Receita Federal promove ação contra fraudes a CPFs

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 02 dez 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado.gif

Fonte: Brasil 61

A pandemia da Covid-19 mostrou a existência de milhões de brasileiros que não possuem nenhum documento e, por tal razão, são consideradas “invisíveis” aos olhos do poder público. Somado a isso a Receita Federal deu início a uma operação para verificar a existência de fraudes no Cadastro de Pessoas Físicas (CPFs). Mais de um milhão de cadastros serão analisados.

O objetivo da operação, segundo o órgão, é impedir que CPFs de pessoas que morreram sejam utilizados para o cometimento de fraudes e crimes tributários. O documento é imprescindível para o recebimento de benefícios sociais do governo, para votar, tirar passaporte, receber aposentadoria, entre outros serviços.

A suspensão do CPF ocorre quando há dados incompletos ou inconsistências no cadastro ou problemas com a Justiça Eleitoral. O cancelamento do documento pode ocorrer por conta de decisão judicial ou administrativa e quando é verificada a existência de mais de um documento com o mesmo número. Já quando o contribuinte deixa de entregar alguma declaração do Imposto de Renda, o CPF pode ficar pendente de regularização

Manchetes de jornais desta 4ª feira, 2 de dezembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 02 dez 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado.gif

– A Tarde: Vacinação no Brasil será realizada em quatro etapas

– Tribuna da Bahia: Pandemia recrudesceu é não é 2ª onda

– Correio (Bahia): Covid-19 volta a ganhar força e espaço na Bahia

– Correio Braziliense: Bares e restaurantes terão que fechar até três horas mais cedo aos fins de semana (digital)

– Estado de Minas: IPVA: pagamento começa em 18/01. Valor médio é de R$ 612,54

– O Estado de S. Paulo: Nova falha da Saúde expõe dados de mais de 200 milhões

– O Globo: Governo prevê vacinação de idosos com início em março

– Jornal do Comercio (Recife): Governo divulga fases da vacinação

A ‘bomba-relógio’ do transporte público que prefeitos eleitos terão em 2021

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 01 dez 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png
TOPO

Por BBC

Setor de ônibus urbanos será um desafio para os prefeitos eleitos logo no início de seus mandatos — Foto: Reuters

Setor de ônibus urbanos será um desafio para os prefeitos eleitos logo no início de seus mandatos — Foto: Reuters

O setor de ônibus urbanos será um desafio para os prefeitos eleitos logo no início de seus mandatos, em 2021.

Com prejuízos acumulados de R$ 7,18 bilhões até outubro e demanda ainda reduzida a patamar entre 40% e 60% da média histórica nas capitais e regiões metropolitanas — após chegar a 20% nas primeiras semanas da crise do coronavírus —, o setor deve buscar junto ao poder público o reequilíbrio de contratos na rodada de reajustes tarifários que tem início em janeiro.

O provável aumento de tarifas deve acontecer num momento em que os brasileiros estarão com o orçamento apertado pelo fim do auxílio emergencial, desemprego recorde e inflação em alta.

Em 2013, também primeiro ano de mandato de prefeitos, o reajuste de passagens de ônibus foi o estopim para a onda de protestos que combaliu a popularidade da classe política e criou o caldo de cultura para o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) dois anos depois.

Em 2021, o aumento de casos e de internações em meio à pandemia deve ser um entrave a mobilizações massivas como as de 2013, avalia analista políticos.

Mas, para o setor de ônibus e especialistas em transporte público, a pandemia agravou o quadro de desequilíbrio financeiro do setor e deveria ser usada como uma oportunidade para que o modelo de geração de receitas baseado principalmente no pagamento de tarifas pelos usuários seja rediscutido.

Perda histórica de passageiros

“O setor já vinha desequilibrado antes da pandemia, com uma queda acentuada do número de passageiros transportados nos últimos cinco anos, da ordem de 26%”, destaca Otávio Cunha, presidente-executivo da NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos).

