Vacinação contra pólio e o sarampo é prorrogada até sexta-feira na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 17 set 2018

Tags:, ,

Da Redação
A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informou, na manhã desta segunda-feira (17), que a campanha de vacinação contra a poliomelite e o sarampo será prorrogada na Bahia, até a próxima sexta (21). A prorrogação tem como objetivo alcançar a meta de 95% de vacinados no estado. Até agora, 92,57% do público-alvo foi imunizado.

A orientação é de que os municípios que ainda não atingiram a meta deem continuidade à vacinação, conforme orientações técnicas já estabelecidas. São 131 municípios que ainda não conseguiram atingir a meta vacinal. Na Bahia, até o momento, 785.585 crianças foram imunizadas contra a poliomielite e, 786.274 foram vacinadas contra o sarampo. A meta, tanto para polio como para sarampo, na Bahia, é de 849.361 para cada vacina.

Indicações para uso de vacina contra a dengue é alterada pela Anvisa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 24 ago 2018

Tags:, ,

Banner marcelo santana
Da Redação

Fonte: A.Brasil

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), anunciou  a alteração na bula da vacina. Constatações, obtidas após cinco anos de monitoramento levaram a mudança.

Foram feitas três alterações na bula da vacina Dengvaxia. A primeira, no sentido de restringir o uso para “indivíduos soropositivos”, referindo-se àqueles que já tiveram dengue e moram em áreas endêmicas. A segunda alteração inclui, no texto, uma definição mais clara para o que é considerado “área endêmica”: aquelas onde pelo menos 70% das pessoas ou ou mais já tiveram contato com o vírus.

A vacina em si não desencadeia um quadro grave da doença nem induz ao aparecimento da doença de forma espontânea. Para isso, é necessário o contato posterior com o vírus da dengue por meio da picada de um mosquito infectado. Inicialmente, a bula da vacina será atualizada, enquanto a Anvisa avalia os dados completos dos estudos a serem apresentados.

Vacina: hoje é Dia D contra Sarampo e Pólio

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 18 ago 2018

Tags:, , , ,

banner alfa park

da Redação
Com informações da Secom

Neste sábado (18), acontece em Vitória da Conquista o Dia “D” da Campanha de Vacinação Contra Sarampo e Paralisia Infantil (Poliomielite). A campanha, que foi iniciada no dia 23 de julho, tem como objetivo imunizar as crianças de 1 a menores de 5 anos de idade contra a Paralisia Infantil e Sarampo.

A campanha em Conquista iniciou da data prevista para o Brasil visando uma cobertura vacinal maior.

O dia “D” da campanha funcionará só nas unidades de saúde da zona urbana,  das 8 horas, com encerramento previsto para às 17 horas. Os pais ou responsáveis devem levar as crianças aos locais de vacinação juntamente com a caderneta de vacinação.

A campanha terá encerramento no dia 31 de agosto, mas como são vacinas de rotina, vão continuar em todas as unidades de saúde do município.

Cobertura vacinal da Poliomielite em Conquista alcança 74,25%; a meta é ultrapassar 90%, diz nota da Prefeitura

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 12 jul 2018

Tags:, , ,

da Redação

A Secretaria de Saúde divulgou nota na tarde desta quinta-feira (12), dando conta que a cobertura vacinal da Poliomielite em Vitória da Conquista alcançou 74,25%, contrariando os dados da Ministério da Saúde que colocaram Conquista com abaixo de 50%.

A distorção ocorreu pelo fato dos dados da zona rural que não alimentaram o sistema. Segundo colheu a nossa reportagem, o NTI – Núcleo de Tecnologia e Informática da Prefeitura até agosto disponibilizará os dados eletronicamente.

