Prazo para saque imediato de até R$ 998 do FGTS termina nesta terça

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 30 mar 2020

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Termina nesta terça-feira (31) o prazo para o trabalhador que não fez o saque imediato de até R$ 998 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) tem até amanhã (31) para retirar o dinheiro. Na quarta-feira (1º), todo o dinheiro não sacado retornará à conta original.

Desde setembro do ano passado, a Caixa Econômica Federal está distribuindo dinheiro de contas ativas ou inativas do FGTS. Os recursos foram liberados de forma escalonada até dezembro, num cronograma baseado no mês de nascimento do trabalhador. Ao todo, foram distribuídos cerca de R$ 40 bilhões, que serviram para estimular a economia no fim do ano passado.

O valor usado como referência para o saque imediato é o saldo de cada conta – ativa ou inativa – em 24 de julho do ano passado. Os trabalhadores com saldo acima de R$ 998 nessa data só podem sacar até R$ 500 por conta de FGTS. Quem tinha contas com até R$ 998 – montante equivalente ao salário mínimo no ano passado – pode sacar até esse valor.

A retirada também pode ser feita por quem tinha sacado os R$ 500 da conta no ano passado e não retirou a diferença entre R$ 500 e R$ 998 em dezembro. Inicialmente, o governo permitiria apenas a retirada de até R$ 500 por conta, mas o Congresso Nacional ampliou o saque para R$ 998 para contas com saldo igual ou inferior ao salário mínimo.

…Leia na íntegra

Manchetes de jornais desta 2ª feira, 30 de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 30 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif


– A Tarde: Salvador registra primeira morte por coronavírus

– Tribuna da Bahia: Bahia registra primeira morte por Covid-19

– Correio (Bahia): Bahia tem primeira morte por Covid-19

– Correio Braziliense: Passeio de Bolsonaro por Brasília provoca assombro global (digital)

– Estado de Minas: Médico confirma morte de idosa com Covid-19 em MG (digital)

– O Estado de S. Paulo: Metade das empresas na Bolsa tem caixa para até 3 meses

– O Globo: Bolsonaro contraria Mandetta, ignora isolamento e vai às ruas

– Jornal do Comercio (Recife): Coronavírus: “Foi um dos piores dias da minha vida”

Manchetes de jornais deste domingo, 29 de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 29 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif


– A Tarde: Salvador cidade vencedora

– Tribuna da Bahia: (não circula)

– Correio (Bahia): Sobe para 127 número de pacientes com a Covid-19 na Bahia (digital)

– Correio Braziliense: As apostas da ciência para deter o coronavírus

– Estado de Minas: Minas tem 205 infectados e casos suspeitos passam de 22 mil; BH tem 129 casos confirmados (digital)

– O Estado de S. Paulo: Setores essenciais aceleram contratações durante a crise

– O Globo: Plano do Ministério da Saúde prevê escolas fechadas e proibição de eventos

– Jornal do Comercio (Recife): Solidariedade

Manchetes de jornais deste sábado, 29 de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 28 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif


– A Tarde: Bahia tem 123 caos de Covid-19; seis pacientes estão hospitalizados (digital)

– Tribuna da Bahia: Governo vai financiar salário do trabalhador

– Correio (Bahia): Isso passará, Salvador passarinho

– Correio Braziliense: “Ninguém se salva sozinho”

– Estado de Minas: Itália tem quase mil mortes em 24 horas

– O Estado de S. Paulo: ‘Infelizmente, algumas mortes terão. Paciência”, diz Bolsonaro

– O Globo: Governo financia R$ 40 bilhões para folha de pequenas e médias empresas

– Jornal do Comercio (Recife): Para manter empregos

Campanha anti-isolamento: “Brasil não pode parar” é lançada pelo Governo Federal

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 27 mar 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte:C.Politica

Foi lançada nesta quinta-feira (26), pelo Governo Federal a campanha “O Brasil não pode parar”, que defende a flexibilização do isolamento social- que faz parte das ações de combate ao novo coronavírus – e retomada econômica. Vídeos institucionais devem começar a ser veiculados.

