento Morada Real.  Além disso, será acrescentado um veículo na linha R16 – CONQUISTA VI / CENTRO para reduzir o intervalo entre os veículos.

Veja a lista das linhas que terão seus itinerários ampliados:

R16 – CONQUISTA VI / CENTRO
D33 – CONQUISTA VI / UESB
D38 – ALTO MARON / CONQUISTA VI
P50 – CONQUISTA VI / VILAS SERRANAS
P52 – CONQUISTA VI / UESB (via Av. Luís E. Magalhães)
P54 – MORADA REAL / MIRO CAIRO.