Campanha

A Prefeitura através das secretarias de Saúde e Comunicação prepara uma grande campanha de vacinação para elevar a cobertura de Conquista em mais de 90%. Mesmo sem constar na nota oficial, o prefeito Herzem Gusmão (MDB) solicitou empenho, para que a meta de mais de 90% de cobertura vacinal seja comtenplada. Confira abaixo a nota da PMVC:

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação de Imunização, realizou o levantamento de dados sobre a cobertura vacinal contra a poliomielite na zona rural de Vitória da Conquista. Na semana passada, o Ministério da Saúde (MS) divulgou uma lista com 312 cidades brasileiras que obtiveram uma baixa cobertura vacinal da doença, mais conhecida como paralisia infantil. O município estava na lista com um índice de 46,34% de cobertura vacinal para crianças menores de 1 ano.  …Leia na íntegra

“Dia D” da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe será neste sábado

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 10 maio 2018

Tags:, ,

Da Redação


Será realizado neste sábado o “Dia D” da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe). A ideia é que as equipes das Secretarias Municipais de Saúde dos 417 municípios da Bahia imunizem a população que não pode comparecer a um posto de vacinação nos dias úteis.

A campanha nacional de vacinação foi iniciada no dia 23 de abril e termina no dia 1º de junho. A meta da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) é de vacinar 90% do público alvo, ou seja, 3,6 milhões.  Devem ser vacinados indivíduos com 60 anos ou mais; crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes e puérperas (até 45 anos dias após o parto); trabalhadores da Saúde; professores; povos indígenas; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; e funcionários do sistema prisional.

As pessoas devem procurar o posto de saúde mais próximo, das 8 às 17 horas, e apresentar o cartão de vacina.

Campanha de vacinação contra gripe começa nesta segunda (23)

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 23 abr 2018

Tags:,

Da Redação


A Campanha de vacinação contra gripe começa nesta segunda (23), em Vitória da Conquista. A vacina é voltada para idosos, crianças entre 6 meses e 5 anos, gestantes, mulheres que tiveram bebê nos últimos 45 dias e trabalhadores de saúde do serviço público e privado.

O intuito da campanha é reduzir as internações, complicações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus influenza na população alvo da vacinação. A vacinação contra a gripe vai até o dia 1º de junho e no dia 12 de maio, um sábado, acontece o Dia D da campanha, com todas as salas de vacinação da zona urbana funcionando das 8 da manhã às 5 da tarde.

Segundo a Secretaria de Saúde do município, não é necessário esperar o Dia D para se vacinar, pois a partir do primeiro dia da campanha, de segunda a sexta-feira, todos os postos de Vitória da Conquista estarão vacinando das 8 às 17 horas.

Anvisa aprova nova vacina contra HPV

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 28 dez 2017

Tags:,

Da Redação


Uma nova vacina aprovada pela Anvisa ampliou a proteção contra o papilomavírus humano (HPV). O novo medicamento é o Gardasil 9, que inclui cinco novos subtipos na proteção com a doença.

O Gardasil 9 foi aprovado com indicação para pessoas de 9 a 26 anos, do sexo masculino e feminino. O ideal é que a imunização seja feita antes do início da vida sexual.

Mais da metade da população brasileira jovem, de 16 a 25 anos, tem HPV. Esse vírus é o principal fator associado aos cânceres de útero, da vulva, da vagina e do ânus.

“Dia D” de vacinação contra raiva alcança meta em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 02 out 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura/Conteúdo

O sábado, 30, foi um dia agitado para cães e gatos em Vitória da Conquista. Isso porque a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu o “Dia D” da Campanha de Vacinação contra a Raiva. Para que a ação fosse realizada, foram montados 47 postos em todo o perímetro urbano do município, que funcionaram das 8 da manhã às 5 da tarde. Os profissionais da saúde trabalharam sem parar para garantir a imunização dos animais.

A Campanha de Vacinação Contra a Raiva começou no último dia 11 de setembro, com três equipes trabalhando diariamente na zona rural. O “Dia D” foi dedicado aos animais da zona urbana. Segundo a coordenadora municipal de Imunização, Ana Maria Ferraz, o resultado da ação foi excelente. “Foi um dia bastante corrido, de muito trabalho. Vacinamos mais de 40 mil animais de estimação só neste sábado”.