Na rede social do Instagram, uma publicação feita no perfil do governo federal diz que “no mundo todo, são raros os casos de vítimas fatais do coronavírus entre jovens e adultos”.

“A quase totalidade dos óbitos se deu com idosos. Portanto, é preciso proteger estas pessoas e todos os integrantes dos grupos de risco, com todo cuidado, carinho e respeito. Para estes, o isolamento. Para todos os demais, distanciamento, atenção redobrada e muita responsabilidade. Vamos, com cuidado e consciência, voltar à normalidade”, diz o texto.

Na última terça-feira (24), o presidente dividiu opiniões após fazer pronunciamento em rede nacional sobre a situação do novo coronavírus no país.

Caixa reduz juros e anuncia R$ 33 bi em estímulos para economia

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 27 mar 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

A Caixa Econômica Federal anunciou novas medidas para estimular a economia durante a pandemia do novo coronavírus. Entre elas esta o reforço de R$ 33 bilhões, nas linhas de crédito para enfrentar a crise. O dinheiro se somará aos R$ 78 bilhões anunciados na semana passada, o que totalizará R$ 111 bilhões em recursos injetados.

Os R$ 33 bilhões adicionais serão destinados a linhas de capital de giro para empresas, que ganharam reforço de R$ 20 bilhões; para a compra de carteiras (R$ 10 bilhões); para o crédito a Santas Casas (R$ 2 bilhões) e para o crédito agrícola (R$ 1 bilhão).

A Caixa também cortou as taxas de juros do cheque especial para pessoa física, do parcelamento da fatura do cartão de crédito, de capital de giro, de empréstimos para hospitais, para o Crédito Direto ao Consumidor (CDC) e para o penhor. Os juros reduzidos entrarão em vigor em 1º de abril para o cheque especial e o cartão de crédito. Para os demais produtos, as taxas já estão em vigor.

Os juros do cheque especial passaram de 4,95% para 2,90% ao mês. As taxas do parcelamento da fatura do cartão caíram de 7,7% ao mês (em média) para juros a partir de 2,90% ao mês. Para o capital de giro, as taxas máximas passaram de 2,76% para 1,51% ao mês. As taxas do CDC caíram de 2,29% para 2,17% ao mês. Os juros do penhor foram cortados de 2,1% para 1,99% ao mês. Nas linhas de crédito para hospitais, as taxas passaram de 0,96% para 0,8% ao mês.

O período em que o cliente pode ficar sem pagar as parcelas passou de 60 para 90 dias. A medida abrange o crédito a pessoas físicas, a pessoas jurídicas, a hospitais e o crédito habitacional para pessoas físicas e empresas.

Manchetes de jornais desta 6ª feira, 27 de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 27 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif


– A Tarde: Bairros mantêm rotina após caos de Covid-19

– Tribuna da Bahia: Pandemia cresce velozmente

– Correio (Bahia): Onde o vírus é mais presente em Salvador

– Correio Braziliense: Deputados aprovam auxílio mensal de R$ 600 para os trabalhadores informais (digital)

– Estado de Minas: Eles saem para trabalhar…

– O Estado de S. Paulo: Quais os caminhos para amenizar a crise? Economista sugerem caminhos para o governo (digital)

– O Globo: Câmara aprova ajuda de R$ 600 para 24 milhões de trabalhadores informais

– Jornal do Comercio (Recife): Foco nos vulneráveis

Número de mortes pelo novo Coronavírus sobe para 57 no país

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Morte, Saúde | Data: 26 mar 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde divulgada nesta quarta-feira (25), o número de mortes decorrentes do novo coronavírus (covid-19) chegou a 57. Pela primeira vez desde o início da pandemia, foram registradas mortes fora dos epicentros do surto no país, São Paulo e Rio de Janeiro. Falecimentos em razão da covid-19 ocorreram em Pernambuco, no Rio Grande do Sul e no Amazonas.

