Vendas de decisões judiciais na Bahia é investigada pela Polícia Federal

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Política | Data: 11 set 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Da Redação

Fonte: A tarde

Foi deflagrada na manhã desta quarta-feira( 11) pela Polícia Federal, a Operação Injusta Causa, que possui o objetivo de desarticular um possível esquema de venda de decisões judiciais e tráfico de influência na Bahia.

Cerca de 50 policiais federais e cinco procuradores da República, participam da ação e cumprem 11 mandados de busca e apreensão em órgão público, escritório de advocacia e nas residências dos investigados.

Os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça e possui o intuito de localizar e apreender provas que sejam complementares dos crimes praticados. O Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5) informou que está colaborando com as solicitações da Polícia Federal.

Planos de saúde de 10 operadoras estão suspensos para a comercialização

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 06 set 2019

Tags:, ,

Por determinação da Agência Nacional de Saúde (ANS), em função de reclamações feitas pelos clientes, durante o segundo trimestre, a partir desta sexta-feira (6), 51 planos de saúde de dez operadoras estão com sua comercialização

De acordo com a ANS, a medida é resultado do Programa de Monitoramento de Garantia de Atendimento, que monitora a qualidade do serviço prestado pelo setor e atua na proteção dos beneficiários. Somados, os 51 planos atendem a 278,6 mil beneficiários, que terão mantida a garantia à assistência regular.

Segundo a agência, o programa avalia as operadoras tomando por base as queixas feitas pelos beneficiários nos canais de atendimento da ANS. “O objetivo do programa é estimular as empresas a garantir o acesso do beneficiário aos serviços e procedimentos definidos no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde de acordo com o que foi contratado.”

Após acumular quedas entre 2015 e 2017, vendas a prazo crescem pelo segundo ano seguido em junho

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Geral | Data: 19 jul 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Depois de amargar três anos consecutivos de resultados no vermelho, as vendas a prazo no varejo voltaram a crescer pelo segundo ano seguido. Dados apurados pelo Indicador de Atividade do Varejo da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que as consultas de CPFs para vendas parceladas cresceram 2,15% no acumulado em 12 meses até junho deste ano. O número comprova a trajetória de recuperação do comércio, porém a um ritmo menor, uma vez que em junho de 2018, as vendas haviam crescido 3,13%.

No auge da recessão, entre os anos de 2015 e 2017, as vendas a prazo no varejo registraram quedas de -2,06%, -5,16% e -4,34%, respectivamente. O Indicador de Atividade do Comércio é construído a partir das consultas de CPFs e é um termômetro da intenção de compras a prazo por parte do consumidor, abrangendo os segmentos de supermercados, lojas de roupas, calçados e acessórios, móveis e eletrodomésticos. 

Outro dado também apurado pelo indicador é o nível de atividade no comércio atacadista. Nesse caso, que não leva em consideração a venda de veículos e motocicletas, o crescimento no acumulado em 12 meses até junho foi de 3,62%, dado abaixo dos 14,20% verificados no mesmo período de 2018.

…Leia na íntegra

Operação apreende cerca de 500 quilos de carne em feira do Alto Maron

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 12 jul 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Na tarde desta sexta-feira(12), uma grande operação foi realizada pela Secretaria Municipal de Saúde de Vitória da Conquista, por meio da Vigilância Sanitária, na Feira do Alto Maron, em Vitória da Conquista.

A ação contou que com apoio da Polícia Militar, está sendo realizada em diversos lugares da cidade e tem o objetivo de fiscalizar a venda de carnes sem certificação e improprias para o consumo.

De acordo com informações, cerca de 500 quilos de carnes impróprias para consumo foram encontradas no local pela vigilância Sanitária.

Em nota, a Prefeitura se manifestou sobre o assunto.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que, desde o dia 26 de junho, a Vigilância Sanitária (Visa) está realizando a campanha “Carne Clandestina é Crime”. A iniciativa, que tem o apoio do Ministério Público, da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e da Policia Militar, visa coibir o abate e a comercialização irregulares de produtos animais. A visita realizada hoje na Feira do bairro Alto Maron faz parte das ações da campanha.

