Violência em três atos

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 nov 2015

Tags:,

BannerResenhaGeral_600x65px

Por Valdir Gomes Barbosa

Valdir escritorRio? É doce.
A Vale? Amarga.
Ai, antes fosse
Mais leve a carga. (Drummond, 1984)
Imaginamos com a criatividade que Deus concedeu carinhosamente a nós brasileiros, os formatos e engenhosos modelos de esquentamentodaquele capital que seguramente não teve origem licita, mas se fará tudo para assim revesti-lo. (Bruno Espñeira Lemos, 2015)
Mesmo atentos aos despropositados ataques praticados na França, em pontos diversos da Cidade Luz, sexta feira, treze de novembro último, fruto da intransigência de quem não aceita o diálogo e justifica seus atos nas palavras mal interpretadas dos profetas, desde longa data, a exemplo das matanças cruéis nos idos da idade media autorizadas pela inquisição, mas, solidários na dor de tantas famílias, pela perda irreparável de seus entes queridos, brutalmente feridos, assassinados, todos inocentes, imolados pelas balas de fuzil disparadas sem direção e bombas explodindo a esmo, ainda estamos perplexos frente a tragédia que se abateu em Mariana e arredores, no vizinho Estado de Minas Gerais.
Aqui, sob milhares de metros cúbicos de lama fina, rejeitos da barragem de Samarco – leia-se Vale – contendo elementos altamente tóxicos, muitas vidas se perderam levadas de roldão, engolidas e desaparecidas até, entre animais, bens de todos os tipos e incontáveis valores. Isto resulta na contaminação do Rio Doce, fonte essencial para cidades banhadas por suas águas comprometendo o abastecimento regional, prejudicando enfim, com consequências ainda imponderáveis, todo seu ecossistema. Admite-se o grave risco de rompimento de outras, na possibilidade de serem atingidos até, os corais de Abrolhos. …Leia na íntegra

O que o amor faria (Consciência)

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 maio 2015

Tags:,


Por Valdir Gomes Barbosa

Valdir escritorSob o rufar de tambor, no alvorecer e na hora crepuscular da palestra que fez ser diferente, a vida dos que puderam estar presentes na plateia, foram entoados cânticos da tribo Cherokee saudando a natureza mãe, de burgo do Havaí sublimando o Criador. A voz contagiante trazia na tonalidade impar, a harmonia de quem transcende conseguindo viajar aos redutos, nos quais brotaram as canções tornando também os assistentes viandantes das mesmas veredas, onde residem almas livres e iluminadas.

Entre um e outro cantar, a boca de largo e expressivo sorriso esparge sabedoria, da forma como fazem apenas os humildes, que de maneira simples disseminam conceitos revestidos da mais absoluta profundidade. Torna capazes os assistentes, de entender que o segredo na busca do autoconhecimento, não reside apenas na capacidade de mergulhar em seu próprio intimo, através da meditação e reflexão, embora ensine que em cada um de nós estão respostas para a grande pergunta que inquieta o ser humano: QUEM SOU EU.

Aos poucos, na esteira dos seus argumentos, exemplos que informam ser possível conhecer a si próprio mirando o semelhante, já que o outro consegue, como se representasse um espelho refletir a face de nós mesmos, foram ficando claras as mensagens apontadas e explícita a intenção de fazer entender seu discurso competente. …Leia na íntegra

Assunção à reflexão, aleluia!

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 25 jul 2014

Tags:,

Por Valdir Gomes Barbosa
Valdir escritorDias atrás, conceituado jornal soteropolitano revela, em momentos sucessivos, artigos conflitantes de políticos baianos. Não duvido da importância de polemica sadia fundada no conhecimento e lastreada no respeito mútuo. Desta forma, a discussão será capaz de cambiar ideias referendando o dito: da discussão nasce luz. Nos tempos de eleições majoritárias, assuntos palpitantes são temas de debates em artigos publicados nos diários e, se por um lado isto não me parece despropositado remete, por outro, à ideia do oportunismo censurável.

Textos apaixonados disseminam raios teóricos pouco iluminados, muitas vezes embasados em argumentos e estatísticas manipuláveis. Neste leito, de certa forma muitos se tornam inconsistentes, mesmo abordando assuntos importantes, tais como educação, saúde e segurança. …Leia na íntegra

Fiz de conta que não ouvi

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 18 jul 2014

Tags:,

Por Valdir Gomes Barbosa

Valdir GomesPasseio outra vez, bem cedo, por entre muitos conhecidos circundando o Caboclo, aos pés de quem chorei, nos derradeiros dias, as decepções das derrotas humilhantes do Brasil na Copa. Estico até a Barra, no trajeto reverencio a Santa das Vitórias, rezo a Santo Antônio e durante o belo curso que me põe no Porto lembro as manchetes do dia. Desde a segunda, depois que a Alemanha se sagrou tetra campeã observo que a violência volta, com intensidade, a ser matéria destacada na imprensa.