As mortes marcam um aumento de 11 em relação a terça, quando a contabilização marcava 46 vítimas que vieram a óbito por conta da infecção. Na segunda-feira, eram 25 falecimentos. Do total, 48 foram em São Paulo, seis no Rio de Janeiro, uma no Amazonas, uma no Rio Grande do Sul e uma em Pernambuco.

O total de casos confirmados saiu de 2.201 ontem para 2433 casos. O resultado de hoje marcou um aumento de 28% nos casos em relação ao início da semana, quando foram contabilizadas 1.891 pessoas infectadas.

4 em cada 10 brasileiros estavam negativados em fevereiro, aponta pesquisa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Geral | Data: 26 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) estima que quatro em cada dez (38,8%) brasileiros adultos estavam negativados em fevereiro – o equivalente a 60,8 milhões de pessoas.

No segundo mês de 2020, o volume de consumidores com contas atrasadas cresceu 1,23% em relação ao mesmo período do ano anterior, o que representa uma desaceleração no crescimento da inadimplência no país – em janeiro, a taxa era de 1,38%.

Na mesma direção e com dados ainda mais positivos, o número de dívidas ficou 0,30% menor do que em 2019 na comparação anual, dado que evidencia queda pelo nono mês consecutivo. Em relação ao mês de janeiro, o número de dívidas caiu 0,11% e o de devedores, 0,22%.

…Leia na íntegra

ANATEL determina que operadoras aumentem a velocidade da internet dos usuários

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 26 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Fonte: S. Brasil

No último dia 15 a Agência Nacional de Telecomunicações enviou o ofício para todas as operadoras, com algumas determinações para ampliar as ações na batalha contra o coronavírus.

Nos últimos dias, estamos acompanhando as iniciativas para controlar os impactos negativos da passagem da doença pelo país, sendo tanto do setor público quanto do setor privado. Um dos aspectos que não podemos esquecer é a união e envolvimento das pessoas no combate ao Covid-19, seja no Brasil ou no exterior.

Na semana passada, já havia sido anunciada a iniciativa de enviar mensagens MMS para os grupos de riscos e nessa semana a ANATEL deu continuação às suas ações e anunciou as seguintes determinações e recomendações que as operadoras deverão atender, sendo uma dela a liberação de redes wi-fi em locais públicos.

● providências para acesso zero rating ao aplicativo móvel desenvolvido pelo Ministério da Saúde, o Coronavírus-SUS;

● medidas de ampliação de acesso a não assinantes (como liberação de redes Wi-fi em determinados locais públicos);

● medida de ampliação de velocidade de conexão nos acessos fixos à banda larga;

● promoção de campanhas publicitárias para divulgação de informações referentes à COVID-19, em especial com replicação daquelas realizadas pelo Ministério da Saúde;

…Leia na íntegra

Instituições oferecem cursos gratuitos durante isolamento social

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 26 mar 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Com a necessidade do isolamento social, para impedir a propagação do coronavírus, diversas instituições passaram a oferecer cursos gratuitos online.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) dispõe de 20 cursos digitais na plataforma de ensino a distância. Todas atividades são certificadas, possuem validade em todo território nacional, e podem ser acessadas através do site da entidade. Entre as modalidades oferecidas estão elaboração de materiais didáticos com recursos tecnológicos, estratégias de negociação internacional, aproveitamento integral de alimentos e lei geral de proteção de dados pessoais.

O Centro Universitário Maurício de Nassau (Uninassau), em parceria com a GoKursos Educação Continuada, também oferece 20 cursos digitais, com direito a certificado de conclusão. Entre as opções disponíveis estão: marketing digital, análise estatística de dados, língua inglesa, cozinha francesa, arquitetura de software, fundamentos em inteligência artificial, direito aplicado ao empreendedorismo digital, entre outros.

