Corte de verba das Universidades: cadê os professores Waldenor e José Raimundo

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 30 abr 2014

Tags:, , ,

da Redação

CamisasUesb

Corte de R$ 12 milhões nas Universidades mantém deputados petistas distantes e ausentes do problema

Professores e servidores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) estão mobilizados em defesa de mais recursos para as universidades.  Em Vitória da Conquista vários docentes fecharam os portões da instituição no dia de ontem, e com faixas protestaram contra a redução de verbas destinadas para os cursos do 3º grau.

Segundo informações contidas no site da Adusb, a comunidade acadêmica tem sofrido com a falta de professores, salas de aula, infraestrutura e condições precárias de trabalho. O Movimento defende 7% da receita líquida de impostos (RLI) para o orçamento das Universidades.

Uma camisa usada pelos integrantes do movimento traduz o descaso para com a Educação. Tem dinheiro farto para a Copa do Mundo, mas não tem para a Educação.  O corte de R$ 12 milhões não conseguiu sensibilizar os professores Waldenor Pereira, deputado federal e ex-reitor e José Raimundo Fontes, deputado estadual e ex-presidente da Adusb, ambos do PT que permanecem calados diante de tão grave problema.

Foto: Blog do Rodrigo Ferraz

Governo rebate denúncias de redução de verbas para universidades estaduais

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 29 abr 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

O Governo do Estado, através da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, emitiu nota rebatendo as denúncias de que haverá uma redução de verbas de R$ 12 milhões para as universidades baianas. Este é uma das motivações da paralisação que acontece nesta terça-feira (29) em todas as universidades baianas.

Segundo o governo, de 2007 a 2014, o Governo do Estado ampliou em mais de 165% o orçamento para as quatro universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesc e Uesb), passando, neste período, de pouco mais de R$ 386 mil para mais de R$ 1 bilhão.

Confira a nota abaixo: …Leia na íntegra

Universidades estaduais marcam greve na Bahia contra a redução de verbas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação | Data: 24 abr 2014

Tags:, , , ,

TB

Os professores das Universidades Estaduais da Bahia (Uefs, Uneb, Uesc e Uesb) paralisarão as atividades acadêmicas na terça-feira (29/4), em protesto contra a redução de verbas em quase 12 milhões para custeio e investimento, imposta pelo governo estadual.

“Com isso, o risco das instituições entrarem em colapso é muito grande, pois faltará dinheiro para comprar material e equipamentos, as obras de reforma e construção serão suspensas, o restaurante universitário poderá ser fechado, ocorrerão atrasos no pagamento de fornecedores, das empresas terceirizadas, das contas de luz, água e telefone. Também estarão suspensos os concursos e seleções públicas para professores e técnico-administrativos”, diz nota distribuída pela Associação dos Docentes da Uefs.

A paralisação tem o objetivo de  chamar a atenção da comunidade e, ao mesmo tempo, buscar seu apoio para a luta em defesa da Educação pública. …Leia na íntegra

A favelização das Universidade Estaduais no Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 08 abr 2014

Tags:, , ,

Por  Dr. Reginaldo de Souza Silva (Professor/Uesb)

Reginaldo professorEnquanto o governo ostenta um chamado “mega” investimento em instituições federais de ensino superior, contestado pelo ANDES – Sindicato Nacional, as universidades estaduais, em sua grande maioria, amargam o abandono daquele nível da educação que deveria ser, segundo a Constituição Brasileira, de responsabilidade do governo federal.