O conhecido ambulante do Corredor da Vitória me lembra da derrota do Bahia e, consoante diz, nem bem acabou a Copa tome remédio amargo para os tricolores. Entretanto, pontua seu sarcasmo, vez que me pergunta em seguida, se havia visto a confusão de Amargosa. …Leia na íntegra

Sabedoria popular IV, ou, semelhanças e diferenças

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 13 jul 2014

Tags:, ,

 

Por Valdir Gomes Barbosa

Valdir GomesDepois da pífia apresentação feita pela Seleção Brasileira em toda a Copa restou, na semifinal, a derrota humilhante contra a Alemanha e a confirmação, frente a Holanda, de que os sete a um não foi mero apagão, como disse Scolari.

Sob comando de “Filipão”, o Palmeiras caiu para a segunda divisão do campeonato brasileiro, contudo, foi escolhido para comandar a equipe nacional que disputou este campeonato findando, para nós, com ares de profunda melancolia. Não se argua acerca de vitórias anteriores, quando dirigiu o Brasil em 2002, Portugal em seguida. Daí em diante, sua “scolaridade” não revelou ter reciclado, na busca de conhecimento, das novas táticas e técnicas aplicadas pelos treinadores vencedores do cotidiano. …Leia na íntegra

Sabedoria popular III, ou o Show já terminou

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 09 jul 2014

Tags:, ,

Por Valdir Gomes Barbosa

Valdir GomesO futebol é um esporte coletivo, contudo, dentre outros de idêntica característica, talvez seja aquele que mais depende de um único craque, para desequilibrar qualquer partida, mudar em segundos o resultado de um jogo, carregar consigo a responsabilidade capaz de fazer seu time vitorioso.

Perdemos, na agressão a Neymar promovida por defensor colombiano, o nosso maior atleta futebolístico destes tempos do agora, quase ao apagar das luzes do embate que fez o Brasil avançar nas quartas de final. Na mesma peleja, outra expressão do elenco, justo o capitão da equipe foi alijado da disputa por uma vaga na semifinal, após haver recebido o segundo cartão amarelo. …Leia na íntegra

Inflexíveis, ou, sabe de nada inocente

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 24 jun 2014

Tags:, ,

Por Valdir Gomes Barbosa
Valdir Gomes BarbosaHoje, véspera de São João fui pessoalmente a uma agencia do BRADESCO, nesta quente terra do frio, onde opero há décadas. Sou correntista da qual me refiro nestes considerandos e tenho também conta inativa em outra, que já foi sede do antigo BANEB de Vitória da Conquista.

Recebo meus proventos, na condição de funcionário público, desde os tempos do extinto banco estatal, adquirido pelo Banco Brasileiro de Descontos nas citadas casas bancárias há quase quarenta anos. Apesar de haver transferido meu domicílio para Salvador, onde estou em definitivo com a família desde 2008, decidi continuar com minhas transações bancárias aqui.

Mesmo porque, assim sabem os leitores, tenho esta cidade como minha segunda urbe, aliás, Salvador, meu berço querido, minha terra natal divide com Conquista meu coração. Grandes realizações, incontáveis conquistas alcancei por cá; trata-se do torrão abençoado de muitos dos meus filhos e enteados; de diletos amigos; de maravilhosas companheiras que tive, cada qual no seu tempo; manjedoura da minha querida esposa Roberta, com quem me amalgamei, já se vão quase quinze anos, ao que parece de forma indivisível, até quando vida tiver. …Leia na íntegra

Dez anos

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 19 jun 2014

Tags:, , ,

Por Valdir Gomes Barbosa
Valdir Gomes BarbosaAmigos,
Parece que foi ontem, mas, dez anos hoje desde aquela festa do nosso casamento. Grato a todos pelo apoio. Abaixo, soneto do dia.
abraços e beijos,
Roberta e Valdir

Dez anos

Dez anos vão ligeiro, nem notamos,
Um dia após o outro, tudo passa,
Dez anos voaram, como vento e aqui estamos.
A construir verdades, sem trapaça.

Legados deixaremos, com certeza,
Inimitáveis encantos ficarão,
Nas marcas de nosso amor rara beleza,
Ao fazermos ser eterna esta paixão.