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) oferece nove cursos online e gratuitos, através da internet nesse período de suspensão das atividades devido ao coronavírus. Entre as opções estão leitura e produção de textos acadêmicos, InDesign e didática no ensino superior.

Para acessar os cursos, os interessados devem acessar o site da Superintendência de Educação Aberta e a Distância da UFRB e se inscrever na página do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

O ambiente de formação Polo oferece oito cursos gratuitos e chancelados para professores, gestores escolares e de organizações da sociedade civil (OSCs) e técnicos de secretarias de educação. Os conteúdos estão separados em quatro áreas: Gestão Pedagógica; Gestão Operacional; Leitura, Escrita e Matemática; e Monitoramento e Avaliação. os interessados devem acessar o site da Polo.

Discurso polêmico de Bolsonaro sobre coronavírus tem apoio de militares

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 26 mar 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif
Resultado de imagem para Bolsonaro em pronunciamento na TV

A narrativa do presidente Jair Bolsonaro de que há uma “histeria” de governadores e da imprensa na condução da crise envolvendo a pandemia do novo coronavírus encontra respaldo entre integrantes do Alto Comando das Forças Armadas. O Estado ouviu dez oficiais-generais sobre o discurso do presidente, que recebeu críticas por estar na contramão dos que o mundo prega para combater o avanço da doença.

Nesta terça-feira, 24, em cadeia nacional de rádio e TV, Bolsonaro se colocou contra o isolamento e fechamento de escolas e do comércio. Entre os generais ouvidos pelo Estado há um consenso: o presidente errou na forma, no tom de confronto ao distribuir ataques a governadores, prefeitos, mídia, e esquecendo a razão e a ciência.

Mas acertou no conteúdo. Esses militares dizem que, de fato, não é possível fechar o País, parar todas as atividades econômicas porque isso trará prejuízos irreversíveis à economia. Lembram ainda que um País, com a população essencialmente jovem, e que tem na informalidade um contingente demais de 38 milhões de autônomos, a dose exagerada do remédio poderá matar o paciente.

Outra preocupação é que esse desespero das pessoas possa levar a um caos social, inclusive com possibilidade de saques. Uma figura de linguagem usada por um desses militares dizia que se alguém leva um tiro na perna em uma guerra, não pode ficar deitado esperando ser atendido para tirar a bala, precisa continuar atacando, reagindo, para garantir sua sobrevivência. Nas Forças Armadas, os discursos oficiais dos comandantes do Exército, general Edson Pujol, e da Marinha, almirante Ilques Barbosa, são de que o País está em uma guerra e que o momento é de “serenidade” e “firmeza”. O general Pujol fala que “talvez essa seja a missão mais importante da nossa geração”, mas avisa que a tropa tem de “manter a capacidade operacional”, ou seja, trabalhar.

Da mesma forma, o almirante Ilques pede “serenidade, para não sermos envolvidos em mensagens alarmistas quanto à realidade dessa situação”. Depois de lembrar que “já vencemos situações semelhantes e ainda piores”, se referindo a companheiros que teriam tombado, seja na Segunda Guerra Mundial, com a gripe espanhola, ou na tragédia do Haiti, entre outras, o almirante Ilques afirmou que essa situação “será superada”, e pediu que as determinações das autoridades sejam seguidas.

O almirante adverte que é preciso atuar com firmeza e orientar os seus “semelhantes quando percebermos que estão sendo envolvidos por mensagem, que não apontam em solução”. Os comandantes não interpretam as palavras do presidente da República. Mas os oficiais-generais estrelados que, por uma questão de disciplina não expressam abertamente suas opiniões, têm repetido que o momento é de esquecer a retórica de Bolsonaro, que está em guerra com governadores de estado e se concentrem nas ações que o governo está adotando.

