Tentativa de isolar líder do PMDB vai piorar, avalia deputado baiano

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Política | Data: 10 mar 2014

Tags:, ,

da Redação

LucioVieiraLima_09Repercute em toda imprensa nacional e estadual as declarações do deputado federal Lúcio Vieira Lima, vice-líder do PMDB na Câmara dos Deputados. Para o parlamentar baiano a tentativa do Governo Federal em isolar o líder da bancada, Eduardo Cunha (RJ), pode contribuir para piorar e aumentar a tensão entre o governo e os deputados. “O ambiente ficou mais carregado”, avaliou o parlamentar. Para o deputado, ao convidar o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para uma conversa e não estender o convite ao líder da bancada, a presidente Dilma Rousseff demonstra “desdém” pelos deputados do partido.

“Ela não está preocupada com os parlamentares, está preocupada com a cúpula (do PMDB) e com a (antecipação da) convenção”, disse Vieira Lima. A presidente se reuniu com  Michel Temer, o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), o presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), o líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), além do presidente da Câmara. “A bancada está muito estressada, muito chateada. Nós não sentimos representados por Michel, Renan e Raupp”, sentenciou Lima.

Nunca é demais lembrar que o deputado Lúcio Vieira Lima é irmão do candidato ao Governo da Bahia, Geddel Vieira Lima, que defende abertamente o rompimento do PMDB com o Governo Dilma Rousseff.

Os comentários estão encerrados.