Azaléia deve demitir 2 mil funcionários, afirma site

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 19 abr 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

azaleia

O site itapetinguense Sudoeste Hoje afirmou, nesta terça-feira (19), que a indústria de calçados Vulcabras/Azaléia irá demitir mais dois mil funcionários da unidade no município de Itapetinga. A informação teria sido repassada pela direção da unidade aos supervisores de setores, durante reunião na última semana.

Entre 2011 e 2012, quando contava com 23 mil empregados, a Azaléia fechou 18 filiais em cidades da região, o que resultou na demissão de cerca de 17 mil empregados, devastando as economias das cidades de Itapetinga, Itororó, Itambé, Potiraguá, Itarantim, Maiquinique, Macarani, Firmino Alves, Ibicuí, Iguaí e Caatiba.

Mesmo com o reduzido quadro de funcionário a Azaléia continua sendo o maior empregador em Itapetinga, com cerca de 4.500 colaboradores.

Ex-funcionários da Vulcabrás/Azaléia receberão duas parcelas adicionais do seguro desemprego

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 23 jan 2013

Tags:, , ,

por Mateus Novais

azaléiaO Ministério do Trabalho e Emprego e o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovaram a ampliação, em mais duas parcelas, do seguro desemprego para trabalhadores demitidos da Vulcabras/Azaléia.

De acordo com estimativa feita pelo Sindicato dos Trabalhadores do setor calçadista de Itapetinga e região, pelo menos 80% dos 3.500 trabalhadores demitidos têm direito ao pagamento de cinco parcelas do seguro desemprego (aqueles com mais de dois anos de empresa).

Estima-se que, com o pagamento das duas parcelas adicionais, cerca de R$ 3,5 milhões de reais serão injetados na economia local.

Uma equipe formada por técnicos da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte foi deslocada de Salvador para dar suporte à realização do atendimento ao seguro-desemprego dos trabalhadores demitidos da empresa. As recepções estão sendo feitas, até as 17h, nas unidades do SineBahia, dos municípios de Itororó, Itambé e Itapetinga, e seguem até o dia 2 de março.