Segundo o representante do setor, essa perda de usuários nos últimos anos se deveu a fatores como a forte alta da inflação durante o governo Dilma — com o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) superando os 10% em 2015 —, que resultou em reajustes tarifários elevados; o aumento acentuado do desemprego em meio à crise econômica iniciada em 2014; além da perda de velocidade dos ônibus devido ao aumento dos congestionamentos.

Um outro fator para a perda de passageiros foi o avanço do transporte por aplicativos.

“O transporte sob demanda começou a concorrer com o transporte público nas pequenas distâncias, exatamente nas áreas onde há grande concentração de demanda”, diz Cunha.

“Essas viagens curtas nas regiões centrais ajudavam a equilibrar a rede de transporte público, porque as linhas de grandes distâncias — aquelas vindas das periferias — normalmente são deficitárias, mas são socialmente necessárias.”

Outro fator para a perda de passageiros foi o avanço do transporte por aplicativos — Foto: Agência Brasil

Outro fator para a perda de passageiros foi o avanço do transporte por aplicativos — Foto: Agência Brasil

Pandemia

Em meio ao quadro de perda estrutural de passageiros e desequilíbrio financeiro do sistema, veio a pandemia. E, com ela, uma queda inicial em março de 80% das viagens realizadas, que vem se atenuando ao longo dos meses.


No entanto, entre setembro e outubro, a média de redução das viagens ainda estava entre 50% e 60% nas capitais e regiões metropolitanas, segundo dados da NTU. Ao mesmo tempo, o setor teve que manter a oferta de ônibus elevada, para garantir o cumprimento das exigências de distanciamento social impostas pelas normas sanitárias.

Neste cenário, até outubro, 13 operadoras de ônibus já interromperam atividades no país, seja através de suspensão temporária ou de encerramento permanente de operações. Em quatro casos, o poder público precisou assumir a operação dos serviços. E, apenas entre as empresas associadas à NTU, quase 6 mil postos de trabalho foram fechados.

Uma ajuda de R$ 4 bilhões prometida pelo governo ao setor em maio foi aprovada pelo Senado apenas em meados de novembro (PL 3.364/2020) e ainda aguarda sanção presidencial.

Segundo a NTU, a injeção de recursos será fundamental para as empresas pagarem o 13º dos funcionários este ano, do contrário, o pagamento poderá ser postergado para 2021, o que tem potencial para gerar paralisações de trabalhadores.

O setor não vê perspectivas de recuperar sua demanda histórica devido a diversos fatores: a exigência de menor lotação dos ônibus; a redução de circulação imposta pela pandemia; a perspectiva de uma atividade econômica deprimida ainda por um período longo; e a adoção do home office de maneira permanente por diversas empresas.

“Temos certeza absoluta de que isso não volta mais”, diz Cunha. “O setor de transporte público terá que conviver com uma demanda mais rarefeita.”

“Não existe país no mundo desenvolvido que é tão permissivo com o automóvel”, diz o especialista. “Como no passado se criou a tarifa única, em que os passageiros de linha curta acabam pagando pelos passageiros de linha longa, agora é preciso encontrar um novo equilíbrio para o financiamento do transporte público, chamando novos atores para a mesa, incluindo o automóvel nessa captação de receitas extra tarifárias.”

Bomba-relógio para 2021

Rafael Cortez, cientista político da Tendências Consultoria, avalia, no entanto, que o ambiente político é desfavorável para as mudanças regulatórias sugeridas pelos especialistas. “Essa não é uma agenda prioritária para o governo em 2021, cuja pauta deve ser dominada pelas questões fiscais”, diz o analista.

Assim, a bomba deve mesmo cair no colo dos prefeitos eleitos. Mas Cortez não acredita que uma possível onda de reajustes tarifários resulte em protestos massivos como os de 2013.

“Ainda que exista um descontentamento forte, as restrições impostas pela pandemia devem evitar mobilizações mais significativas, especialmente se seguirmos na tendência atual de aumento de casos e internações”, afirma, lembrando ainda que, em 2013, os protestos foram inflados pelo descontentamento com os gastos públicos para a realização da Copa do Mundo no Brasil e pelo início de uma rejeição ao governo petista.

