Mais quatro acusados no mensalão tem a prisão decretada

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia, Política | Data: 05 dez 2013

Tags:, , , , , , ,

por Paulo Anderson Rocha

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, expediu nesta quinta-feira (5) mais quatro mandados de prisão. A prisão foi decretada para os deputados Valdemar Costa Neto (PR-SP), Pedro Corrêa (PP-PE) e Bispo Rodrigues (ex-PL atual PR-RJ) e o ex-diretor do Banco Rural Vinícius Samarane.

As penas são de 7 anos e 10 meses para Costa Neto foi condenado a 7 anos e 10 meses; 7 anos e 2 meses para Pedro Corrêa; e 6 anos e 3 meses para o Bispo Rodrigues, todos eles condenados por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Já Samarane, condenado por gestão fraudulenta e lavagem de dinheiro, a pena é de 8 anos e 9 meses.

Logo que teve a prisão decretada, o deputado Valdemar Costa Neto renunciou ao mandato, evitando assim a cassação e a perda dos direitos que ela acarretaria.

Todos que tiveram a prisão decretada já se entregaram à Polícia Federal. Costa Neto e Bispo Rodrigues se entregaram diretamente no Complexo Penitenciário da Papuda. Correia se entregou na Superintendência da Polícia Federal e Samarane foi para a sede da Polícia, ambos em Brasília.

Mais três acusados no mensalão podem ter prisão decretada

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Polícia, Política | Data: 02 dez 2013

Tags:, , , ,

por Paulo Anderson Rocha

Nesta segunda-feira (2), o Supremo Tribunal Federal (STF) decretou trânsito em julgado no processo do mensalão para mais três condenados pelo mensalão: ex-deputados federais Pedro Corrêa (PP-PE) e Bispo Rodrigues (do extinto PL, atual PR) e para o ex-dirigente do Banco Rural Vinicius Samarane.

Com o trânsito em julgado não cabe mais apresentação de recursos e a pena dos três deve ser executada, cabendo agora ao presidente do STF poderá decretar as prisões dos condenados.

No caso de Correa, a pena é de 7 anos e 2 meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro; Samarane foi condenado a 8 anos e 9 meses por gestão fraudulenta e lavagem de dinheiro; já o Bispo Rodrigues deve cumprir pena de 6 anos e 3 meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro;

Na expectativa de que novas prisões fossem decretadas no fim de semana, Pedro Corrêa viajou de Recife (PE) para Brasília. De acordo com as informações da defesa, ele está na casa da deputada federal Aline Corrêa (PP), filha de Pedro, à espera da decisão do Supremo. A defesa informou ainda que ele pretende se entregar à Polícia Federal, caso o mandado de prisão seja expedido.

Com informações do G1.