Informamos que foi apreendido em um estabelecimento aproximadamente 500 quilos de carne imprópria para o consumo. As carnes estavam armazenadas, congeladas há cerca de dois anos e apresentavam alterações organolépticas (cor e odor alterados). Informamos ainda que o efetivo policial é parte da parceria na operação. E o trabalho conjunto das Secretarias de Saúde e Serviços Públicos resultou numa intervenção que
gera fiscalização efetiva em prol da saúde da população.

De acordo com a Lei 8.137, a comercialização de produtos impróprios para consumo é crime. Com as ações que serão realizadas, os estabelecimentos que funcionam fora das normas sanitárias serão notificados e interditados por ação cabível à Administração. As feiras, mercados e centros comerciais terão prazos para regularização da comercialização das carnes, que deverão ser vendidas com certificação sanitária.

Lojas físicas com presença na internet vendem mais que e-commerce

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Geral | Data: 11 jul 2019

Tags:,

Um estudo da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOMM) e outro da Ebit/Nielsen concluiu que lojas físicas com presença on-line vendem mais que lojas presentes somente na web. A pesquisa revela que marcas do varejo tradicional como Casas Bahia e Walmart representam 51% das vendas on-line em relação as marcas restritas ao serviço de e-commerce, como Netshoes e Submarino.

Para a professora Alessandra de Paula, coordenadora do curso de Gestão do E-Commerce e Sistemas Logísticos do Centro Universitário Internacional Uninter, isso demonstra que as lojas físicas são estratégias complementares às vendas on-line e não canais concorrentes. “Podemos perceber que a loja física, que também está presente na web, acaba trazendo uma melhor experiência para o cliente por meio da operação omnichannel [integração entre as lojas físicas, virtuais e compradores], permitindo que se compre on-line e retire na loja ou experimente na loja e compre on-line, facilitando também o processo de troca”.

Segundo a especialista, em geral as marcas tradicionais são consolidadas no mercado, com grande força no varejo (muito mais do que as marcas exclusivamente digitais) e normalmente são marketplaces, ou seja, uma só loja virtual com várias empresas — o que aumenta a quantidade de produtos à venda. No entanto, ela explica que o e-commerce é uma ótima alternativa, principalmente para quem está começando um negócio próprio, pois “exige menor investimento que a loja física, rompe as barreiras geográficas, permitindo vendas para outras cidades e até países, e potencializa os resultados da empresa. Além disso, permite que o negócio fique aberto 24 horas por dia durante os 7 dias da semana”.

Alessandra acredita que essa integração entre canais físicos e virtuais será cada vez mais frequente, assim como o uso cada vez maior de tecnologias de atendimento automatizado, como os bots e chatbots [ programas de computador que simulam interação humana com usuários da internet]. “Fora isso, acredito que teremos a eliminação ou redução de intermediários (atacadistas, CDs etc.), uso de inteligência artificial, evolução nas formas de entrega e utilização de “pontos de retirada” de mercadoria — mudanças  que diminuem o preço do frete e tornam a compra do produto mais acessível para o consumidor e menos complicada para as empresas. Outra novidade que deve mudar a forma de comprar on-line deve ser o uso das realidades virtual e aumentada. Assim, o cliente poderá usar o seu celular para testar como uma cor de tinta ficaria na parede de sua sala ou então conferir como um móvel ficaria em determinado espaço de sua casa”, explica a professora.

Mais de 50 planos de saúde estão com a comercialização suspensa pela ANS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 14 jun 2019

Tags:, ,

Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), proibiu a comercialização de 51 planos de saúde de 11 operadoras, a partir desta sexta-feira (14). A decisão foi anunciada no último dia 7, impede que esses planos recebam novos clientes até que sejam comprovadas melhorias no atendimento.