Em São Paulo, berço dos protestos naquele ano, o prefeito reeleito Bruno Covas (PSDB) disse em entrevista no programa Roda Viva (em 23/11) que não deverá ser necessário um reajuste das tarifas de ônibus no município em 2021, devido à inflação baixa — até outubro, o IPCA acumulava alta de 3,92% em 12 meses e a expectativa do mercado é de que o indicador encerre o ano com avanço de 3,54%, segundo a mediana do boletim Focus, do Banco Central.

Os subsídios ao setor esse ano devem, no entanto, chegar a R$ 3,1 bilhões, superando em R$ 850 milhões o orçamento previsto, conforme nota técnica do Tribunal de Contas do Município de São Paulo.

Segundo Fabio Romão, analista de inflação da LCA Consultores, cada 10 centavos de aumento nas tarifas de ônibus de São Paulo gera um incremento de 0,015 ponto percentual no IPCA, índice oficial de inflação do país. Quanto ao Rio de Janeiro, o acréscimo é de 0,006 ponto.

Para 2021, Romão espera uma alta de 3,6% do IPCA, considerando como hipótese aumentos nos ônibus urbanos de São Paulo (+4,7%) e do Rio de Janeiro (+6,2%).

Outras casas de análise já veem a inflação até mais alta no ano que vem. A MB Associados, por exemplo, projeta avanço de 3,8% do IPCA em 2021, enquanto o Credit Suisse já fala em uma inflação em alta de 4% no próximo ano, acima da meta de 3,75% estabelecida pelo CMN (Conselho Monetário Nacional).

Eleitor tem 60 dias para justificar ausência em votação

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Polícia | Data: 01 dez 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado.gif

Fonte

O eleitor que não compareceu às eleições realizadas no último domingo (29) tem até 60 dias para justificar a ausência na Justiça Eleitoral. A justificativa deverá conter a documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito.

A requisição pode ser feita por meio do aplicativo de celular e-Título, pelo Sistema Justifica ou por meio do comparecimento a um cartório eleitoral para a entrega do Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), que pode ser preenchido aqui . O requerimento pode ser enviado pelos correios ao juiz da zona eleitoral na qual o eleitor for inscrito, acompanhado da documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito. Veja a relação das zonas eleitorais.

O eleitor que deixou de votar e não justificou a ausência no dia da eleição poderá apresentar justificativa até 14 de janeiro de 2021 (ausência no primeiro turno) e até 28 de janeiro de 2021 (ausência no segundo turno).

O acolhimento ou não da justificativa apresentada ficará a critério do juiz da zona eleitoral em que o eleitor for inscrito. Enquanto não regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral, o eleitor não poderá, entre outras coisas, obter passaporte ou carteira de identidade e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial.

Mais 600 mil eleitores utilizam o e-Título para justificar ausência no segundo turno

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 30 nov 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: Brasil 61

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) comunicou que 604.098 eleitores justificaram a ausência no segundo turno das eleições por meio do aplicativo e-Título até as 14h45 deste domingo (29). O TSE informou que a ferramenta até o momento da atualização não apresentou instabilidades. Caso os eleitores tenham dificuldades para utilizar o aplicativo, o tribunal recomenda que a ferramenta seja atualizada.

Nos dias de votação, a justificativa de não comparecimento às seções eleitorais só é feita com o aplicativo ou de forma presencial em qualquer seção eleitoral. O e-Título funciona por meio de GPS e pode ser usado até mesmo por eleitores que estão no exterior. 

Eleitores devem estar atentos às proibições no dia do segundo turno das eleições

Centralização de votos no TSE não fragiliza segurança da votação, dizem especialistas

Quem faltar no dia das eleições têm até 60 dias para justificar a ausência com a utilização do aplicativo, pelo site do TSE ou de forma presencial nos cartórios. 
 

