Desempregados representam 60% dos interessados em vagas temporárias de fim de ano

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Trabalho | Data: 25 out 2015

Tags:, ,

Folha de São Paulo

Protesto contra proibição dos bingosCom a economia em recessão, o emprego temporário de fim de ano, ainda que mais escasso em 2015, é uma saída encontrada pelos desempregados para voltar ao mercado de trabalho e conseguir alguma renda para quitar dívidas pendentes com contas básicas da casa, como luz, água, aluguel e com despesas de estudo. O quadro é completamente diferente do que ocorria num passado recente, quando a economia estava em pleno emprego e os brasileiros se candidatavam a uma vaga temporária para complementar a renda.

Neste ano, 60% dos que procuram um trabalho para o período de Natal e ano-novo estão desempregados. É um resultado significativamente maior do que em 2014, quando 45% dos candidatos estavam nessa condição, aponta pesquisa da Vagas.com, empresa de tecnologia para recrutamento e seleção. “Apesar de o desemprego ter subido, fiquei surpreso com esse resultado. A minha expectativa era que a parcela de desempregados candidatos a uma vaga temporária chegasse, no máximo, a 50%”, diz Rafael Urbano, coordenador do estudo.

…Leia na íntegra

Brasil fechou 86.543 vagas formais de emprego em agosto, mostra Caged

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Trabalho | Data: 27 set 2015

Tags:, ,

Agência Brasil

carteira-de-trabalhoO Brasil fechou 86.543 vagas formais de emprego em agosto, a quinta queda mensal consecutiva, informou nesta sexta-feira, 25, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Este é o pior resultado para o mês desde 1995, quando foram fechadas 116.856 vagas. O saldo do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) é fruto de 1.392.343 admissões e 1.478.886 demissões.

O resultado é muito inferior ao do mesmo mês do ano passado, quando foram criadas 101.425 vagas. Nos primeiros oito meses do ano, o total de postos fechados é de 572.792. Os dados são sem ajuste, ou seja, não incluem as informações passadas pelas empresas fora do prazo.

O número divulgado hoje ficou dentro do esperado pelo mercado para o mês de agosto. Levantamento do AE Projeções feito com 13 instituições mostrou que as estimativas eram de um resultado negativo entre 40.000 e 151.900 postos de trabalho. Com base neste intervalo, que envolve os números sem ajuste sazonal, a mediana encontrada foi de eliminação de 70.000 vagas.

Sete mil pessoas perderam o emprego no primeiro trimestre na Bahia

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Bahia, Trabalho | Data: 28 jun 2015

Tags:, ,

Correio da Bahia

Protesto contra proibição dos bingosOs números indicam que a crise está fazendo com que mais jovens na Bahia saiam da zona de conforto e ofereçam sua força de trabalho e um dos resultados disso é que o número de desocupados com idade entre 14 e 24 anos cresceu.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do IBGE, revelou entre janeiro e março deste ano tinham 7 mil pessoas a mais nesta condição em relação ao mesmo período do ano passado. Esse número saltou de 360 mil para 367 mil, respectivamente.

“Em geral, os mais jovens têm menor experiência laboral, menor qualificação. Por isso, o mercado acaba rechaçando, não absorvendo, essa força de trabalho”, justifica o coordenador de disseminação de informações do IBGE na Bahia, Joilson Rodrigues.

…Leia na íntegra