Anvisa interrompe Brasil x Argentina por descumprimento de protocolo sanitário contra COVID-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 05 set 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) confirmou, neste domingo (5), que quatro jogadores da seleção de futebol da Argentina descumpriram a regra para entrada de viajantes em solo brasileiro, sem passar por quarentena dentro dos protocolos de controle da covid-19. Por isso, deverão ser retirados do jogo de hoje pelas Eliminatórias e poderão ser deportados.

Os atletas são Emiliano Martínez e Emiliano Buendia, ambos do Aston Villa, e Giovani Lo Celso e Cristian Romero, do Tottenham. Eles fazem parte da delegação que está em São Paulo para participar do jogo entre Brasil e Argentina, neste domingo (5), às 16h, válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

Os jogadores, segundo a Anvisa, declararam não ter passagem por nenhum dos 4 países com restrições nos últimos 14 dias. Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia estão entre os países nos quais viajantes estão impedidos de ingressar no Brasil sem a quarentena.

A entidade acionou a PF (Polícia Federal). “Diante da confirmação de que as informações prestadas pelos viajantes eram falsas, a Anvisa esclarece que já comunicou o fato à Polícia Federal, a fim de que as providências no âmbito da autoridade policial sejam adotadas imediatamente”, informou nota da Anvisa.

A agência avisou que há “risco sanitário grave” e, por isso, “orientou as autoridades em saúde locais a determinarem a imediata quarentena dos jogadores, que estão impedidos de participar de qualquer atividade e devem ser impedidos de permanecer em território brasileiro, nos termos do art. 11, da Lei Federal nº 6437/77”.

Os comentários estão encerrados.