Confira os 57 prefeitos eleitos no 2º turno das eleições municipais

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política, Vit. da Conquista | Data: 30 nov 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-black-friday-e2.gif

 Eleitores de 57 cidades foram às urnas neste domingo (29), para a votação no segundo turno das eleições municipais. O segundo turno ocorreu apenas em cidades com mais de 200 mil eleitores.

Entre as cidades com segundo turno está Vitória da Conquista, que reelegeu o atual prefeito Herzem Gusmão (MDB) com 54% dos votos válidos.

Confira a lista dos 57 prefeitos eleitos no 2º turno das eleições municipais em todo o Brasil:

…Leia na íntegra

Manchetes de jornais desta 2ª feira, 30 de novembro

0

Publicado por Rafael Gusmão | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 30 nov 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

– A Tarde: Colbert e Herzem são reeleitos em Feira e Vitória da Conquista

– Tribuna da Bahia: Colbert vence em Feira, Herzem em Conquista

– Correio (Bahia): Não foi a vez dos Zés

– Correio Braziliense: PT some das capitais, centro vence e abstenção dispara

– Estado de Minas: PBH fecha o cerco ao desrespeito em bares

– O Estado de S. Paulo: ‘Restam poucos dias para o negacionismo”

– O Globo: Paes e Covas vencem, celebram a política e refutam radicalismo

– Jornal do Comercio (Recife): João prefeito

Começa o segundo turno das eleições: o que você precisa saber para votar

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Brasil, Política, Vit. da Conquista | Data: 29 nov 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-black-friday-e2.gif

O segundo turno das eleições municipais de 2020 começou às 7h deste domingo (29). Até as 17h, são esperados 38,2 milhões de eleitores que devem escolher o prefeito das 57 cidades com mais de 200 mil eleitores em que haverá a segunda rodada da votação. Neste ano, em razão da pandemia de covid-19, os eleitores devem votar de máscara e levar sua própria caneta. As primeiras três horas de votação, das 7h às 10h, são dedicadas preferencialmente às pessoas com mais de 60 anos pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Nesta rodada, o local de votação é o mesmo do dia 15 de novembro. Quem não votou no primeiro turno pode se informar sobre onde deve votar no site do TSE, no aplicativo do tribunal (não será possível baixar o app hoje) e pelo telefone 148.

Haverá segundo turno em 57 cidades, distribuídas por 22 estados do país. Ao todo, 38.284.210 eleitores estão aptos a votar, segundo o TSE. No primeiro dia de votação, No primeiro turno das eleições, o país registrou recorde de abstenção, de 23,1 % —o maior percentual em 20 anos.

…Leia na íntegra

Agências da Caixa abrem neste sábado

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 28 nov 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-black-friday-e2.gif

Neste sábado (28), cerca de 51 agências da Caixa Econômica Federal vão funcionar em várias cidades da Bahia. O atendimento vai ser das 8h às 12h, exclusivamente para beneficiários do auxílio emergencial do governo e quem têm direito ao saque do FGTS emergencial.

A Caixa ressalta que não é necessário chegar antes do horário de abertura pois todos que forem até os bancos serão atendidos. Também reforça que é possível transferir os valores, via aplicativo CAIXA Tem, para outra conta, da CAIXA ou de outras instituições financeiras.

Em todo o Brasil, 60 milhões de trabalhadores já têm acesso ao valor global de até R$ 37,8 bilhões do Saque Emergencial do FGTS.