Segundo a diretora da Vigilância à Saúde, Ramona Cerqueira, com os animais que foram vacinados no “Dia D”, a meta da campanha já foi atingida. “A meta era vacinar 50 mil animais e, nessas duas semanas, nós conseguimos e ainda não chegamos ao fim da campanha”, afirmou Ramona.

Quem levou os cães e gatos para vacinar ficou satisfeito com a rapidez e o cuidado dos profissionais, além de aprovar o fato de encontrar o posto de vacinação próximo de casa. Foi o caso de Iago Costa, que levou três cães para vacinar no Alto da Boa Vista. “Pertinho de casa assim, facilita. Eles são muito agitados, dá até para trazer um de cada vez”, afirmou Iago. “A Prefeitura está de parabéns pela campanha”, completou.

Quem não conseguiu vacinar os animais no “Dia D” poderá se dirigir à Policlínica de Atenção Básica Dr. Ademário Silva Santos, localizada na Avenida Frei Benjamim, no bairro Brasil, de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 da manhã e das 2 às 5 da tarde.

Lembrando que, até o próximo dia 10 de outubro, as equipes continuam realizando a vacinação dos animais na zona rural da cidade.

Campanha de Vacinação contra a gripe termina nesta sexta (9)

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 08 jun 2017

Tags:,

Da Redação


Quem ainda não se vacinou contra a gripe tem até amanhã (9) para procurar os postos de saúde e garantir a imunização – último dia da campanha nacional de vacinação contra a influenza. Por conta disso, o Ministério da Saúde alerta sobre a importância de que o público-alvo se imunize para evitar a gripe e seus possíveis agravamentos.

Segundo a pasta, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza. Assim, é importante que crianças de 6 meses a menores de 5 anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores da área de saúde; indígenas; gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além de professores, recebam a dose de imunização.

Apesar de ter um público-alvo, na última semana o Ministério da Saúde estendeu a vacinação a toda população, pois ainda havia um estoque de 10 milhões de doses disponíveis.

Vacina contra a gripe será liberada para toda a população a partir de segunda-feira

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 02 jun 2017

Tags:, ,

Da Redação


A partir da próxima segunda-feira (5), a vacina contra a gripe será liberada para toda a população, e não só para grupos prioritários. Foi o que informou o Ministério da Saúde nesta sexta (2).

A campanha de vacinação contra a gripe, programada para acabar em 26 de maio, foi prorrogada até o dia 9 de junho. Conforme o Ministério, ainda há 10 milhões de doses de vacina contra a gripe em todo o país.

A imunização protege contra os três sorotipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para este ano: H1N1, H3N2 e Influenza B.

Campanha de Vacinação contra a gripe é prorrogada em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 29 maio 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Prefeitura
Reprodução: site da CDL

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação de Imunização, informa que, por determinação do Ministério da Saúde, a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, que terminaria nesta sexta-feira, 26, foi prorrogada até o dia 9 de junho, em Vitória da Conquista. Com a mudança do prazo, quem não conseguiu ser imunizado, poderá se dirigir a um dos postos de vacinação para tomar a vacina.

No início desta semana, algumas unidades deixaram de fornecer a vacina devido à greve dos servidores municipais, o que levou a Administração a atender o público na própria Secretaria de Saúde nos dois primeiros dias da manifestação. Ainda na terça-feira, 23, vários postos foram reabertos e voltaram a realizar a campanha. No momento, oito postos de vacinação já voltaram ao normal e estão atendendo ao público-alvo.

São eles:
Centro de Saúde Regis Pacheco (Bairro Recreio);
Policlínica de Atenção Básica São Vicente – CAE II (Bairro São Vicente);
Policlínica de Atenção Básica Panorama (Bairro Panorama);
Centro de Saúde Dr. Hugo de Castro Lima (Bairro Guarani);
Policlínica de Atenção Básica Dr. Ademário Silva Santos (Bairro Brasil);
USF Nestor Guimarães (Bairro Jurema);
USF Recanto das Águas (Bairro Recanto das Águas);
USF Solange Hortélio – CSU (Bairro Urbis II).

