Bandidos voltam a dar golpe do trote em casa lotérica de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 01 jun 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_1472

Um novo golpe do trote contra Casas Lotéricas foi praticado em Vitória da Conquista, nesta terça-feira (31). Mas, dessa vez, os criminosos foram presos. O dinheiro, cerca de R$ 4 mil foi parar em uma conta de bandidos do estado do Ceará.

O golpe ocorreu da seguinte forma. Uma dupla chega a lotérica e passa o celular para uma funcionária. Do outro lado da linha, uma terceira pessoa fornece dados de uma conta para que seja feito depósitos, sob a alegação que ela ou algum parente corre risco de morrer. Coagida, a funcionária acaba cedendo e realiza o depósito.

No golpe praticado nessa terça, contra a lotérica localizada na Av. Frei Benjamim, bairro Patagônia, os criminosos conseguiram que a funcionária realizasse três depósitos somando R$ 4,5 mil. Percebendo a movimentação estranha, um colega acionou a polícia, que conseguiu prender em flagrante os acusados. Alex Silva Santos e David Araújo de Jesus foram apresentados na delegacia e autuados em flagrante por estelionato.

No último mês, um golpe semelhante foi praticado em um correspondente bancário, no centro da cidade. Na ação, ninguém foi preso, mas estima-se que o prejuízo ao estabelecimento foi superior a R$ 10 mil.

SAMU 192: trotes caem 40% no período de férias escolares

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 10 fev 2016

Tags:,

por Mateus Novais

SC1_4200

O número de trotes contra o Serviço de Urgência e Emergência (Samu 192) caiu cerca de 40% nos meses de dezembro e janeiro, período de férias escolares. E redução se deu através de u trabalho de conscientização aliado ao novo sistema eletrônico de atendimento.

No mês de dezembro, o registro de trotes caiu de 53,5%, em 2014, para 30,64% das ligações, em 2015. Já no mês de janeiro de 2015 foi registrado 51,6% de ligações irregulares, contra 29,65% no mesmo período deste ano. No acumulado, a diminuição foi de mais de 40% nos trotes em ambos os período – algo em torno de 480 trotes para um total de 1200 chamada por mês.

A queda no número de trotes só foi possível após a implantação do Samu +, sistema integrado de atendimento às urgências médicas, em março de 2015. Além do investimento em tecnologia, a equipe do Samu 192 visitou às escolas para conversar com crianças e adolescentes sobre o funcionamento do serviço e também sobre o prejuízo que o trote pode causar para as pessoas que realmente precisam do serviço. “A ideia é continuar com as ações nas escolas para que este percentual diminua ainda mais”, ressaltou a coordenadora do Samu 192 , Gracielle Gardênia.

Demora

O funcionamento dos novos equipamentos era um pedido antigo dos funcionários do SAMU 192, já que o índice de trotes era muito alto, estimado em 52% das ligações (média superior a nacional, que gira em torno de 40%). Com a ausência de um sistema ate-trote, todo o serviço de atendimento da região ficava comprometido. Para se ter uma ideia, a regional de Vitória da Conquista coordena 11 municípios e atende, em média, 1.200 ligações por mês.

Os recursos para implantação desse novo sistema começou a ser disponibilizado pelo Governo Federal em 2011. Em setembro de 2014, a Prefeitura Municipal começou a adquirir os equipamentos para o funcionamento da interligação, porém, apenas os computadores haviam sido instalados para os telefonistas. Mesmo assim, estes ficavam desligados durante todo o tempo, já que não tinham função.

Trote é crime

Caso as pessoas não saibam, trote é crime previsto no Artigo 266 do Código Penal. O infrator pode ser punido com detenção de um a seis meses, ou multa.

Trotes no SAMU 192 caem quase 30%; novo sistema deveria funcionar desde 2011

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 01 jul 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

SC1_4200foto: Secom PMVC

Desde meados de março, um novo sistema integrado de atendimento em urgências médicas, o ‘Samu +’, começou a ser implantado no SAMU 192 de Vitória da Conquista. Os equipamentos, que deveriam ser instalados desde 2011, estão em fase de teste, mas já conseguiu reduzir um grande problema para o serviço: os trotes.