Com um déficit gigantesco o Brasil tenta se inserir no mundo globalizado, caminhando para ser a quinta economia mundial, amargando indicadores vergonhosos de educação. Realidades absurdas e contrastantes podem ser verificadas neste imenso país, da primeira etapa da educação básica (ed. Infantil à educação superior). Falta de professores, má formação, remuneração e condições de trabalho; número de funcionários e qualificados insuficientes, que lutam e amargam contra a ingerência política com a “venda/atribuição de cargos” nas mãos de governadores, prefeitos, deputados e vereadores. …Leia na íntegra

Possibilidade de greve na Uesb pode ser abortada

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 29 maio 2013

Tags:, ,

Por Rodrigo Ferraz

00003456_1_20130529131321_28.05.13_ReuniaoGoverno_MD_AceitaProposta_pqNa noite de ontem (terça-feira) representantes de todas as universidades estaduais baianas, dentre elas a Uesb (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia), conseguiram uma contraproposta salarial do governo que pode fazer com que o movimento recue e evite a greve.

Até o entendimento entre as partes foram necessários cinco meses de duras discussões com os representantes do governo e muito tensionamento nas negociações, principalmente nos últimos dois dias, em que foi preciso a mediação do Fórum dos Reitores.

Segundo a categoria, o governo sinalizou para a incorporação total do restante da Gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET) para este ano, sendo 9% em maio, 9% em novembro, e 5,20% em dezembro. A contraproposta assegura ainda o reajuste salarial, para todas as classes e níveis, de 7% para 2014, dividido em 4% para junho e 3% para dezembro.

Professores da Uesb paralisam as atividades e participam de manifestação em Salvador

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 28 maio 2013

Tags:, , ,

Por Rodrigo Ferraz

adusbOs professores das quatro universidades estaduais (Ueba) participam, nesta terça (28), de uma audiência na Assembleia Legislativa para discussão da autonomia e financiamento das universidades e uma aula pública com o tema “O transformismo do PT”, a ser ministrada pelo professor Eurelino Coelho. As atividades docentes estarão paralisadas para a realização desta mobilização em Salvador.

Além do reajuste salarial, faz parte da pauta do movimento docente a reivindicação de no mínimo 7% da receita líquida de impostos (RLI) para a o orçamento das Ueba e revogação da lei 7176/97, que fere a autonomia nas universidades.

Os alunos dos três campi da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), situados em Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga, estão sem aula nesta terça-feira e aguardam os rumos do movimento. Com informações e foto Ascom – ADUSB

Governo rejeita proposta e professores da Uesb podem deflagrar greve

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 22 maio 2013

Tags:, , ,

Por Rodrigo Ferraz

uesbOs professores das universidades baianas apresentaram mais uma proposta para o governo do Estado, que acabou sendo rejeitada.

Segundo a categoria, a atitude do governo pode significar um impasse nas conversas.

Além do documento solicitando o agendamento imediato de uma reunião da Mesa Setorial de Negociação, o Fórum das universidades estaduais indica o início do estado de greve já nas assembleias desta semana, e dia 4 de junho, a definição da data do início da greve em nova rodada de assembleia nas quatro instituições baianas, incluindo a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Professores das universidades estaduais rejeitam acordo salarial com o Governo da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 04 maio 2013

Tags:, ,

Greve não é descartada

Por Rodrigo Ferraz

u5ZeX74
Os professores das Universidades estaduais baianas, incluindo a Uesb, ficaram de fora da mesa de negociações dos servidores com o governador Jaques Wagner.

A categoria não aprovou o acordo dos trabalhadores com a gestão petista. Por isso, os docentes realizaram uma manifestação ontem (sexta-feira) em frente a governadoria.

“Desde janeiro que sentamos para conversar e eles nos garantiram lá atrás que o linear seria de 5,84%. Agora voltam atrás?”, reclamou Zozina Almeida, coordenadora do fórum que reúne professores das quatro universidades estaduais baianas, em entrevista ao jornal Correio da Bahia. Os professores ameaçam iniciar uma greve, caso não haja acordo com a categoria em negociação na mesa setorial.

Os professores pedem 28% de aumento, para equiparar os salários com os que são pagos pelas universidades estaduais do Ceará, a que melhor remunera no Nordeste. O estado, em contraproposta, ofereceu 4% de aumento para 2014.