Mesmo com a paralisação parcial e a suspensão da vacina no começo da greve, Vitória da Conquista ficou na frente do percentual total nacional do público-alvo alcançado. De acordo com o último levantamento, o número de doses aplicadas em Conquista era de 40.049, que perfaz um total de 60,79% do grupo alvo. O índice nacional, no mesmo período, foi de 60,27%. O público-alvo da vacinação contra gripe são idosos acima de 60 anos, portadores de doenças crônicas com relatório médico, transplantados, gestantes, mulheres no período de 45 dias após o parto, crianças entre seis meses e cinco anos de idade, indígenas, pessoas privadas de liberdade e os profissionais de saúde.

Vacinação contra a gripe começa nesta terça em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 18 abr 2017

Tags:, ,

Da Redação


Esta terça (18) é o primeiro dia da campanha de vacinação contra a gripe em Vitória da Conquista. A vacina está sendo distribuída nos postos de saúde das zona urbana e rural do município.

O público-alvo da vacinação contra gripe são os idosos acima de 60 anos, portadores de doenças crônicas com relatório médico, transplantados, gestantes, mulheres no período de 45 dias após o parto, crianças entre seis meses e cinco anos de idade, indígenas, pessoas privadas de liberdade e os profissionais de saúde.

A campanha segue até o dia 26 de maio. Já o “Dia D” acontece no dia 13 de maio. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 54,2 milhões de brasileiros

Vacinação contra gripe começa na terça-feira, 18

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 17 abr 2017

Tags:, , ,

da Redação
Conteúdo Ascom / Prefeitura

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação de Imunização, informa que a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, que teria início na próxima segunda-feira, dia 17, foi adiada para a terça-feira, dia 18.

A mudança ocorreu devido ao feriado prolongado, o que impossibilita o monitoramento da temperatura da vacinas. Desta forma, para evitar que as doses se deteriorem e sejam perdidas, e também para evitar riscos à saúde da população, a distribuição para os postos será realizada na segunda-feira e o início da vacinação só acontecerá no dia seguinte (terça-feira, 18).

Indo a Salvador vacine contra a febre amarela, recomenda a OMS

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 08 abr 2017

Tags:, , ,

da Redação

Fonte: A Tarde

Salvador, capital do Estado da Bahia está incluída na lista de cidades com recomendação para vacina contra a febre amarela aos estrangeiros que planejam vir ao Brasil. O comunicado foi feito no decorrer desta semana. As mortes de macacos infectados pelo vírus motivou a recomendação da OMS.

Além da capital, outras 87 cidades brasileiros foram incluídas. Com isso, na Bahia, o número de cidades que exigem a vacinação de febre amarela para os viajantes passou de 69, em janeiro, para 154.

Só em Salvador, já foram identificados mais de 50 macacos mortos, em dez áreas diferentes, sendo que, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), entre os animais encontrados com vida ou não, 6 tiveram resultado positivo para a febre amarela. Não há casos de transmissão em áreas urbanas.

A nova recomendação da OMS também inclui as cidades do Rio de Janeiro, Niterói e a área urbana de Campinas. A imunização contra a doença já era recomendada para os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, além de determinadas áreas da Bahia, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Ministério da Saúde anuncia mudanças no calendário nacional de vacinação

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 04 mar 2017

Tags:, ,

Da Redação


Nessa sexta-feira (3), O Ministério da Saúde anunciou a ampliação do público-alvo de seis vacinas oferecidas nos postos de saúde: tríplice viral, tetra viral, dTpa adulto, HPV, meningocócica C e hepatite A.

A Vacina conta a Hepatite A passa a ser oferecida para crianças de até 5 anos de idade. Já a Tetra viral, que combate sarampo, caxumba, rubéola e varicela, passa a ser administrada de 15 meses até 4 anos de idade.