Salvador, 19 de junho de 2014.
Vgb

Sabedoria popular

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 09 jun 2014

Tags:,

Por Valdir Barbosa

Valdir Gomes BarbosaDia 12, quinta feira próxima, data dedicada aos namorados, a lúdica enamorada de tantos meninos mundo afora vai rolar no Itaquerão, realizando o sonho do ex-presidente Lula. No estádio do seuCurintian, o Brasil enfrentará a Croácia abrindo a Copa do Mundo de Futebol de 2014.

À medida que foi chegando o tempo do certame, manifestações de desagrado por esta realização eclodiram nos quatro cantos do país. Sua força inicial, talvez, a mais contundente delas, se deu no auge da Copa das Confederações, ano passado, quando nos sagramos campeões. …Leia na íntegra

Saudades de Roberta, ou, CUIDADO BOCÃO

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 09 fev 2014

Tags:,

Por Valdir Gomes Barbosa

VALDIR LIVRODesde ontem, meu grande canto de aconchego e paz, onde reponho energias e guardo meus segredos, contando-os a minha fidelíssima parceira e confidente, na Praça Dois de Julho, neste Campo Grande de Salvador, que breve estará tomado pelos foliões de um carnaval ensandecido, não se faz tão grande, está meio triste. Ela se foi para terras paulistas, alimentar sua fome de saber, aplacar uma sede de conhecimento insaciável que lhe consome, de forma benfazeja, desde a adolescência.

Reunida, quase reclusa em hospedaria fincada num bucólico canto, entre flores e plantas, rodeada por colegas e mestres estará, durante quase dez dias agregando teorias e práticas que permitirão acrescer seus conhecimentos e levar, àqueles que lhe buscam querendo aplacar suas ânsias e fobias, os bálsamos desejados vindos na esteira do exercício profissional que abraçou. …Leia na íntegra

Macho mesmo é Thiago: Ou seria Laura?

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia, Segurança | Data: 27 jan 2014

Tags:, ,

Por Valdir Gomes Barbosa

Valdir Gomes BarbosaFui nascido e criado num tempo, em que a cultura impunha ser bonito, o costume de um homem fumar e feio o vício – assim considerado à época – de dar. Atrás das portas, sob os muros, nas moitas, enfim, em qualquer lugar onde fosse possível fazer as escondidas, o quanto reprovado pelos ditames da sociedade, naquele idos do pós-segunda guerra. Dantes também.

Obviamente, preconceitos se apegaram ao meu comportamento, capazes de reprovar atitudes de todos quantos decidiam, consoante comentei por longo tempo, falsear o próprio corpo. Argumentos como tais, oportunos aos incapazes de ver o ser humano na sua integralidade, corpo e sentimento, matéria e espírito dominaram por largo período minha limitada consciência, me fazendo crítico de tantos quantos optaram por sua sexualidade, da maneira que lhes pareceu próprio. …Leia na íntegra

Diferenças, semelhanças e referência

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 09 dez 2013

Tags:, ,

Valdir Gomes Barbosa

Valdir Gomes BarbosaDIFERENÇAS

Gino Meneghetti, nascido na Itália foi, talvez, um dos maiores larápios atuantes no Brasil. Chegou da Europa em junho de 1913, com pouco mais de trinta anos. Depois de praticar inúmeros delitos, sobretudo na terra natal e França, finalmente aqui aportou, tendo vivido até 1976, oportunidade em que morreu com noventa e seis anos.

Especialista em furtos conseguiu subtrair incontáveis quantias de joias e dinheiro, nas casas suntuosas do sudeste brasileiro, sendo condenado e preso inúmeras vezes, principalmente no estado de São Paulo.
Certa feita perseguido pela policia paulista, sobe a um dos telhados do centro daquela capital e grita com as mãos levantadas: “Io sono Meneghetti, Cesare, Nerone de San Paolo, que se traduz: Eu sou Meneghetti, Cesar, Nero de São Paulo”. Midiático, fez declarações do tipo: “Jamais roubei um pobre. Só me interessa tirar dos ricos, e tirar joias, que são bens supérfluos que só servem para alimentar a vaidade”. …Leia na íntegra

Asdrúbal e a Gênia Osa (A caminho dos Andes)

