Teatro de fantoche alerta crianças contra a violência sexual

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura, Educação, Geral, Vit. da Conquista | Data: 06 jun 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Da Redação

Fonte;Secom/PMVC

Alertar as crianças quanto à violência sexual e apresentar formas e locais para pedir ajuda, é algo desafiador para educadores e técnicos dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras). Por isso, o assunto foi abordado de maneira diferenciada, por meio do teatro de fantoches, durante a campanha municipal “Não Feche Os Olhos” de combate ao abuso e exploração sexual de crianças adolescentes.

Dentre as diversas atividades e propostas de alerta sobre o assunto, para a população a versão utilizada para falar com as crianças sobre esse tema tão importante foi Teatro de fantoche, explicando o que é abuso sexual de forma lúdica. Durante a apresentação a atenção das crianças fica toda voltada para a encenação dos bonecos que trazem em suas histórias situações que podem fazer parte do cotidiano das crianças.

No Cras Vila América o teatro fantoche foi encenado pelos adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) nas escolas e creches do território de abrangência do serviço. Já o Cras Nossa Senhora Aparecida contou com a parceria da Polícia Militar, por meio do Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência (Proerd), para levar para Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida o tema do abuso e exploração sexual com bonecos que ajudaram a explicar a diversas situações que podem ser consideradas abuso.

Prefeitura realiza ato pelo Dia Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 19 maio 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Secom (Conteúdo)

Todos juntos contra exploração sexual de crianças e adolescentes

Há 18 anos o Brasil realiza o Dia Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes em 18 de maio, um dia de luta que em Vitória da Conquista foi lembrado pela Prefeitura Municipal em ato na Praça Nove de Novembro.

O ato envolveu muitos parceiros na proteção às crianças e adolescentes, como a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Pastoral do Menor, Conselhos Tutelares, Serviço Social do Transporte/ Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat) e o Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente da Uesb.

Irma Lemos lembrou a importância da família na proteção de crianças e adolescentes

“Hoje é o dia D de uma campanha que iniciamos no dia 9 de maio com ações em todos os serviços da Secretaria de Desenvolvimento Social da sede e na zona rural. Precisamos abrir os olhos e dizer um basta para a violência sexual contra crianças e adolescentes. Aproveitamos este momento para fazer um apelo para as famílias ficarem atentas aos seus filhos, porque esta é uma violência que acontece em sua maioria nas residências”, ressaltou Irma Lemos, vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Social.

O 18 de maio foi instituído pela Lei 9.970 e traz como símbolo oficial uma flor que remete a  lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança. E é essa criança que deve ser protegida. Por isso, a Prefeitura convidou todos os parceiros e a sociedade para realizarem uma programação conjunta.

Um dos parceiros que estiveram presentes na praça foi o Sest/Senat, que também levou informações para a população que passou pelo estande da Prefeitura. “Nós fazemos essa campanha em todo Brasil, alertando os trabalhadores do transporte, alertando quanto à violência e à exploração sexual e também convocando-os para serem parceiros na denúncia deste tipo de crime”, esclareceu Petruska Ferraz, técnica do Sest/Senat.

A Pastoral do Menor também levou sua mensagem sobre contra a violência

A Pastoral do Menor levou seus educandos do programa Jovem Aprendiz para participarem da ação, alertando a população em um texto escrito pelos próprios educandos sobre a exploração sexual. “Esta é uma violência que só irá acabar quando toda sociedade disser um basta para isso. Nós não podemos fechar os olhos para este problema que nossas crianças e adolescentes passam. Hoje é dia D de conscientização, mas ela deve acontecer nos 365 dias” alertou Janilce Mota, coordenadora da Pastoral do Menor.

Wallas lembrou que o Conselho Tutelar é primeiro a receber a denúncia de exploração e abuso contra crianças e adolescentes

Durante o evento, a população teve acesso a vários números telefônicos para denunciar casos de exploração sexual. Como exemplo, o 191 da Polícia Rodoviária Federal e o 100 dos Direitos Humanos. Em Conquista, há também os números dos três Conselhos Tutelares: zona oeste, 3424-4735; zona leste, 3420-8956; e rural, 3420-8955.

Para o conselheiro tutelar Wallas Pinto, este é um momento de alertar a comunidade quanto a este grave problema. “O Conselho Tutelar é a porta de entrada, é quem faz os primeiros procedimentos de averiguar junto com a polícia a denúncia e dá seus encaminhamentos para rede de proteção. E hoje é o dia para falarmos mais uma vez para sociedade que o problema existe e deve ser combatido por todos”, alertou Wallas.