A suspensão é parte do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, que faz avaliações trimestrais dos planos, com base em reclamações de clientes acerca de questões como cobertura assistencial, prazo máximo de atendimento e rede de atenção, entre outras.
 
Vinte e sete planos de dez operadoras, que haviam sido suspensos em avaliações anteriores, conseguiram melhorar seu atendimento e tiveram autorização para voltar a ser comercializados a partir de hoje.

Os 600 mil beneficiários desses planos não são afetados pela medida, já que as operadoras são obrigadas a continuar oferecendo cobertura para os clientes.

Número de usuários de planos de saúde cai pelo quarto mês consecutivo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 09 maio 2019

Tags:, ,

Da Redação

Fonte:D.Jornal

Foi divulgado nesta quinta-feira(8), pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), um balanço dos planos de saúde que tiveram a 4ª queda mensal seguida. O número de beneficiários em março chegou a 47 milhões, cerca de 43 mil pessoas a menos que em fevereiro.

A perda de clientes acontece em meio à estagnação da economia neste começo de ano, aumento do desemprego e reajustes dos planos de saúde acima da inflação.

A queda maior foi registrada em planos individuais que, nos últimos 12 meses perderam 104 mil clientes, ou 11% do total. Em contrapartida, os planos empresariais tiveram alta de 5% no período.

Pequenos negócios apostam em vendas melhores para o Natal

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 03 dez 2018

Tags:, ,

Reprodução do site da CDL

Pesquisa do Sebrae mostra que mais de 30% dos 5,8 mil empresários ouvidos apostam em vendas melhores em relação a 2017 e 38% acreditam que o desempenho será mantido

Mais de 68% dos empresários de pequenos negócios acreditam que as vendas de Natal serão melhores ou iguais ao ano passado. As melhores expectativas estão na área do Comércio, seguido do setor de Serviços, segundo pesquisa sobre vendas e contratações para o final de ano, realizada pelo Sebrae entre os meses de agosto e outubro. O levantamento, que ouviu mais de 5,8 mil empreendedores, apontou que quase 20% dos entrevistados pretendem reforçar o quadro de funcionários, com a contratação de temporários para o período que antecede os festejos natalinos.

Para 30% dos entrevistados as vendas de Natal de 2018 serão melhores que as vendas de 2017. Já 38% acreditam que serão iguais em comparação ao ano passado, enquanto 26,7% estão pessimistas. As melhores expectativas estão entre os Microempreendedores Individuais (MEI), segmento onde 35% creem na melhoria das vendas e 38% avaliam que serão iguais ao Natal passado e 24% responderam que irá piorar. Em seguida estão as Micro e Pequenas Empresas (ME), onde 43% acham que venderão igual a 2017 e 27% avaliam que haverá uma melhora, considerando ainda que 26% dos entrevistados não estão otimistas. Entre as Empresas de Pequeno Porte (EPP), 61% esperam uma melhoria ou que suas vendas se manterão iguais ao ano passado, mas 32% acham que serão piores. …Leia na íntegra

Pequenos negócios apostam em vendas melhores para o Natal

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 30 nov 2018

Tags:, ,

Reprodução do site da CDL
Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Pesquisa do Sebrae mostra que mais de 30% dos 5,8 mil empresários ouvidos apostam em vendas melhores em relação a 2017 e 38% acreditam que o desempenho será mantido

Mais de 68% dos empresários de pequenos negócios acreditam que as vendas de Natal serão melhores ou iguais ao ano passado. As melhores expectativas estão na área do Comércio, seguido do setor de Serviços, segundo pesquisa sobre vendas e contratações para o final de ano, realizada pelo Sebrae entre os meses de agosto e outubro. O levantamento, que ouviu mais de 5,8 mil empreendedores, apontou que quase 20% dos entrevistados pretendem reforçar o quadro de funcionários, com a contratação de temporários para o período que antecede os festejos natalinos.