Manchetes de jornais deste sábado, 28 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 28 nov 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

– A Tarde: Anuncio oficial suspende Carnaval e festa de largo

– Tribuna da Bahia: Carnaval só depois da vacina

– Correio (Bahia): Carnaval 2021 é suspenso em Salvador: festa só ocorrerá com vacina para todos

– Correio Braziliense: Guerra às milícias digitais na véspera das eleições

– Estado de Minas: PBH tem avaliação melhor que Estado e União na pandemia

– O Estado de S. Paulo: Hacker tira do ar o maior Tribunal de 2ª Instância do País

– O Globo: Covid cresce entre jovens de 20 a 29 anos no Rio

– Jornal do Comercio (Recife): Candidatos elevam o tom no último debate

Quem não votou no primeiro turno poderá votar no segundo, afirma TSE

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 27 nov 2020

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: Brasil 61

Após o primeiro turno das eleições que registrou abstenção de 34,2 milhões de eleitores, uma das questões mais procuradas no Google mostra que essa porcentagem talvez possa ser diferente na segunda etapa da corrida ao pleito. Segundo o Google Trends a pergunta mais feita durante esse período das eleições foi: “quem não votou no primeiro turno pode votar no segundo?”. A resposta, de acordo de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é, sim. 

Cada turno é tratado como uma eleição independente pela Justiça Eleitoral, portanto quem não votou no dia 15 de novembro, mesmo que ainda não tenha justificado a ausência ao órgão, poderá votar no próximo dia 29. Apenas cidadãos com o título cancelado por alguma irregularidade eleitoral, como por exemplo, não votar, nem justificar a ausência por três turnos seguidos, terão o documento cancelado.

O índice de abstenção no pleito municipal é o maior desde 1996, ano em que as urnas eletrônicas começaram a ser utilizadas. Ainda assim, durante pronunciamento feito após o balaço, para o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, a desistência da votação foi pequena. 

Manchetes de jornais desta 6ª feira, 27 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 27 nov 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-black-friday-e2.gif

– A Tarde: Salvador tem sinal de alta de Síndrome Respiratória Grave

– Tribuna da Bahia: Desespero e lágrima na hora do adeus

– Correio (Bahia): Mulheres vão viver 10 anos a mais que os homens

– Correio Braziliense: Mercado de imóveis dribla a pandemia e cresce no DF

– Estado de Minas: BH: alerta nos hospitais

– O Estado de S. Paulo: Estado de SP estuda restringir lazer por causa da pandemia

– O Globo: Após erro em teste, vacina comprada pelo Brasil é questionada

– Jornal do Comercio (Recife): No Datafolha, Marília tem 43% e João 40%

Manchetes de jornais desta 5ª feira, 26 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 26 nov 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-black-friday-e2.gif

– A Tarde: Morre o gênio do futebol Diego Maradona

– Tribuna da Bahia: 41 mortos em acidente na estrada

– Correio (Bahia): Deuses nunca morrem

– Correio Braziliense: Assassinas de Rhuan pegam juntas, 129 anos de cadeia

– Estado de Minas: O futebol perde o mais passional dos gênios

– O Estado de S. Paulo: Covas mantém vantagem sobre Boulos a quatro dias do 2ºturno

– O Globo: O mais humano dos deuses

– Jornal do Comercio (Recife): Empate técnico sinaliza emoção na reta final

Manchetes de jornais desta 4ª feira, 25 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Geral | Data: 25 nov 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

– A Tarde: Taxa de ocupação de leitos de UTI volta a crescer na Bahia

– Tribuna da Bahia: Alerta: taxa de transmissão da Covid no país é a maior desde maio

– Correio (Bahia): Covid avança no interior e põe UTIs à beira do colapso

– Correio Braziliense: Caixa pretende lançar microcrédito em março

– Estado de Minas: Gargalo em ruas de BH acende sinal amarelo

– O Estado de S. Paulo: Só 5% de filhos de pais sem instrução acabam ensino superior no País

– O Globo: Plano de vacinação deve ficar pronto na próxima semana

– Jornal do Comercio (Recife): Debate com propostas, muitas farpas e ataques

Manchetes de jornais desta 3ª feira, 24 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 24 nov 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-black-friday-e2.gif

– A Tarde: Vacinação deve começar no País em janeiro de 2021

– Tribuna da Bahia: Dois em cada três baianos com coronavírus tem até 50 anos

– Correio (Bahia): Covid avança no interior e põe UTIs à beira do colapso

– Correio Braziliense: Vacinas avançam e imunização deve começar em março

– Estado de Minas: Minas pode distribuir a vacina em janeiro

– O Estado de S. Paulo: Vacina de Oxford é 90% eficaz; País pode imunizar 130 milhões

