Auxílio emergencial: mais de 1600 atendimentos já foram realizados na zona rural durante mutirão

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 07 maio 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Secom/PMVC

A equipe da Assistência Social, segue realizando o mutirão para cadastramento do auxílio emergencial de R$ 600,00 reais (seiscentos reais) do Governo Federal, voltado para trabalhadores informais que moram na zona rural e não possuem acesso à internet em suas residências.

A Semdes iniciou o mutirão no último dia 15 de abril, no distrito de Bate Pé. “Nossa primeira preocupação quando o governo liberou o auxílio, por meio de plataforma digital, foi com os moradores da zona rural que, em sua maioria, não possuem sinal de internet em suas casas. Por isso, reunimos nossa equipe, organizamos uma escala de visita, apresentamos a proposta ao prefeito Herzem Gusmão que imediatamente autorizou nossa ação”, informou o secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

A equipe formada por técnicos da Proteção Social Básica, Proteção Social Especial e Cadastro Único rodou mais de 985 km visitando 12 localidades: Bate Pé, Cercadinho, Inhobim, José Gonçalves, Cabeceira do Jiboia, Veredinha, São João da Vitória, São Sebastião, Iguá, Pradoso, Lagoa das Flores e Dantilândia, onde foram realizados mais de 1600 atendimentos.

Em cada localidade, além do atendimento para o auxílio emergencial, a equipe realizou atendimento do Cadastro Único para atualização cadastral e inclusão de novos. “Nosso objetivo com esta ação é oferecer mais proteção social para quem mais precisa. Por isso, já estamos organizando um novo mutirão que deve começar na próxima semana com foco nos povoados mais distantes da sede do distrito”, explicou Michael.

Os comentários estão encerrados.