Professores da Universidade Estadual de Santa Cruz fazem paralisação nesta segunda (14)

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Política | Data: 15 abr 2013

Tags:,

Da Redação

Eles reivindicam um reajuste salarial de 28%, além da incorporação da gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET).

UESB-Campus-Vitória-da-Conquista1Professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) realizam uma paralisação de 24 horas nesta segunda-feira (15). A paralisação é para chamar a atenção das autoridades competentes de modo que voltem a negociar o reajuste salarial de 28%, como exige a categoria. Caso o reajuste não seja concedido, os professores ameaçam entrar em greve por tempo indeterminado. Dentre outras reivindicações está a incorporação da gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET).

A Universidade Estadual de Santa Cruz foi a única que aderiu a paralisação até o momento. Desde uma mobilização que foi realizada no dia 09 de abril, na qual os professores realizaram uma panfletagem, eles ainda aproveitaram para divulgar a paralisação desta segunda-feira (15), que foi aprovada na última assembleia realizada.

Uma reunião estava prevista para acontecer ainda hoje entre os representantes das quatro universidades estaduais da Bahia (UNEB, UEFS, UESB e UESC) e os secretários estaduais de educação, relações institucionais e de administração para tentarem chegar a uma solução.  No entanto foi remarcada para a próxima quarta-feira (17).

Universidades Estaduais da Bahia ameaçadas de falência porque não recebem dinheiro do Governo

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 07 mar 2013

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Bahia Negócios

Reitores-da-Universidades-Estaduais-da-Bahia-1

O site Bahia Negócios publicou uma matéria sobre uma reunião que aconteceu com todos os reitores das Universidades Estaduais baianas, juntamente com o deputado federal Waldenor Pereira e o ministro interino da Educação, Henrique Paim, onde foram solicitar a liberação de recursos da ordem de R$ 20 milhões, oriundos de emendas parlamentares destinadas às instituições, e o repasse retroativo da diferença de recursos do programa Sisu – sistema informatizado do Ministério da Educação por meio do qual as instituições públicas de educação superior oferecem vagas a candidatos participantes do Enem.

Ao invés do dinheiro, o ministro mandou elaborar projetos, que, se forem aprovados, poderão receber os recursos “no fim de 2013″.

O site Bahia Negócios revelou que os reitores, juntamente com o deputado, saíram ‘desolados’ do encontro.

Deputado diz que governo deu as costas para as universidades estaduais baianas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 24 nov 2012

Tags:,

Site Oficial – PMDB

O 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Leur Lomanto Jr. (PMDB) condenou ontem (sexta-feira) a falta de estrutura das universidades estaduais do estado, o que tem motivado diversas manifestações de estudantes e professores, principalmente nos campi do interior. Segundo ele, a qualidade do ensino tem sido comprometida pela ausência de aparelhamento nos centros de ensino e pela desvalorização da pauta dos professores, que tem reivindicado o reajuste salarial de 28%. Hoje, vários docentes estiveram na Casa Legislativa, onde protestaram contra a falta de acordo do governo. O peemedebista chamou a atenção para o sucateamento do curso de Odontologia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), em Jequié.

…Leia na íntegra

Paralisação das Universidades Estaduais em toda a Bahia

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Geral, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 24 out 2012

Tags:, ,

Da Redação

Em Vitória da Conquista, os alunos que foram à Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia tiveram que voltar para casa. Os portões da universidade estavam fechados.

A quarta-feira foi sem aulas para os 45 mil estudantes das universidades estaduais da Bahia. Os professores da Uneb, Uesb, Uefs e Uesc paralisaram as atividades hoje. A medida faz parte do calendário de mobilização da campanha salarial 2012. Entre as reivindicações, eles pedem um reajuste salarial de 28%.

Na Uesb em Vitória da Conquista, quem foi até à universidade nesta manhã deu de cara com os portões fechados. A paralisação é organizada pela Associação dos Professores da Uesb, a Adusb. Os cerca de 1.036 professores da universidade também reivindicam melhores salários. …Leia na íntegra