O novo sistema funciona de forma integrada. Assim que atende a ligação, o operador já tem acesso imediato, na tela de seu computador, ao número do telefone responsável pela chamada e a um formulário que ele deve preencher com as informações sobre a ocorrência. Com isso, automaticamente é gerado um banco de dados, a partir do qual é possível fazer estatísticas mais precisas e obter um histórico com informações sobre cada número registrado, explica a coordenação local do SAMU 192.

Essas ferramentas permitem, por exemplo, que o Serviço identifique os telefones que mais se repetem na realização de trotes. Isto torna mais fácil a tomada de providências legais para exigir a punição às pessoas que praticam esse tipo de ato, já que realizar trote é um crime previsto no artigo 266 do Código Penal. O infrator pode ser punido com detenção de um a seis meses, ou multa.

Segundo dados do próprio SAMU 192, a média de trotes vem caindo fortemente. Em maio foi reduzido para 29,3%. E, neste mês de junho, está em 27%. A empresa vencedora da licitação, Imtech, ainda está desenvolvendo outras iniciativas, como a disponibilização de tablets para as equipes das ambulâncias e o rastreamento das viaturas, por meio de GPS.

Demora

O funcionamento dos novos equipamentos era um pedido antigo dos funcionários do SAMU 192, já que o índice de trotes era muito alto, estimado em 52% das ligações (média superior a nacional, que gira em torno de 40%). Com a ausência de um sistema ate-trote, todo o serviço de atendimento da região ficava comprometido. Para se ter uma ideia, a regional de Vitória da Conquista coordena 11 municípios e atende, em média, 1.200 ligações por mês.

Os recursos para implantação desse novo sistema começou a ser disponibilizado pelo Governo Federal em 2011. Em setembro de 2014, a Prefeitura Municipal começou a adquirir os equipamentos para o funcionamento da interligação, porém, apenas os computadores haviam sido instalados para os telefonistas. Mesmo assim, estes ficavam desligados durante todo o tempo, já que não tinham função.

Uesb realiza campanha contra o “trote”

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Cultura, Educação, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 24 fev 2015

Tags:, ,

Da Redação

trote proibidoDesde 2008, a Uesb proíbe qualquer prática de trote – das mais brandas, como usar tinta para identificar os novos estudantes, até as mais duras, que ferem a integridade física, moral e psicoemocional. A determinação pode ser conferida na Resolução do Consu 07/2008, fruto de uma ação conjunta da Universidade no sentido de inibir essa prática.

Há um ano e meio, a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), em parceria com o Programa de Assistência Estudantil (Prae), os colegiados dos cursos de graduação e as representações estudantis, tem buscado discutir sobre o assunto e, sobretudo, impedir que o trote aconteça nos três campi da Uesb. “Entendemos [o trote] como uma prática de subjugar o outro, como uma violência que em nada combina com uma universidade, com um processo educativo, com a formação de uma consciência cidadã, que respeita a condição do outro”, defende a professora Talamira Taíta Rodrigues, pró-reitora de Graduação da Uesb. …Leia na íntegra

Prefeitura promete sistema ante-trote no SAMU 4 meses após chegada de equipamentos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 15 jan 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

ambulâncias SAMU 192Desde setembro de 2014, a central reguladora do SAMU 192 de Vitória da Conquista recebeu os equipamentos para instalação de um sistema de controle de ligações, que, entre outras funções, coibiria a grande quantidade de trotes a que o serviço é alvo. Segundo dados do próprio SAMU 192, somente em 2014, das 245.251 chamadas recebidas, 127.382 foram identificadas como trotes (o equivalente a 52% das ligações), ainda na Central.

A chamada falsa gera graves transtornos, como a demora do tempo/resposta aos reais acidentes, expondo a população usuária ao risco de morte, bem como causa prejuízos financeiros à administração pública. Porém, mesmo tendo conhecimento desta questão, somente agora, há exatos 4 meses da aquisição do equipamento, o atual Governo Municipal anuncia a implantação de um novo software de atendimento no Samu 192. Com o programa, as chamadas feitas via telefone estarão integradas a rede criada, que permitirá, entre outras coisas, a identificação das chamadas recebidas pelo serviço.