A HPV, como já havia sido anunciado no início do ano, passa a ser ofertada também para meninos a partir de 14 anos. Ainda este ano, além dos meninos, a vacina também será oferecida para homens vivendo com HIV e Aids entre 9 e 26 anos de idade, e para imunodeprimidos, como transplantados e pacientes com câncer.

Em relação à Meningocócica C, que eram oferecidas duas doses aos 3 e 5 meses e um reforço aplicado até 2 anos de idade, também houve mudanças. Agora, o reforço poderá ocorrer até 4 anos de idade. A vacina meningocócica C conjugada também passa a ser oferecida a adolescentes de 12 a 13 anos.

A vacina contra difteria, tétano e coqueluche (acelular) para adultos passa a ser recomendada para gestantes a partir da 20ª semana de gestação. Por fim, a tríplice viral, a 2ª dose, que era administrada até os 19 anos de idade, foi estendida para atender população entre 20 e 29 anos.

Febre Amarela: Secretaria de Saúde anuncia novo critério para a vacinação

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 02 fev 2017

Tags:, ,

Da Redação


A vacina contra a Febre Amarela tem como prioridade as pessoas que nunca tomaram a dose ou estão com viagem marcada para regiões identificadas como áreas de risco. No entanto, a partir de agora, segundo a Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista,  quem precisa se imunizar para viajar deve comprovar que realmente vai para uma das regiões onde a vacinação é recomendada.

Para comprovação da viagem, podem ser apresentados passagem com o destino, comprovantes de reserva de hotéis ou qualquer outro documento que possa atestar que a pessoa vai viajar. A medida não vale para as crianças, pois elas fazem parte do público- alvo do calendário de vacinação.

De acordo com a pasta, o novo critério tem como objetivo garantir o bem-estar do usuário e ajudar no controle nas salas de vacina da febre amarela para que seja garantida a imunização de todos. A Secretaria de Saúde alerta ainda que o excesso da vacina no organismo faz mal, podendo levar, inclusive, à morte. Por isso é preciso observar se a pessoa já foi vacinada e se já se passaram dez anos desde a última vacina, que é o mínimo para que seja administrada uma nova dose.

Para se vacinar, é preciso procurar um posto de saúde e apresentar cartão de vacina e documento original com foto.

 

Ampliada vacinação para febre amarela para extremo sul da Bahia e Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 21 jan 2017

Tags:, ,

da Redação
Com informações da Ascom / Sesab

Considerando a situação epidemiológica da febre amarela no país, com a ocorrência recente de óbitos em São Paulo, Goiás e Minas Gerais, incluindo regiões que fazem divisa com a Bahia, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) vem reforçando ações de monitoramento, vigilância e controle da doença e intensificando a imunização.

Além da vacinação da população dos municípios baianos que fazem limite com municípios mineiros, a Sesab solicitou ao Ministério da Saúde a ampliação da imunização para cidades com elevada circulação de pessoas oriundas de Minas Gerais, devido ao aceso a toda região litorânea, sobretudo no verão, como é o caso de Teixeira de Freitas, onde recentemente foi notificado um caso da doença em uma pessoa residente em Teófilo Otoni (MG). As outras cidades do extremo sul com recomendação de imunização são: Alcobaça, Belmonte, Caravelas, Eunápolis, Guaratinga, Ibirapuã, Itabela, Itagimirim, Itamaraju, Itanhém, Itapebi, Jucuruçu, Lajedão, Medeiros Neto, Mucuri, Nova Viçosa, Porto Seguro, Prado, Santa Cruz de Cabrália e Vereda.

…Leia na íntegra

População reclama da falta de vacina contra febre amarela em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 19 jan 2017

Tags:, ,

Da redação

Após o surto de febre amarela em outros estados brasileiros, e apesar de não ter nenhum caso da doença registrado na Bahia, está faltando vacina em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. No centro de saúde Régis Pacheco há filas por causa da busca pela imunização.