Para 30% dos entrevistados as vendas de Natal de 2018 serão melhores que as vendas de 2017. Já 38% acreditam que serão iguais em comparação ao ano passado, enquanto 26,7% estão pessimistas. As melhores expectativas estão entre os Microempreendedores Individuais (MEI), segmento onde 35% creem na melhoria das vendas e 38% avaliam que serão iguais ao Natal passado e 24% responderam que irá piorar. Em seguida estão as Micro e Pequenas Empresas (ME), onde 43% acham que venderão igual a 2017 e 27% avaliam que haverá uma melhora, considerando ainda que 26% dos entrevistados não estão otimistas. Entre as Empresas de Pequeno Porte (EPP), 61% esperam uma melhoria ou que suas vendas se manterão iguais ao ano passado, mas 32% acham que serão piores. …Leia na íntegra

Vitoria da Conquista e Cândido Sales recebem capacitações voltadas para vendas de fim de ano

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 01 nov 2018

Tags:, , , ,

Reprodução do site da CDL/Conquista

Inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no site da Loja Virtual do Sebrae

Com aproximação das festas de fim ano, ocorre o aumento do movimento nas lojas do comércio em todo o país. Pensando nisso, o Sebrae vai oferecer, gratuitamente, capacitações nas áreas de vendas e atendimento ao consumidor voltadas aos empresários do comércio dos municípios de Vitória da Conquista e Cândido Sales, Sudoeste baiano. As inscrições podem ser feitas na Loja Virtual do Sebrae.

A Oficina Pratique Atendimento acontece em Vitória da Conquista, no dia 31/10, às 18h, no auditório do Sebrae, na Rua Coronel Gugé, 221, Centro.

Já em Cândido Sales, será realizada a Palestra “Vendas para o Natal”, dia 21/11, às 19h30, na Câmara de Vereadores.

Outras informações podem ser obtidas no Sebrae em Vitória da Conquista, através do telefone (77) 3424-1600.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias Bahia

Sebrae realiza cursos sobre gestão de vendas e finanças em setembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 04 set 2018

Tags:, , ,


banner alfa park

da Redação
Fonte: Agência Sebrae de Notícias / CDL (Conteúdo)

Inscrições estão abertas e podem ser realizadas na Loja Virtual do Sebrae

O Sebrae em Vitória da Conquista vai promover duas capacitações do Programa NaMedida direcionadas para micro e pequenas empresas no mês de setembro. As inscrições dão direito a dois participantes por empresa.

O primeiro curso, com o tema Gestão Financeira, acontece do dia 10 a 14/09, e vai abordar temas como controle financeiro, fluxo de caixa, planejamento de gastos e investimento com mais segurança, aumentando a competitividade do negócio.

Já a solução Gestão Estratégica de Vendas acontece do dia 24 a 28/09, e tem o intuito de ajudar gestores e vendedores a aprimorar posturas e capacidade de negociação, a fim de aumentar a qualidade do relacionamento com os clientes, além de auxiliar os profissionais a vender com mais eficiência.

Inscrições

As capacitações acontecem sempre às 18h, no auditório do Sebrae, localizado na Rua Coronel Gugé, 221, Centro. Os cursos têm carga horária de 16 horas, divididos quatro encontros e mais duas horas em consultoria por cada empresa participante. As inscrições e maiores informações podem ser realizadas através a Loja Virtual ou pelo telefone (77) 3424-1600.

Dia dos Pais deve movimentar quase R$ 14 bilhões no varejo

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 10 ago 2018

Tags:, , ,

banner alfa park

da Redação
Fonte: CNDL/ CDL (Conteúdo)

Apesar de ainda estarem sofrendo os efeitos da lenta recuperação econômica e do desemprego, 61% dos brasileiros pretendem ir às compras nessa data

Embora os brasileiros ainda estejam sensíveis aos efeitos da lenta recuperação econômica e do desemprego, a maioria (61%) dos consumidores deve ir às compras neste Dia dos Pais – o dado é levemente superior aos 55% de entrevistados que realizaram compras na mesma data do ano passado. A conclusão é de um levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Ao todo, a expectativa é de que quase 93 milhões de pessoas façam alguma compra no período, o que deve movimentar uma cifra aproximada de R$ 13,9 bilhões nos setores do comércio e serviços.

