Campanha eleitoral 2014 já é permitida em todo Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 07 jul 2014

Tags:, ,

da Redação

Máquinas

Em Vitória da Conquista a campanha de Rui Costa começou no ano passado

A campanha eleitoral de 2014 já está permitida desde ontem de maneira oficial em todo Brasil. Na verdade desde o ano passado que vários pré-candidatos à época  vêm fazendo abertamente as suas campanhas, inclusive utilizando a máquina pública. Em Vitória da Conquista, no dia 30 de setembro de 2013,  aconteceu na Av. Rosa Cruz,  no Centro de Convenções Divaldo Franco,  um ato de campanha antecipada valendo discursos dos pré-candidatos.

O candidato a governador Rui Costa (PT) continuou participando de várias entregas de máquinas do PAC 2 com a presença de prefeitos e pré-candidatos as eleições proporcionais em todo Estado da Bahia. A ministra Eliana Calmon (PSB), candidata ao Senado da República,  classificou a legislação eleitoral de de “caduca e farsante”, ressaltando que tem cumprindo à risca a Lei, mas observando que ela não vale para todos.

“A presidente da República está há mais de um ano fazendo propaganda. O governo do Estado está aí distribuindo trator, remédio, óculos, operação, tudo, levando os candidatos para o palaque, enquanto os outros candidato sequer poder dizer que são candidatos”, afirmou a ministra aposentada do Superior Tribunal de Justiça (STJ) durante entrevista ao programa do radialista Mário Kertéz, em Salvador.

De maneira oficial a propaganda foi iniciada neste domingo (6) como prevê o calendário eleitoral. Veja o que é permitido e o que é vedado na campanha eleitoral:

É vedado
Brindes: Nada que possa levar uma vantagem material para o eleitor pode ser distribuído na campanha
Showmícios: Cantores ou profissionais de entretenimento são vetados nos eventos
Propaganda paga: Qualquer tipo de propaganda paga é vetada na internet
Outdoor: Mesmo abaixo de 4m², é proibido
Rádio: Entrevistas recorrentes ou abuso de meios de comunicação
É permitido
Carros de som: Alto-falantes e amplificadores podem ser utilizados entre 08h e 22h, inclusive no comitê do candidato ou sede do partido
Comícios: Precisam ser informados a autoridade policial com, no mínimo, 24h de antecedência
Site: É permitida a propaganda no site do candidato
Jornal: É permitida a divulgação paga de até 10 anúncios por candidato
Cartazes: A propaganda visual permitida possui um limite de 4m²
Pinturas: Desde que não seja feita em ambientes públicos, como supermercados ou estabelecimentos comerciais, é liberada
Apoios: Celebridades podem gravar mensagens de apoio e sua veiculação não tem restrições
É possível denunciar?
Qualquer cidadão pode denunciar irregularidades. Basta registrar e enviar para o Ministério Público Eleitoral, pelo site www.preba.mpf.mp.br, ou pessoalmente.

Os comentários estão encerrados.