Arbitragens: eternas reclamações dos times do interior no Campeonato Baiano

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Esportes | Data: 02 fev 2016

Tags:, , , ,

da Redação

PomboJá na primeira rodada do Campeonato Baiano o presidente da Juazeirense, o deputado estadual Roberto Carlos (PDT), ficou chateado com a arbitragem de Diego Pombo. No jogo em que o E.C Bahia venceu pelo placar de 3 a 2, foram registradas várias reclamações de presidente que pretende representar contra o árbitro da FBF. “Eu não gostei do jogo. Nosso time poderia produzir mais. Mas lamentavelmente o árbitro não esteve em um bom dia. Quero acreditar em uma tarde infeliz. Muita inversão de faltas. Tivemos sete cartões no primeiro tempo para o meu time. E aí ficou difícil do time jogar. No lance que ocasionou o pênalti para a minha equipe, um erro grosseiro. Era para ter expulsado Marcelo Lomba e não fez. No pênalti a favor do Bahia, ele expulsou o nosso zagueiro. Olhei três vezes as imagens na televisão e não foi pênalti. Perdemos um jogador aos 34 minutos do primeiro do tempo e aí ficou difícil. Lamentável a arbitragem dele”, sentenciou.

O parlamentar ainda lamentou em entrevista ao Bahia Notícias, ao afirmar que o gol legítimo marcado pelo seu time nos acréscimos da etapa final, foi anulado por Diego Pombo. “O terceiro gol foi legítimo, mas ele anulou. Um absurdo”, lamentou. O mesmo árbitro, segundo Roberto Carlos, prejudicou a Juazeirense no campeonato do ano passado.

As arbitragens sempre dão dor de cabeça ao presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, que tem sido rigoroso com os erros grosseiros. Os erros, quase sempre, beneficiam a dupla BA-VI e prejudicam os times do interior.

Os comentários estão encerrados.