Apenas 28% dos consumidores não devem presentear alguém na data, sendo que a principal justificativa é o falecimento do pai (70%). Comemorado tradicionalmente no segundo domingo de agosto, o Dia dos Pais é considerado por muitos o ‘patinho feio’ das datas comemorativas por não injetar cifras tão expressivas como Natal, Dia das Mães e Dia dos Namorados. Mesmo assim, a comemoração serve de termômetro para analisar o desempenho do varejo no segundo semestre, ainda permeado por incertezas no campo político e por uma recuperação econômica gradual. …Leia na íntegra

Quer vender no Instagram? Confira estas dicas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 27 jun 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Exame.com/CDL (Conteúdo)

nstagram desponta como plataforma de vendas e se transforma em alternativa para quem deseja ganhar dinheiro na internet

Embora clichê, a expressão “uma imagem vale mais que mil palavras” é perfeita para definir a força comercial do Instagram. Basta navegar alguns minutos na plataforma para perceber que ela se tornou um oásis para quem deseja fazer dinheiro na internet.

Nos últimos dois anos, marcas de variados tamanhos, lojas de diferentes tipos, e-commerces, profissionais autônomos e prestadores de serviços passaram a anunciar ali. E não é à toa. Todos os dias, 200 milhões de pessoas no mundo visitam perfis comerciais no Instagram — em abril, último dado disponível, foram realizadas 180 milhões de vendas no ambiente do aplicativo.

Ciente desse potencial, a empresa criou, no final do ano passado, o Instagram Shopping. O recurso, testado primeiro nos Estados Unidos e disponível há três meses no Brasil, promete melhorar o desempenho dos negócios ao descomplicar o processo e permitir que usuários comprem itens clicando diretamente na foto compartilhada. “Funciona como uma vitrine móvel. As pessoas podem acessar o produto da fila do banco, esperando a consulta médica ou apenas explorando o feed. É um espaço onde compra e venda acontecem a qualquer momento”, diz Melissa Amorim, líder de comunicação do Instagram na América Latina. …Leia na íntegra

Páscoa incrementa as vendas de 58% do setor de Confeitaria

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 26 mar 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Sebrae de Notícias/CDL (Conteúdo)

Pesquisa do Sebrae mapeou o perfil dos empresários de doces e mostra que 90% atuam em casa e 83% vendem por encomendas nas redes sociais

Os pequenos negócios do ramo de Confeitarias e Docerias identificam na Páscoa uma oportunidade de incremento no faturamento. Para 58% dos que atuam no setor, o período marcado pelos ovos de chocolate corresponde à uma das festividades que mais impulsionam o mercado. Foi o que constatou a pesquisa Pequenos Negócios de Confeitaria e Doceria, realizada pelo Sebrae com 3.843 empresários do setor.

“Apesar do apelo lúdico e infantil, a Páscoa não é direcionada apenas às crianças. Representa uma oportunidade para os empresários conquistarem e fidelizarem novos clientes, apresentando produtos inovadores e bom atendimento. O cliente satisfeito com a entrega certamente volta depois do feriado para fazer novas encomendas”, ressalta o especialista em empreendedorismo do Sebrae, Enio Pinto.

A pesquisa do Sebrae também apresentou o perfil dos empresários de Confeitarias e Docerias. Os empreendedores do setor trabalham em casa (90%) e têm até 4 anos de negócio (69%). De acordo com o estudo, 83% dos pequenos negócios de doces vendem sob encomenda, por meio de redes sociais, email e telefone.