O sistema possibilitará a identificação do número do telefone de onde partiu o trote. O software também permitirá a contabilização da quantidade de ligações feitas por cada número.

De acordo com funcionários, que não quiseram se identificar por medo de retaliação, “esse sistema deveria ser implantado em 2011, mas até agora ficou na promessa”. De lá para cá, a prefeitura apenas instalou computadores para os telefonistas no mês de setembro. Mesmo assim, estes ficam desligados durante todo o tempo, já que não tem função.

Trotes no SAMU 192: Prefeitura reclama, mas não instala identificador de chamada

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 21 out 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

samu1921Há mais de três anos, os funcionários que atuam como Telefonista Auxiliar de Regulação Médica (TARM) do Samu 192 de Vitória da Conquista trabalham sem um equipamento básico para sua função: o identificador de chamada. O número de trotes no serviço ultrapassa a casa dos 50% das chamadas.

Por falta de um equipamento que mostre o número do telefone do solicitante, além de aumentar o tempo de resposta na chamada, na medida em que precisam pedir o número para o solicitante que liga para o serviço, os funcionários atendem centenas de trotes por dia. Somente em 2013, 206.224 chamadas recebidas pelo serviço, 92.885 foram trotes. Este ano, a situação não é diferente, das 63.953 ligações recebidas até o mês de março, 33.660 foram trotes. Ou seja, mais de 50% das ligações.

De acordo com funcionários, que não quiseram se identificar por medo de retaliação, “esse sistema deveria ser reimplantado em 2011, mas até agora ficou na promessa”. De lá para cá, a prefeitura apenas instalou computadores para os telefonistas no mês de setembro. Mesmo assim, estes ficam desligados durante todo o tempo, já que não tem função até o momento.

Trotes: central do SAMU 192 não conta com identificador de chamadas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 02 maio 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

samu1923Esta semana foram divulgados os números alarmantes de trotes recebidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) em Vitória da Conquista de 2013 e no primeiro trimestre de 2014. Segundo o relatório, mais de 50% das ligações recebidas pela central são trotes.

Segundo informações de funcionários, que pediram para não se identificar, este número poderia ser menor se o serviço contasse ao menos com um identificador de chamada. O controle da quantidade de chamadas é feito de forma manual, com cada atendente registrando a quantidade de ligações recebidas e transferidas para o atendimento médico.

Um funcionário informou que “se o mesmo número ligar 10 vezes passando trate, as 10 ligações serão atendidas, porque não há como saber qual o número está ligando e não existe um sistema computadorizado, como em qualquer ‘call center’ que bloqueia estes números com histórico continuo de trotes”.

Número de trotes para o SAMU 192 é alarmante

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 30 abr 2014

Tags:,

Da Redação

Somente nos três primeiros meses de 2014, mais de 50% das ligações eram trotes.

samu192Segundo relatório anual do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) de Vitória da Conquista, em 2013, das 206.224 chamadas recebidas pelo serviço, 92.885 foram trotes, identificados ainda na Central. Este ano, a situação não é diferente, das 63.953 ligações recebidas até o mês de março, 33.660 foram trotes. Ou seja, mais de 50% das ligações.

Os trotes não identificados pela Central provocam o deslocamento da equipe que constata, apenas no local, que o possível evento se trata de uma chamada falsa. “Esse tipo de situação gera graves transtornos ao sistema, como a demora do tempo/resposta aos reais acidentes, expondo a população usuária ao risco de morte, bem como causa prejuízos financeiros à administração pública”, alerta a coordenadora geral do Samu 192, Gracielle Gardênia.

Quando ligar para o Samu – Em caso de problema cardíaco e ou respiratório; intoxicação por substâncias químicas; queimaduras graves; maus tratos; trabalho de parto, em que a mãe ou o feto estejam em risco; situação de surto psiquiátrico (pessoas com sofrimento ou transtorno mental); crises hipertensivas; acidentes/traumas com vítimas; afogamento; choque elétrico; acidentes com produtos perigosos; transferência entre hospitais de doentes com risco de vida; entre outros.

