Três em cada cem mortes no país podem ter influência do sedentarismo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 11 abr 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Da Redação

Fonte: B. Noticias

De acordo com os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é considerado o quarto maior fator de risco de mortes no mundo. E aqui no Brasil não tem sido diferente, o Ministério da Saúde apontou que três em cada 100 mortes registradas no ano de 2017 no Brasil, podem ter sido influenciadas pelo sedentarismo.

A prática de esportes, independente de serem de alto ou baixo impacto, é fundamental para o corpo e para a mente. Contribuem para a prevenção de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) ligadas ao excesso de peso, como a hipertensão e o diabetes,  as cardiovasculares e a alguns tipos de cânceres. Segundo o portal Uol, o exercício regular desencadeia uma série de efeitos benéficos ao corpo.

Especialistas afirmam que caminhada, lutas e outras modalidades esportivas melhoram o condicionamento físico, auxiliam o controle de peso, aliviam o estresse, melhoram a qualidade do sono, entre outros benefícios que podem ser observados.

Os comentários estão encerrados.