O carro-chefe dos empresários do setor é o bolo artístico (43%), seguido dos doces (25%). Apesar da demanda crescente de clientes que buscam produtos de baixa caloria ou adaptados para dietas de diabéticos e celíacos, 79% dos empreendedores ainda não atuam com produtos sem açúcar, glúten ou lactose. “Identificamos um grande mercado a ser explorado pelos pequenos negócios. Quem conseguir desenvolver bolos, tortas e doces de qualidade para estes consumidores, certamente terá ganhos em competitividade”, pondera a analista de Indústria do Sebrae, Mayra Viana.

Seis dicas para boas vendas na Páscoa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 20 mar 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Sebrae de Notícias Bahia/CDL (Conteúdo)

Técnico do Sebrae Bahia aponta ações que ainda podem ser adotadas por pequenos negócios

Oportunidade para vender mais, a Páscoa está próxima, mas ainda dá tempo de alavancar os resultados. E não é só quem vende chocolates que pode garantir o saldo positivo. Segundo o técnico do Sebrae Bahia Diógenes Silva, outros segmentos devem ficar atentos à data, como quem se dedica à venda de produtos infantis, ao turismo e a outros alimentos, como os peixes, ligados à comemoração religiosa da Páscoa.

O especialista aponta questões que ainda podem ser ajustadas para garantir um resultado melhor na Páscoa para os pequenos negócios desses segmentos. Confira as dicas:

– Não deixe para a última hora. “Monte um planejamento, mesmo que seja simples”, aconselha Diógenes. Nele, não esqueça de destacar o que precisa providenciar para a data.

– Verifique produtos que podem ser customizados. “Não necessariamente é preciso comprar algo novo. Às vezes, o empresário pode buscar no mix dele o que pode ser adaptado para a data”, lembra o especialista. …Leia na íntegra

Sebrae orienta sobre como aumentar o faturamento no final de ano

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 03 dez 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Sebrae de Notícias / CDL (Conteúdo)

As dicas têm foco nas vendas pontuais e também abordam estratégias para fidelizar clientes que possam consumir ao longo de todo ano

Considerado o mais importante mês de vendas para o varejo baiano, dezembro deve registrar crescimento de 8% em comercializações, quando comparado com o mesmo mês de 2016, segundo expectativa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo da Bahia (Fecomercio-BA).

Para se destacar nesse período de final do ano e garantir bons resultados, os donos de pequenos negócios precisam ir além das promoções, como explicar o Analista da Unidade de Gestão do Portfólio, Diógenes Silva. “É importante entender o perfil do seu cliente, pois nem sempre o que ele deseja é o menor preço, principalmente no Natal, que atinge pessoas de diversas classes sociais e que querem presentear pessoas queridas”, completa. …Leia na íntegra

75% dos brasileiros devem ir às compras no Dia das Crianças; gasto médio será de R$ 194

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 10 out 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: CNDL – CDL (Conteúdo)

Data deve movimentar R$ 9,7 bilhões no comércio; 25% vão fazer compras mesmo com o nome sujo e 89% acreditam que a publicidade infantil exerce influência sobre as crianças na hora de pedir presentes

A expectativa de consumo para o Dia das Crianças deste ano reforça a tendência de uma recuperação lenta e gradual da economia brasileira. Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais aponta que 75% dos brasileiros devem ir às compras no Dia das Crianças de 2017, percentual que se mantém elevado em todos os estratos sociais e sobe para 89% entre entrevistados das classes A e B. No ano passado, 70% dos brasileiros haviam realizado alguma aquisição na data.