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 nov 2013

Tags:, ,

Por Valdir Barbosa

Valdir Gomes BarbosaAsdrúbal, o belo, nascido em Cartago, na Tunísia, duzentos e quarenta e cinco anos antes de Cristo, foi considerado um dos melhores generais da região, no seu tempo, talvez apenas superado pelo cunhado, Aníbal, que o sucedeu no comando das tropas cartaginesas, após ser assassinado. Tendo reencarnado algumas vezes depois desta época, finalmente, no século XX retorna, para continuar seu processo de expiação e resgate, mal sabendo que, desta feita, ao beirar cinquenta anos de vida seria submetido a mais difícil das provações, de todas quantas precisou purgar nesta sua trajetória milenar, em busca da sabedoria libertadora. …Leia na íntegra

Consciência, negra ou branca, importa que haja consciência

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 20 nov 2013

Tags:, ,

Por Valdir Gomes Barbosa
(Dedicado a Vanda, minha irmã)

Valdir Gomes BarbosaHoje cedo li algo que diz respeito a posturas e atitudes dos perdedores e vencedores, do qual cuido de reproduzir abaixo algumas estrofes. Não se lhe indicava o autor:

Quando um vencedor comete um erro, diz: – Eu errei.
Quando um perdedor comete um erro, diz: – Não foi minha culpa…
…Um vencedor se compromete.
Um perdedor faz promessas…
Um vencedor escuta, compreende e responde.
Um perdedor somente espera uma oportunidade para falar…
Um vencedor respeita aqueles que são superiores a ele e trata de aprender algo com eles.
Um perdedor resiste àqueles que são superiores a ele e trata de encontrar defeitos.
Um vencedor se sente responsável por algo mais do que somente o seu trabalho.
Um perdedor não colabora e sempre diz: – Eu somente faço o meu trabalho.
Um vencedor diz: – Deve haver uma melhor forma de fazer o meu trabalho.
Um perdedor diz: – Esta é a maneira que sempre fizemos.

Estas linhas, que me pareceram sensatas e coerentes, a par de duas inusitadas ocorrências havidas em seguida, no meu próprio repouso, onde, depois de guerrear encontro nuvens solidárias de paz, junto aos meus, me fizeram considerar sobre circunstancias, acerca das quais escrevo agora, no sentido de que possam também os leitores meditar sobre o assunto. …Leia na íntegra

Flores

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 27 out 2013

Tags:, ,

Por Valdir Gomes Barbosa

Juliana BComo fizemos nesta sexta do agora, contando vantagens e mentiras perdoáveis, entre goles, risos, até pasteis queimados e trocados na pândega, para irritar o anfitrião, por nacos suculentos de fígado bem temperado, eu e meu jovem amigo, também compadre, Clésiu Bessony, ano passado, em igual canto, no bar do caro Nilton, figura marcante desta Conquista de açúcar, se não me falha a lembrança rodeados por alguns dos mesmos amigos, desanuviando as tensões de uma semana laborativa, fazendo planos frente a um sábado e domingo rapidamente se avizinhando, não podíamos adivinhar que na manhã seguinte, a vida nos pregaria uma de suas trágicas peças.

No dia posterior, depois de aviso que me parecia despropositado, corro à casa onde morava minha cara e dileta colega, mais que amiga, Juliana Flores, mãe de Solon e Mariana, filhos de Cleziu e os encontro despetalados. Um mal súbito fulminante leva, sem avisos, para longe de todos nós, aquela figura corajosa. Assisto zonzo sair em direção ao velório, o corpo da jovem mãe e esposa extremosa, colega de profissão sem reservas, com quem ainda pude sonhar sonhos de polícia, como tantos que conto, nas histórias agora narradas em meus relatos. …Leia na íntegra

Intransigência e Intolerância

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 21 out 2013

Tags:, ,

Por Valdir Gomes Barbosa

Valdir Gomes BarbosaPorque Katia, Emanuel e Emanuele tinham que estar numa mesma via naquele fatídico – sobretudo para eles – 11 de outubro. Porque a médica foi chamada antes de sair da academia que frequentava, no bairro onde ocorreu o incidente, para cumprir mera formalidade retardando sua ida e, quem sabe, modificando seu trajeto fazendo com que o tempo e o espaço, neste caso, madrasta e padrasto pusessem as três indigitadas figuras, frente a frente, no palco da tragédia.