“Estou indo fazer uma viagem para Europa, e só é liberada essa autorização para viagem com a transferência do cartão nacional para o cartão internacional, com vacina da febre amarela”, conta uma das pessoas que estava na fila.

Na quarta-feira (18), restavam apenas 120 doses da vacina, e as fichas já estavam todas preenchidas.

De acordo com a coordenadora de imunização, Ana Ferraz, a procura no centro de saúde é grande porque outros postos não oferecem a vacina da febre amarela todos os dias. “Tem unidades que estão disponibilizando duas vezes na semana, ou três vezes. Se a sua unidade não abre todos os dias, procure com calma uma enfermeira da unidade, e procure o dia que a vacinação acontece na sua unidade de saúde, porque senão acontece a superlotação”, explicou Ana Ferraz.

Na Unidade de Saúde da Família, no bairro da Conveima, a procura também tem sido grande, e os funcionários aguardam a chegada de um novo lote para voltar a vacinar a população.

Um morador do local disse que está há 15 dias em busca da vacina, mas ainda não conseguiu encontrar um local para a aplicação.

“Estou há 15 dias procurando e não estou encontrando. Estou indo para uma área de risco, e corre o risco de trazer essa doença para Vitória da Conquista”, disse Carlos Nonato.

A procura pela vacina aumentou depois que mais de 150 cidades foram afetadas pela febre amarela, só em 2017, e mais de 30 mortes com sintomas da doença foram registradas em todo Brasil. Vitória da Conquista, no entanto, não está em estado de alerta, e a coordenação de imunização informou que novas doses já chegaram ao município.

*Com informações do G1 Bahia

Ministério da Saúde anuncia vacinação contra HPV para meninos

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 11 out 2016

Tags:, ,

Da Redação

vacina
O Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (11), que a vacinação contra HPV será estendida para os meninos. A partir de janeiro 2017, garotos de 12 a 13 anos também poderão receber a vacina. A faixa etária será ampliada gradualmente até 2020, quando a vacina estará disponível para meninos de 9 a 13 anos.

Segundo o Ministério da Saúde, estudos feitos em outros países mostram que a inclusão dos meninos contribui para a diminuição do câncer de colo do útero e vulva das mulheres, já que isso possibilita a diminuição da circulação do vírus na população, o que beneficia o público feminino. Além disso, os próprios meninos serão beneficiados, já que a vacina protege contra câncer de pênis, garganta, ânus e verrugas genitais, problemas também relacionados ao vírus.

A vacina contra o papilomavírus humano (HPV), que protege principalmente contra o câncer de colo do útero, já faz parte do Programa Nacional de Imunizações desde 2014, indicada para meninas de 9 a 13 anos.

Campanha de multivacinação começa nesta segunda (19)

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 19 set 2016

Tags:, ,

Da Redação

VAcinaA Campanha Nacional de Multivacinação começa nesta segunda-feira (19). Nos postos de saúde já estão sendo ofertados os 14 tipos de vacinas para as crianças e cinco para os adolescentes.

Além da vacinação contra poliomielite, que ocorre todos os anos, a campanha inclui, pela primeira vez, todas as vacinas disponíveis pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para crianças de até 5 anos e para crianças e adolescentes entre 9 e 15 anos incompletos, incluindo a imunização contra HPV para meninas.

Para receber as doses de imunização, é necessário levar a caderneta de vacinação ao comparecer a um dos postos. Lá, os profissionais de saúde irão avaliar se há alguma vacina que ainda não foi administrada, ou se há doses em atraso, para complementar o esquema.

A campanha segue até 30 de setembro e o dia de mobilização nacional está marcado para 24 de setembro, próximo sábado. Entre as vacinas disponíveis estão Hepatite A, VIP, Meningocócica C, rotavírus, HPV, Pneumo 10, febre amarela, varicela, pentavalente, tetraviral, dupla adulto, DTP, tríplice viral, VOP (poliomielite).