Uesb lança campanha contra a prática do trote

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Educação, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 13 set 2013

Tags:, ,

Da Redação

Prática do trote pode ser punida com a suspensão por 100 dias, o equivalente a um semestre, ou o desligamento dos quadros da Instituição, em caso de reincidência.

trote_2013O termo é aplicado de forma negativa ao ser utilizado como uma alusão ao movimento dos cavalos, expressando que o calouro, associado ao bicho, tem a necessidade de ser domesticado, como forma de afirmação da superioridade do veterano. Desde 2008, a Resolução Consu Nº 07/2008 proíbe o trote na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Na Uesb, a resolução prevê que o trote, ato que se caracteriza por atentado ao pudor e aos bons costumes, coerção, tortura e tratamento desumano ou degradante que ofenda a integridade corporal ou a saúde física, pode ser punido com a suspensão por 100 dias, o equivalente a um semestre, ou o desligamento dos quadros da Instituição, em caso de reincidência.

No entanto, para que seja instaurado o procedimento cabível para apuração dos fatos, o aluno que for vítima de trote na Universidade deve procurar o Colegiado do curso ou a Assessoria Acadêmica do campus e informar a respeito da prática. …Leia na íntegra

Trote é proibido dentro da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Educação, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 30 ago 2013

Tags:, , , ,

Da Redação

Universidade deve lançar campanha com material para estudantes da instituição. Prática do trote violento pode levar à suspensão e até mesmo expulsão de alunos reincidentes.

uesbVai até o dia de hoje (30) o processo de matrícula online dos estudantes dos três campi da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. A fase é chamada de pré-matrícula e ao acessar o sistema para escolha e confirmação das disciplinas, os estudantes terão que ler um texto, uma resolução da universidade que proíbe a prática do trote. Algumas situações de recebimento de calouros em universidades em todo o país têm chamado atenção pela agressividade e constrangimento a que alunos recém-chegados são submetidos pelos estudantes que já estão nos cursos.

Segundo texto publicado na página oficial da instituição, a resolução foi publicada em setembro de 2008, mas não foi respeitada por todos os estudantes. Além da medida, deve ser distribuído também material específico e a veiculação em meios impressos e audiovisuais de uma campanha contra o trote dentro da Uesb.

De acordo com a resolução da universidade, qualquer ação contrária à vontade do estudante recém-chegado é considerada agressão e vai ser punida. O praticante pode ser punido com suspensão de 100 dias e até ser desligado do quadro da Uesb em caso de reincidência. A recomendação é de que quem for vítima de trote na universidade procure o Colegiado do curso ou a Assessoria Acadêmica do campus para denunciar os agressores.

Professores e alunos da Uesb discutem sobre trote violento na instituição

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 23 maio 2013

Tags:, , ,

Por Rodrigo Ferraz

430989_4201525815998_416179115_nNa noite de ontem (quarta-feira), no campus da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) de Vitória da Conquista, professores e alunos estiveram reunidos para discutir sobre os trotes violentos na instituição.

Recentemente um fato que ganhou repercussão nacional foi uma aluna do curso de agronomia que, segundo denúncia ao Ministério Público, teria sido obrigada a por na boca testículos e pênis de boi durante trote feito por colegas da instituição.

Com o tema ‘Com integração, sem humilhação’, os docentes e estudantes debateram sobre a questão do trote no intuito de diminuir os atos violentos que atingem a Uesb.

A expectativa é que novas atividades de integração sejam elaboradas junto a professores e reitoria. Foto: Divulgação

Professores da Uesb e alunos vão promover debate sobre trote

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 21 maio 2013

Tags:, ,

Por Rodrigo Ferraz

252289_4171824713489_549633444_nApós a grande repercussão sobre o trote que uma aula sofreu no curso de agronomia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), professores da instituição, através da associação de docentes, além de alunos da Universidade, estiveram reunidos na última segunda-feira (13), para a elaboração de uma ação conjunta contra este tipo de violência.

