Vereador do PCdoB relata espera de mais de 1 ano por audiência com prefeito

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 04 jul 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

DSC_0578

O entrave entre o PCdoB e PT em Vitória da Conquista vai mais além do que a pretensão dos comunistas em disputar a Prefeitura Municipal. Isto é o que garante o vereador Nelson de Vivi. Para ele, uma prova do distanciamento dos antigos amigos é a falta de diálogo com o prefeito Guilherme Menezes.

“O prefeito municipal se predispõe pouco a dialogar com a base aliada, trazendo uma grande dificuldade para nós, com um mandato de vereador. E quando o governo se fecha ao diálogo com os aliados, cria-se uma relação muito desrespeitosa”, afirma o vereador. Como exemplo, ele cita o ‘gelo’ dado ao seu colega de partido e de Legislativo Municipal, o vereador Andreson Ribeiro. “O presidente do nosso partido, Andreson Ribeiro, tem um ano e dois meses com um ofício pedindo um diálogo, uma fala com o prefeito, e não foi atendido. Então, como podemos dizer que a relação estava a contento?”, questiona o vereador.

Após a decisão de romper com o partido do prefeito, o PCdoB pretende ir em busca do estreitamento com os partidos, principalmente os que apresentam restrições ao PT municipal, o que pode formar uma nova composição de oposição municipal. “Já temos um diálogo muito bom com o PSB, PV, PRB, PROS, e vamos afunilar ainda mais o diálogo com o PMDB, do deputado estadual Herzem Gusmão, porque nós não podemos mais aceitar esse tipo de política”, completa o parlamentar comunista.

Os comentários estão encerrados.