– O Globo: Vacina de Oxford é eficaz e pode chegar ao país em janeiro

– Jornal do Comercio (Recife): Debate decisivo na TV Jornal

Manchetes de jornais desta 2ª feira, 23 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 23 nov 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-black-friday-e2.gif

– A Tarde: Transmissão de Covid oscila e acende alerta

– Tribuna da Bahia: Saúde amplia leitos de UTI, situação se agrava e medidas restritivas podem ser retomadas

– Correio (Bahia): Setor de delivery enfrenta falta de embalagens no mercado baiano

– Correio Braziliense: Fraudes bilionárias no setor de combustíveis

– Estado de Minas: Black Friday e Natal são apostas para salvar 2020

– O Estado de S. Paulo: Puxada por demanda e câmbio, renda no campo cresce 37%

– O Globo: Inadimplência de empresas cai pela metade

– Jornal do Comercio (Recife): Marília e João na semana do tudo ou nada

Conquista vence o Frei Paulistano e se classifica para a próxima fase da Série D

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Brasil, Esportes, Vit. da Conquista | Data: 22 nov 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

O Vitória da Conquista recebeu o Frei Paulistano (SE) na tarde deste domingo, no Estádio Municipal Lomanto Junior, e fez o dever de casa vencendo pelo placar de 3X0, com gols de Natan, Éder e Roni.

Com esse resultado é a primeira vez que o bode se classifica para a segunda fase do Brasileiro da Série D. Na próxima sexta-feira o ECPP ainda tem mais uma partida contra o Coruripe.

Primeiro lote de vacina contra a Covid-19 já chegou ao Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 21 nov 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

Fonte: Brasil 61

Uma remessa com 120 mil doses da Coronavac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, chegou ao Brasil nesta última quinta-feira (19).  A carga desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos. 
 
Este foi o primeiro lote de vacinas a chegar no País. O governo de São Paulo acertou a compra de 46 milhões de doses, que deve chegar nos próximos 40 dias, sendo seis milhões prontas para aplicação e 40 milhões em forma de insumos para formulação e envase pelo próprio Butantan. 

A disponibilização do imunizante para a população só vai ocorrer após o fim da última fase de testes, ainda em curso no Brasil, e aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Na última terça-feira (17), a revista científica Lancet publicou os resultados dos estudos clínicos da Coronavac. Segundo a publicação, a vacina é segura e produz resposta imune em 97% dos casos.

Manchetes de jornais deste sábado, 21 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 21 nov 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

– A Tarde: Dia de luta e luto

– Tribuna da Bahia: João Alberto, 40 anos, espancado até a morte no Carrefour de Porto Alegre. Seu crime? Ser negro

– Correio (Bahia): O poder do Afro Fashion Day

– Correio Braziliense: A morte da Consciência

– Estado de Minas: Assassinato no Carrefour. “Continuaram até ele parar de respirar”

– O Estado de S. Paulo: Assassinato de homem negro provoca protestos pelo País

– O Globo: Barbárie no mercado

– Jornal do Comercio (Recife): Campanha em alta temperatura

Manchetes de jornais desta 6ª feira, 20 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 20 nov 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

– A Tarde: Número de eleitos declarados negros cresce 28% na Bahia

– Tribuna da Bahia: Ibama cancela multa e libera obras de resort

– Correio (Bahia): Mortes voltam a crescer, e estados temem 2ª onda

– Correio Braziliense: As muitas faces do Big Brother Brasília

– Estado de Minas: Escalada da Covid-19 em CTIs preocupa médicos

– O Estado de S. Paulo: Hacker português e suspeito de atacar TSE; elo radical é apurado

– O Globo: Brasil só testou contra a Covid 20% da meta

– Jornal do Comercio (Recife): Em debate quente, Marília e João dão o tom do 2º turno