Um dos maiores baixistas brasileiros se apresenta em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura, Geral, Vit. da Conquista | Data: 30 set 2019

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

O contrabaixista baiano Filipe Moreno, revelação da música instrumental brasileira, se apresenta no Teatro Carlos Jehovah no dia 4 de outubro, sexta, às 20h. Filipe é um jovem músico baiano nascido em Salvador em 1992, de família macaubense e acolhido por Vitória da Conquista, cidade onde passou boa parte da sua formação.

O artista, atualmente radicado em São Paulo, tem se apresentado e gravado junto com nomes importantes da música instrumental brasileira, alguns de projeção internacional como Yamandu Costa, Nelson Farias ou Gilson Peranzzetta. Em junho deste ano, o músico fez uma apresentação solo na edição Rio de Janeiro do Festival de Jazz de Montreaux. Atualmente, ele é responsável por um leque que se abre para a música brasileira instrumental, pelo reconhecimento do seu trabalho, principalmente no exterior. Ele, que iniciou suas primeiras atividades ao piano aos 5 anos, de ouvido, recebeu influências e estímulos de uma família extremamente musical. Com forte identificação com a música brasileira, aos 13 anos ganha um baixo maciço do Pai, e este torna-se o seu instrumento de referência, o qual passa a tocar também de ouvido.

O músico diz que foi um presente de Deus, a sensibilidade auditiva e a musicalidade que desde novo era percebida pela família, que hoje lhe contam histórias dessa época. Trabalhando profissionalmente desde os 14 anos, muda-se para São Paulo aos 18, onde se inseriu no meio da música instrumental, sendo logo reconhecido como talento e acolhido por grandes músicos. Através deles, tem o seu trabalho já conhecido no exterior. Gravou também com Margareth Menezes, Leila Pinheiro, Armandinho Macêdo, Oswaldinho do Acordeom, entre outros. Ganhou notoriedade como contrabaixista solo, especialmente após uma entrevista à revista Bass Player. Foi também elogiado pelo lendário contrabaixista Leland Sklar, após a veiculação de um vídeo em suas redes sociais.

Atualmente, Filipe vive no Rio de Janeiro, onde desenvolve seu trabalho autoral solo e em parceria com o maestro Peranzzetta. Acaba de lançar seu segundo álbum, primeiro solo, com nove composições autorais, e vem tendo sua música avaliada como “rica, diversa, inovadora e preciosa”.

FILIPE MORENO é uma produção do COLETIVO MAMBEMBE. Os ingressos para a apresentação única, dia 4 de outubro, às 20h, custam R$ 20 a inteira. Venda antecipada pelo whatsapp 77 98826-0179, de Euri Meira.

Os comentários estão encerrados.