Campanha de prevenção e enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes é lançada em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 15 maio 2017

Tags:, ,

Da Redação
fotos: Rafael Gusmão


Na manhã desta segunda (15), a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, lançou, oficialmente, a  “Semana de Prevenção e Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes”. A ação, que tem como tema “Não Feche os Olhos”, mobilizar a comunidade, as instituições governamentais e não governamentais na perspectiva de assumirem o compromisso no enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes.

O lançamento da campanha aconteceu no auditório do Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente e contou com a participação de atores do Sistema de Garantia de Direitos Humanos da Criança e do Adolescente, Ministério Público, Defensoria Pública e Conselhos Tutelares, além de membros da administração municipal, como o prefeito Herzem Gusmão, a vice-prefeita e Secretaria de Desenvolvimento Social Irma Lemos e do diretor de Assistência Social Michael Farias.

Durante a Semana, que segue até o dia 19 de maio, serão realizadas ações de prevenção, formação continuado, no intuito de desenvolver uma cultura de respeito e proteção integral a esse público especial.

Semana de prevenção e enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes acontece em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 12 maio 2017

Tags:, ,

Da Redação

Na próxima semana, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, realiza a “Semana de Prevenção e Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes”. A atividade terá o tema “Não Feche os Olhos”, um pedido para toda sociedade proteger as crianças e adolescentes. A campanha marca o Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, comemorado no dia 18 de maio.

De acordo com as informações divulgadas, a campanha tem o objetivo de mobilizar a comunidade, as instituições governamentais e não governamentais na perspectiva de assumirem o compromisso no enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, participando das ações de prevenção, formação continuada e desenvolvimento de uma cultura de respeito e proteção integral a esse público especial.

O lançamento da campanha será realizado na próxima segunda-feira (15), às 8 horas, no auditório do Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente. A programação abrangerá um conjunto de ações, como panfletagem, pit stop, blitz educativa, entrevistas nos meios de comunicação e formação dos trabalhadores que atuam nos diversos órgãos e serviços que atendem crianças e adolescentes inseridas no contexto da violência sexual.

Uma mulher é violentada a cada 11 minutos no Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 27 maio 2016

Tags:, , ,

Estadão

650x375_estupro_1638846O estupro coletivo que aconteceu no Rio nesta semana é “o caso mais grave já ocorrido no Brasil”, afirmou Samira Bueno, cientista social e diretora executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), organização não governamental (ONG) que formula análises e pesquisa as estatísticas sobre a violência no País.

A especialista lembra que, até então, o episódio mais chocante havia sido o das quatro meninas do Piauí. No caso carioca, disse Samira, além da quantidade de agressores, choca o fato de nenhum dos envolvidos ter tentado impedir a violência e “ainda terem postado o vídeo nas redes, se orgulhando do que fizeram”.

“O que chama a atenção é a brutalidade em pensar que mais de 30 homens estupraram a adolescente e nenhum deles, em momento algum, tentou impedir”, disse ela, que ressalta ainda o aspecto cultural da violência. “O estupro está vinculado à cultura machista e misógina, que entende que os homens têm direito de ferir a mulher.”

As estatísticas das Secretarias de Segurança Pública de todo País, reunidas pelo FBSP, mostram que mulheres de diferentes classes e raças são violentadas, “embora as negras sejam as principais vítimas letais”, segundo a cientista social. A vítima do estupro coletivo não é negra.

Uma mulher é estuprada no Brasil a cada 11 minutos, segundo estatística recolhida pela FBSP. Como apenas de 30% a 35% dos casos são registrados, é possível que a relação seja “de um estupro a cada minuto”, de acordo com Samira. Ao todo, no Brasil, 47,6 mil mulheres foram estupradas em 2014, última estatística divulgada. No Estado do Rio, foram 5,7 mil casos.

Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), órgão vinculado à Secretaria de Segurança do Estado, revelam 507 queixas de estupro na cidade do Rio, neste ano. O número é 24% inferior ao de igual período (janeiro a maio) de 2015, quando houve 670 registros. Na região da 28.ª Delegacia de Polícia, que inclui a Praça Seca, onde aconteceu o estupro coletivo, foram registrados 20 casos em 2016.

UESB realiza curso sobre violência sexual contra crianças e adolescentes

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 26 maio 2016

Tags:, ,

Da Redação
Foto: Rafael Gusmão

DSC_0532
Nesta semana, a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) promoveu o curso de extensão “Aspectos jurídicos e psicossociais do enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes”. A atividade reuniu especialistas na área, estudantes e outras pessoas que têm algum envolvimento com o tema. O curso é mais uma ação de planejamento do Núcleo de Defesa da Criança do Adolescente (NDCA) da Uesb e contou com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social.

