Vestibular Uesb 2016: entenda como funcionam as cotas e as convocações

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Educação, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 07 out 2015

Tags:, ,

Da Redação

Em 2008, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) definiu que 50% das vagas de cada curso de graduação da Uesb são destinadas ao sistema de cotas.

cotas e convocaçõesDepois de escolher a área que irá seguir e o curso que pretende fazer, no ato da inscrição do Vestibular, o candidato deve se atentar a algumas questões que podem influenciar no seu ingresso na Universidade. Uma delas se refere aos critérios do sistema de reserva de vagas e cotas adicionais.

Em 2008, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) definiu que 50% das vagas de cada curso de graduação da Uesb são destinadas ao sistema de cotas, que são essencialmente voltadas para estudantes que cursaram os Ensinos Fundamental, Médio, Supletivo ou modalidades equivalentes em escolas públicas. “Esses 50% que são direcionadas a optantes por cotas também estão divididas: são 70% das vagas para alunos que se autodeclararem negros e 30% para alunos de escola pública apenas”, explica Alana Muniz, coordenadora da Comissão do Vestibular (Copeve), da Universidade.

“E tem também as cotas adicionais, que para cada curso disponibilizamos uma vaga específica para indígena, quilombola e para pessoa com deficiência”, complementa Muniz. Assim, ao se inscrever, o candidato deve ficar atento a qual categoria se enquadra, uma vez que, para todas elas, será necessário apresentar documentação comprobatória no ato da matrícula, caso seja aprovado.

A escolha da categoria tem, ainda, relação direta com a classificação. O candidato inscrito no processo seletivo concorre unicamente de acordo com a opção assinalada durante a inscrição – optante por cotas sociais, cotas étnico-raciais, cotas adicionais ou não optantes, disputando o ingresso somente com os candidatos inscritos na mesma opção. Ou seja, a colocação que aparece no boletim de desempenho não se refere à classificação geral e sim à posição em que o candidato ficou classificado dentre aqueles que também optaram pela mesma categoria. “A divulgação do resultado do Vestibular obedece a ordem de classificação por cada categoria. Por isso, é importante que o candidato observe a quantidade de vagas distribuída para a opção de curso que ele escolheu ao se inscrever”, esclarece Cynthia Rodrigues, subgerente de matrícula.

Rodrigues ressalta ainda que na lista que é divulgada no resultado do Vestibular ou nas chamadas subsequentes não fica especificado a categoria escolhida pelo candidato aprovado. “A única informação que vai ter nas listas são os nomes dos convocados. As informações referentes à opção feita por eles é de acesso exclusivo da Instituição, portanto, não é divulgada”, revela.

No momento da inscrição, o candidato também deve optar por dois cursos. Na primeira opção, ele deve escolher a graduação em que irá concorrer diretamente. Já a segunda opção é uma outra oportunidade que o aluno tem para ingressar na Universidade. “A segunda opção funciona assim: inicialmente, nós chamamos todos os candidatos classificados na primeira opção do curso, à medida que vão surgindo as vagas, e se, ainda assim, sobrar vagas, começamos a chamar os primeiros classificados da segunda opção desse mesmo curso”, explica Alana Muniz.

Agora que você já conferiu todos esses detalhes, não deixe de fazer sua inscrição para o #VestibularUesb2016, que seguem até a próxima sexta, 9 de outubro. Outra informações podem ser conferidas em nossas mídias sociais oficiais: Facebook, Instagram e Twitter. Com informações Ascom/Uesb.

Os comentários estão encerrados.