Porque os lindos jovens, bem formados pela natureza e, ao que se sabe, bem criados pelos responsáveis por sua educação afrontam uma pessoa desconhecida, por força de mero descompasso, em manobra de transito. Neste transito desvairado que enlouquece a todos, dia e noite, numa Salvador de um ontem tão calmo, capaz de refletir, naquele tempo, a fleuma boa de nosso saudoso Caimi, o inesquecível Dorival, de embalar os versos e canções do nosso centenário Vinícius de Moraes – agora o volume de veículos nos dificulta passar a tarde em Itapuã – , transito este transformado hoje em fábrica de neuroses abissais. …Leia na íntegra

Delegado lança livro em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 11 out 2013

Tags:, ,

da Redação

Livro VAldirO delegado Valdir Gomes Barbosa estará lançando nesta 6ª feira (11), na Livraria Nobel, localizada na Avenida Otávio Santos, em frente o Educandário Juvêncio Terra, às 18 horas, o livro Saques e tiros na noite– Sonhos, Estórias e Histórias de um Homem de Polícia. Após o lançamento do livro na Nobel, o escritor receberá os amigos e convidados no Hotel Pousada, no alto da Serra do Periperi.

No livro o autor narra a sua trajetória no exercício de uma profissão que foi exercida com muita dedicação –  tendo sido considerado o Homem de Ouro da Polícia. O delegado Valdir Barbosa iniciou a carreira de delegado em 1976 e chegou a condição de Delegado Chefe. Escreva com extrema facilidade e foi merecedor de comentários elogiosos do professor, ex-ministro da Educação do Governo Sarney, Ubirajara Brito. Na atualidade dá consultoria em segurança para o Tribunal de Contas do Estado.

Quatorze anos

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 28 set 2013

Tags:, ,

Filho Querido.
Valdir Gomes BarbosaHá exatos quatorze anos, justo às cinco horas de uma manhã em final setembro, mês da primavera, depois de nove meses gestado no ventre de cuidadosa criatura e vinte horas de doloroso trabalho de parto fostes lançado ao mundo, por esta tua atual mãe terrena. Por isto estas primeiras palavras lhe devem ser dedicadas, diuturna sombra soberana que o acompanha e protege desde então. Ela te acompanhará, protegendo-o enquanto vida tiver, posto representas a mais importante e significativa razão do seu viver.
Sou testemunha permanente deste amor sublime, que alimenta em reciprocidade os espíritos destas pessoas que estiveram ligadas em harmonia, até quando se fez cortado o cordão umbilical responsável por nutrir seu corpo. Admirei quando buscavas ávido, no regaço sempre disponível, a seiva brotada no peito que guarda um coração valente, capaz de matar e morrer por ti. Tenho vivido desde então, embalado na força desta simbiose amando-os aos dois, como se também fosse parte desta unidade indivisível. …Leia na íntegra

Delegado lança livro em Salvador

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Cultura | Data: 16 set 2013

Tags:, , ,

da Redação

Livro DelegadoO delegado Valdir Gomes Barbosa está lançando na noite desta 2ª feira (16) em Salvador,  o livro Saques e tiros na noiteSonhos, Estórias e Histórias de um Homem de Polícia. O lançamento está começando agora no Salão Itapuã do Bahia Othon Palace Hotel. O livro resgata casos policiais em nível estadual, nacional e até internacional, em que o autor foi protagonista das ações policiais.

O caso Gilenilda Alves que culminou com o crime que abalou Vitória da Conquista e a Bahia faz parte do relato nas paginas do seu livro.Iniciou a carreira de delegado em 1976 e chegou a condição de Delegado Chefe. Escreva com extrema facilidade.   Barbosa ganhou o título de Homem de Ouro da Polícia Civil.  Na atualidade  dá consultoria em segurança para o Tribunal de Contas do Estado.

Em breve o livro será lançado em Vitória da Conquista. O autor já manifestou aos amigos essa vontade. Tem grande apego pela cidade e muitos amigos. O lançamento mão ainda confirmado a data e local.

Foto: Reprodução

Valdir Gomes Barbosa lança livro em Salvador

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Cultura, Polícia | Data: 21 ago 2013

Tags:, , ,

da Redação

Valdir Gomes BarbosaO ex-delegado que ganhou o título de Homem de Ouro da Polícia Civil da Bahia, Valdir Gomes Barbosa, lançará o livro em Salvador SAQUES E TIROS NA NOITE. Na chamada de capa o autor faz referência aos sonhos, estórias e histórias de um homem de polícia. Após lançamento em Salvador, Dr. Valdir, pretende lançar o seu mais novo trabalho literário em Vitória da Conquista.

O professor Ubirajara Brito, tem comentado com amigos, que o autor do livro escreve com muita facilidade e maestria. No livro, o experiente delegado narra suas investigações mais difíceis em casos de grande repercussão, como o do seqüestrador Pareja,  em Feira de Santana, a rebelião no Presídio Nilton Gonçalves, e o seqüestro e Dona Gilenilda Alves que abalou a cidade de Vitória da Conquista.