O evento aconteceu em um momento peculiar. “Maio é um mês que simboliza enfretamento à violência sexual contra criança e adolescente e o Núcleo, dentro do seu planejamento estratégico, tem como meta o enfrentamento às diversas formas de violência no município. Por essa razão, a gente percebeu a necessidade de realizarmos esse curso de extensão como forma de dar subsídios técnicos, teóricos, pra todos os agentes que atuam diretamente no enfretamento a essa forma de violência”, afirmou o advogado e gerente do NDCA, Michael Farias. Segundo o gerente, a iniciativa também dará elementos ao estudante da Universidade, no sentido de contribuir para o seu processo formativo.

De acordo com a coordenação do NDCA, a atividade também objetivou estreitar a relação com a Rede de Atenção e Defesa da Criança e do Adolescente do município. Além disso, ainda de acordo com Farias, trata-se de uma ação que reafirma o compromisso da Universidade com a política de direitos humanos, criando novas ferramentas a fim de colaborar com o enfretamento dessa realidade. “É uma maneira da Uesb dar sua colaboração para o redimensionamento da rede municipal de proteção à criança e ao adolescente e, ao mesmo tempo, de nós nos fortalecermos dentro de uma lógica de intersetorialidade”, ressaltou.

*Com informações da Ascom Uesb. 

UESB promove curso de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 17 maio 2016

Tags:, ,

Da Redação

NDCAA Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), por meio do Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente (NDCA), irá promover na próxima semana o curso de extensão “Aspectos jurídicos e psicossociais do enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes”. Realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Vitória da Conquista, a atividade busca fortalecer a política de Direitos Humanos na cidade.

Segundo os organizadores, o curso  tem como proposta proporcionar o acesso a instrumentais técnicos-jurídicos especializados, de modo a fomentar a construção de novas práticas sociais e o redimensionamento da Rede Municipal de Proteção à Criança e ao Adolescente. Nesse sentido, durante os dois dias do evento, serão abordados os aspectos jurídicos relevantes relacionados aos crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes, como também irá tratar sobre as nuances psicossociais relativos ao fenômeno da violência sexual.

A atividade, voltada para alunos, conselheiros tutelares, conselheiros municipais dos direitos da Criança e do Adolescente, policiais civis e militares e demais atores do sistema de garantia de direitos, será realizada no auditório do Módulo 4, campus de Vitória da Conquista, nos dias 23 e 24 de março. As inscrições para o curso já estão abertas e podem ser realizadas na sede do Núcleo, localizada na Rua 10 de Novembro, nº 163, Centro de Vitória da Conquista. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (77) 3421 0939.

Com informações da Ascom Uesb.

Número de estupros em Conquista reduziu mais da metade em 2015

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 25 abr 2016

Tags:, , , ,

Da Redação
imagem ilustrativa

estuproDe acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) da Bahia, o número de casos de estupros em Vitória da Conquista, no ano de 2015, diminui mais da metade. No ano passado, o número de casos da violência contra mulheres foi de 63, enquanto que em 2014, foram registrados 131 casos de estupro no município.

Ainda segundo os dados da Secretaria, com esses números, Vitória da Conquista caiu no triste ranking das cidades com as maiores quantidade de ocorrências de estupro. Em 2014, o município ocupava o 3º lugar. Já considerando o ano passado, a cidade assumiu a 5º colocação. O que representa uma taxa de 18,36 por 100 mil habitantes.

Os crimes de violência sexual fazem parte da realidade de quase todos os 417 municípios baianos. No ano passado, apenas 98 deles (23,5%) não tiveram nenhum caso levado às delegacias. Do outro lado, as regiões baianas com maior taxa de estupro são o Sul e Extremo-Sul.

Em números absolutos, metade dos dez municípios do interior com o maior volume de registros está nas duas regiões: Ilhéus, em 2º lugar, com 76 estupros; Porto Seguro, em 3º, com 67; Teixeira de Freitas, em 5º, com 53; Itabuna, em 8º lugar, com 43; e Eunápolis, em 10º, com 37 casos.

Entre os municípios que registraram as maiores taxas, três também estão no Sul e Extremo-Sul: Pau Brasil, em 4º lugar, com 64,19; Itanhém, em 7º, com 48,52; e Porto Seguro, em 9º, com 46,07. Já quem lidera esse ranking é cidade de Maetinga, com uma taxa de 154,6 (a 72,79 km de Vitória da Conquista).

