Wagner propõe mutirão contra o tráfico de drogas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia, Política | Data: 02 fev 2010

Tags:, , , , ,

do Tribuna da Bahia

No programa de rádio Conversa com o Governador desta semana, o governador Jaques Wagner pediu um maior engajamento da sociedade no combate ao uso do crack e ao tráfico de drogas na Bahia. “É um mundo que eu só conheço duas portas de saída: ou a cadeia ou o cemitério”, disse ao enfatizar que a prevenção é fundamental para se evitar que a estatística de 8 homicídios em cada dez assassinatos de jovens continue sendo alimentada pelas drogas, ou por uso ou por tráfico. “É preciso um verdadeiro mutirão da sociedade, das famílias, dos professores, de padre, de pastor, de técnico de futebol, de regente das nossas filarmônicas e fanfarras no interior. Todo mundo num mutirão contra o uso de drogas”, completou.

Wagner também falou sobre a preparação para o Carnaval, principalmente no que diz respeito à proteção dos foliões, e fez um balanço das últimas ações que a Segurança Pública realizou com sucesso na última semana. O governador comentou ainda a realização do Fórum Social Mundial Temático, realizado em Salvador no último fim de semana.

De acordo com ele, as secretarias de Turismo, Segurança Pública e Saúde, que são as que mais diretamente têm interface com o Carnaval, já têm a tradição de fazer uma bela festa. E lembrou que na área de segurança, são 21 mil agentes nesse período, atuando em todo o Estado, que conta também com muitos equipamentos novos de comunicação.

A expectativa é de que a festa atraia cerca de dois milhões de turistas para o Estado. “Estamos aí com a Operação Verão em curso e eu tenho certeza que o Carnaval deste ano vai ser uma belíssima festa, onde nós vamos mostrar que o povo baiano é bom de serviço e bom de brincar”, pontuou.

Sobre a Operação Verão, o governador frisou que esta é a estação do ano em que o estado recebe o maior número de turistas. “A gente mobiliza na ordem de 10,2 mil homens especificamente na Operação Verão, evidentemente nos pontos mais turísticos da capital e do interior”, afirmou.

Os comentários estão encerrados.