Se por um lado, a alta intenção de presentear anima o mercado varejista, por outro, a expectativa de gasto do consumidor deve ficar ligeiramente contida e a plena retomada ainda é precedida de ponderação. De acordo com o levantamento, quase um terço (32%) dos entrevistados que vão comprar presentes pretende gastar o mesmo valor que no ano passado e 27% têm a intenção de gastar menos. Uma proporção de apenas 17% afirma que vai gastar mais em 2017 do que em 2016. …Leia na íntegra

Na comparação com julho de 2016, as vendas do varejo tiveram alta de 3,1% em julho de 2017

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 14 set 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Época Negócios / CDL (Conteúdo)

As vendas do comércio varejista ficaram estáveis em julho ante junho, na série com ajuste sazonal, informou na manhã desta terça-feira, 12, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado veio em linha com a mediana das estimativas do mercado financeiro (zero), calculada com base no intervalo de previsões dos analistas ouvidos, que esperavam desde uma queda de 0,90% a alta de 0,60%.

Na comparação com julho de 2016, sem ajuste sazonal, as vendas do varejo tiveram alta de 3,1% em julho de 2017, também em linha com a mediana das estimativas. Nesse confronto, as projeções iam de uma expansão de 2,10% a 4,00%. As vendas do varejo restrito acumularam crescimento de 0,3% no ano e queda de 2,3% em 12 meses.

Fonte: Época Negócios 

Senac realiza Curso Excelência em Vendas

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 04 set 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: CDL/Conquista (Conteúdo)

Curso

Os desafios mercadológicos da atualidade exigem que as empresas busquem potencializar as estratégias de atuação com vistas a promoção da competitividade. Neste contexto, as ações comerciais destacam-se como princípios necessários frente à concorrência acirrada.

Com o objetivo de promover o desenvolvimento contínuo, o Senac oferece o curso de Excelência em Vendas, no qual os alunos poderão aperfeiçoar conhecimentos, habilidades e valores que priorizem o atendimento de vendas pautado pelo critério de excelência, otimizando assim os resultados através do planejamento comercial.

Temas a serem abordados:

  • O comportamento do profissional de vendas;
  • Negociação com base no perfil do cliente;
  • Tendências de consumo;
  • Planejamento de vendas;
  • Mix de marketing;
  • Princípios de análise do produto e do mercado;
  • Processo de vendas;
  • Técnicas de vendas;
  • Técnicas de persuasão e fechamento;
  • A comunicação e sua aplicação prática em uma negociação;

 

Vendas do varejo avançam pelo 3º mês seguido, aponta IBGE

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 21 ago 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Varejista.com.br (folhape.com.br) / CDL (Conteúdo)

O volume de vendas no comércio varejista brasileiro cresceu 1,2% na passagem de maio para junho. Já a receita nominal teve expansão de 0,8%. Nos dois indicadores, o setor apresentou a terceira alta consecutiva para o período. Os dados da Pesquisa Mensal do Comércio foram divulgados nesta terça (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As informações são da Agência Brasil.

Na comparação com junho de 2016, as vendas tiveram alta de 3% no volume e 2,4% na receita. No acumulado do ano, apesar de registrar queda de 0,1% no volume, houve alta de 1,9% na receita. No acumulado de 12 meses, o mesmo comportamento, queda de 3% no volume e alta de 3,2% na receita.

Na passagem de maio para junho, seis das oito atividades do comércio varejista tiveram alta no volume de vendas, com destaque para os setores de tecidos, vestuário e calçados (5,4%) e de livros, jornais, revistas e papelaria (4,5%).

Também anotaram alta os setores de combustíveis e lubrificantes (1,2%), móveis e eletrodomésticos (2,2%), artigos farmacêuticos, médicos e de perfumaria (1,5%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (2,7%).

Por outro lado, duas atividades tiveram queda no volume: equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-2,6%) e supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,4%).

Varejo Ampliado 

No chamado varejo ampliado, que considera oito atividades varejistas, além de veículos e peças e materiais de construção, o volume de vendas teve alta de 2,5% em junho, depois de uma queda de 0,2% em maio. Os veículos, motos e peças registraram alta de 3,8%, enquanto os materiais de construção cresceram 1%.
Na comparação com junho de 2016, o varejo ampliado teve alta de 4,4%. No acumulado do ano, a alta é de 0,3%. Já no acumulado de 12 meses, o volume de vendas acumula queda de 4,1%.