 

Homem é preso acusado de violentar adolescente com deficiência mental

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 08 set 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais
imagem ilustrativa

denunciaUm homem foi preso em flagrante após ter supostamente violentado sexualmente um garoto de 14 anos com deficiência mental. Roberto Carlos Oliveira de Deus, de 31 anos, foi preso na manhã do último domingo (07) em sua casa, onde teria acontecido o crime.

Segundo informações da 78ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o adolescente estava com familiares em uma festa no bairro Santa Terezinha. Por volta das 3h, seus pais deram conta do desaparecimento. O adolescente foi encontrado na casa de Roberto, deitado na cama do acusado.

A polícia foi acionada e conduziu Roberto ao Disep. Ele teria alegado que o garoto pediu para dormir em sua companhia, pois ele não queria ficar na festa. Roberto foi encaminhado ao presídio Nilton Gonçalves, onde está à disposição da Justiça.

A vítima foi encaminhada para realizar exame de corpo de delito e teria afirmado aos policiais que o ato ocorreu.

Vitória da Conquista: Polícia Civil recebeu 89 denúncias de violência sexual contra crianças em 2013

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 26 abr 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

NwTz73BO delegado-adjunto da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), Luiz Henrique Machado de Paula, informou que, somente em 2013, foram registrados 89 casos de violência sexual contra crianças em Vitória da Conquista. “Mas sabemos que isto representa 10% do que realmente acontece no município”, garantiu.

Isto representa 80% dos casos de estupros registrados pela DEAM no último ano, quando 112 ocorrências foram comunicadas. “A maioria dos casos é de meninas, mas temos cerca de 30% de registros de meninos vítimas de violência sexual”, diz o delegado, responsável pelas investigações destes crimes na cidade.

Ele também ressalta a dificuldade em coibir este tipo de delito. “Como o agressor, na maioria das vezes, é um parente ou algum amigo que a família confia, então, não há ação policial que impeça isso”, conta.

Reunião define estratégias para combater à violência sexual contra crianças e adolescentes em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Justiça | Data: 25 abr 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_0745Em uma reunião na manhã desta sexta-feira (25), diversos órgãos ligados a proteção dos direitos da criança e adolescente no município de Vitória da Conquista definiram estratégias para combater a violência sexual contra crianças e adolescentes.

A reunião foi proposta pelo Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente (NDCA) da Uesb e contou com a presença de representantes do Ministério Público, Delegacia da Mulher (Deam), Conselhos Tutelares do município, Centro de Referência de Assistência Social (Cras), além do juiz da Vara da Infância e da Juventude, Dr. Juvino Brito.

Segundo o gerente do NDCA, Dr. Michael Farias, a reunião serviu para “criar pautas prioritárias que envolvem, dentre outra demandas, a criação da delegacia especializada e de um programa específico para as vítimas de violência sexual. Portanto o dia de hoje é simbólico, no sentido de criar uma articulação concreta, que traga resultados positivos para diminuir os índices deste tipo de crime”.

Núcleo da Uesb realiza reunião para definir estratégias no combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Justiça | Data: 23 abr 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

criancas-abuso-fisico-sexualNa próxima sexta-feira (25), o Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente (NDCA) da Uesb se reunirá com o Ministério Público, Delegacia da Mulher (Deam), Conselhos Tutelares do município, Centro de Referência de Assistência Social (Cras), além de juízes das Varas Criminais e da Vara da Infância e da Juventude, para discutir a violência sexual contra crianças e adolescentes de Vitória da Conquista.

O objetivo principal do encontro é definir melhores estratégias para atacar o problema e punir de forma mais eficaz os acusados de cometer tais atos contra crianças e adolescentes no município. O encontro acontece na próxima sexta-feira (25), às 8h30, na sede do NDCA, na Av. 10 de Novembro.

Homem é preso em Vitória da Conquista acusado de abuso sexual de adolescente

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Polícia, Sudoeste | Data: 21 abr 2013

Tags:, , ,

Da Redação

O crime aconteceu na zona rural de Vitória da Conquista. Acusado é vizinho da vítima, de 12 anos.

ADOLESCENTE-VEREDINHAUm homem foi preso na noite do último sábado (20) acusado de estuprar uma adolescente de 12 anos. O crime aconteceu no distrito de Veredinha, zona rural de Vitória da Conquista.

Segundo informações da polícia, o acusado é vizinho da vítima. A adolescente contou à polícia que vinha sendo abusada sexualmente pelo homem há algum tempo e que não denunciou a agressão por medo.

Kléber Brasileiro, de 22 anos, foi preso pela polícia militar de Veredinha e encaminhado ao Distrito Integrado de Segurança Pública, DISEP. O homem deve responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Foto: Site Conquista News