Médico conquistense é destaque em Museu de Minas Gerais

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Saúde, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 14 fev 2013

Tags:, , , ,

Fotografia exposta no Centro de Memória Dr. Adélio Maciel, na Associação Médica de Patos de Minas, mostra o médico conquistense  Ubaldino Gusmão Figueira retirando seu próprio apêndice, em 1941

Sem Título-1

Matéria extraída do Jornal da Associação Médica

Desde agosto de 2010, a Associação Médica de Patos de Minas conta com um Centro de Memória que abriga diferentes objetos ligados à história da medicina. Nominado Dr. Adélio Maciel, nome do primeiro patense a se tornar médico, o espaço funciona no mesmo prédio da filiada e tem entrada independente para visitantes.

O acervo é composto por documentos médicos de Patos de Minas e região. Há um livro de radioterapia do início do século XX, receitas do século XIX, diplomas originais da primeira metade do século XX, além de fotografias do Hospital Regional Antônio Dias, datadas de 1930, ano da inauguração, e da visita do médico Carlos Chagas ao município, em 1923.

Chamou a atenção do presidente da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), o cirurgião geral e gastroenterologista Lincoln Lopes Ferreira, a imagem de uma autocirurgia de apêndice, realizada em 1941. De acordo com o coordenador do Centro de Memória, Giovanni Roncalli Caixeta Ribeiro, mudou-se para Patos de Minas um médico baiano chamado Ubaldino Gusmão Figueira, que abriu o primeiro hospital privado na cidade, em Vitória da Conquista, naquele mesmo ano. Pouco tempo depois, teve uma apendicite e se auto-operou, auxiliado por outro colega médico e por espelhos colocados na sala de cirurgia. “Essas fotos foram divulgadas em mídia nacional na época”, conta Ribeiro.

…Leia na íntegra