Durante o encontro, as entidades discutiram sobre o histórico dos trotes nas universidades e suas características na Uesb. A preocupação com a integridade física e moral do(a)s estudantes que sofrem esta violência foi explicitada pelo(a)s presentes. O DCE demonstrou preocupação com as discussões que estão sendo feitas que ao invés de debater a problemática do trote, são voltadas para o “peso” das tais “brincadeiras”.

…Leia na íntegra

Uesb instaura Comissão de Sindicância para apurar trote

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 maio 2013

Tags:, ,

Por Rodrigo Ferraz

uesbA Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), por meio da assessoria de comunicação, informou que já foi instaurada uma  Comissão de Sindicância desde hoje (quinta-feira) pela manhã,  formada por três servidores dos quadros docente e administrativo da Instituição, com o objetivo de apurar  a responsabilidade dos atos praticados pelos discentes veteranos do curso de Agronomia contra os novos estudantes.

O prazo para a apresentação do relatório final, observando as normas estatuárias e regimentais da Universidade, é de 30 dias úteis.

Segundo denúncia do Ministério Público, uma das novatas do curso disse ter sido obrigada a por na boca testículos e pênis de boi durante trote feito por colegas da instituição.

Reitor da Uesb não descarta expulsar alunos envolvidos em trote violento no campus de Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia, Vit. da Conquista | Data: 08 maio 2013

Tags:,

Por Rodrigo Ferraz

paulo-roberto21-300x200A polêmica do trote que uma estudante de agronomia sofreu no campus da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) de Vitória da Conquista continua repercutindo.

Segundo denúncia, a aluna disse ter sido obrigada a por na boca testículos e pênis de boi durante trote feito por colegas da instituição.

A assessoria de comunicação da Universidade divulgou nota sobre a situação na manhã de hoje (quarta-feira).

Já o reitor da instituição, Paulo Roberto, em entrevista para a imprensa, já revelou que uma sindicância foi instaurada para investigar o caso.  Os alunos podem ser suspensos por um semestre ou até mesmo expulsos da Uesb.

“Não vamos tolerar esse tipo de atitude. Queremos a integração dos alunos de forma civilizada”, disse.

Trote violento na Uesb: Em nota, reitoria diz que ‘serão aplicadas sanções disciplinares’

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 08 maio 2013

Tags:, , , ,

Por Rodrigo Ferraz

uesbRepercutiu até de forma nacional, o trote violento que uma estudante de agronomia de 22 anos, do campus da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), campus de Conquista, sofreu.

Segundo denúncia, a aluna disse ter sido obrigada a por na boca testículos e pênis de boi durante trote feito por colegas da instituição.

Em nota, a reitoria da Uesb informou que os trotes são proibidos nos três campi e que “serão aplicadas sanções disciplinares”, que vão desde a suspensão por 100 dias letivos até o desligamento do estudante.

Confira a nota na íntegra:

A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) informa que, segundo a Resolução 07/2008 do Conselho Universitário (Consu), o trote é expressamente proibido em todos os campi da Instituição.

…Leia na íntegra

Samu 192 alerta sobre perigo dos trotes

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 20 jan 2013

Tags:,

Ascom | PMVC

samu1921Apesar de ser essencial para a população, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) de Vitória da Conquista vem recebendo trotes constantes. Muitas vezes, não é possível identificar a origem destas ligações, que, além de ocuparem a linha telefônica, acionam uma ocorrência, com deslocamento de ambulância até as supostas vítimas.

Os trotes podem comprometer a assistência às pessoas que sofreram acidentes e traumas ou ainda aos pacientes com outros problemas clínicos que necessitam de atendimento pré-hospitalar. Em 2012, o Samu 192 recebeu 161.419 chamadas telefônicas, das quais 62.621 eram trotes. Em 2011, foram 31.535 trotes em um total de 120.815 ligações.

Para reduzir a quantidade de chamadas falsas, o Samu 192 realiza, desde o ano passado, campanhas educativas, como a distribuição de panfletos educativos nas escolas, bem como conta com a parceria dos meios de comunicação. “O objetivo dessa ação é conscientizar as pessoas e formar multiplicadores”, conclui a diretora de Regulação, Controle e Avaliação da Secretaria Municipal de Saúde, Jaquilene Lima.