O ex-secretário de Assuntos Estratégicos, general General Maynard Santa Rosa, demitido por Bolsonaro, reverbera esse sentimento dos militares, ao dizer que concorda com o presidente no discurso, mas não na forma. “Concordo que ele está certo, entendendo o clima que poderemos viver quando a economia entrar em colapso. Será um caos social, saques, problemas sérios de lei e da ordem, um clima de instabilidade terrível, sem que isso afete o coronavirus”, comentou.

Ponte de equilíbrio entre confinamento e manutenção da atividade econômica

O general ressalvou que, “o grande problema é encontrar o ponto de equilíbrio entre o confinamento necessário em alguns casos e a manutenção da atividade econômica. O general Santa Rosa cita ainda que “o Brasil é um continente, tem uma população jovem, que existem diferentes realidades no País, e que por conta da guerra política, está havendo radicalização de alguns governadores e prefeitos que não estão vendo o day after quando a economia do País implodir”. Por isso, mesmo, prega um confinamento mais seletivo. Já o presidente do Clube Militar, general Eduardo José Barbosa, reconhece que o problema é complexo, o momento é delicado e, no seu diagnóstico, irá impor “escolhas de Sofia”.

“Se o remédio for muito forte, acaba com o vírus, mas acaba matando o paciente também. Os pacientes vão começar a morrer não pelo vírus, mas de fome e aí será tarde demais para se conseguir reverter a da sobrevivência econômica do País”, comentou. Depois de dizer que toda essa situação é inédita, o presidente do Clube reconheceu que “não existirá decisão perfeita porque não tem como resolver esse tipo de problema, sem causar dano colateral”.

Por isso, fala da importância de proteger as pessoas com mais de 60 anos e as que têm doenças, mas repete o presidente ao dizer que para a grande maioria, a covid-19 será como uma gripe. Para o general, o presidente está sem saber responder os governadores e prefeitos que estão tendo atitudes mais radicais, que querem fechar tudo, e entra no jogo do confronto político-eleitoral, que é absolutamente negativo e desnecessário, neste momento.

Estadão Conteúdo

Conter o Coronavírus é importante também para a saúde dos negócios

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 26 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

da CDL (Conteúdo)

Mensagem do presidente da CNDL

Em virtude do avanço do Coronavírus no Brasil, a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas resolveu somar esforços para conter a evolução da doença.

Entendemos que o momento não é de descontrole e que as autoridades de saúde estão tomando todas as providências necessárias. No entanto, cabe a uma entidade do porte da CNDL ajudar a esclarecer os seus associados com relação aos cuidados para evitar a contaminação.

Lembramos que a natureza do comércio implica no contato direto com o consumidor e que esse encontro pode fazer a diferença entre a propagação da doença e sua contenção.

Nesse sentido, pedimos a cada um dos nossos lojistas que façam a sua parte mantendo seus estabelecimentos comerciais limpos e orientando seus funcionários e clientes.

Entre as principais recomendações estão:

  • Evitar contato próximo com pessoas que estejam com infecções respiratórias agudas;
  • Lavar frequentemente as mãos, especialmente após contato direto com pessoas, dinheiro e antes de se alimentar;
  • Se o funcionário trabalhar diretamente com dinheiro, disponibilizar luva e máscara;
  • Cobrir nariz e boca com o antebraço ao espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar nas mucosas dos olhos;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos;
  • Manter os ambientes bem ventilados;

A CNDL possui 2 mil associados e 500 mil empresas em seus Sistema. Milhões de pessoas passam por nossas portas. Temos certeza que podemos impactar positivamente nesse esforço.

Conter o Coronavírus é importante também para a saúde dos negócios.

Juntos somos mais fortes!

José César da Costa

Presidente da CNDL

Manchetes de jornais desta 5ª feira, 26 de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 26 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif


– A Tarde: Mais jovens somam 45,8% dos infectados na Bahia

– Tribuna da Bahia: Cientistas condenam fala de Bolsonaro sobre o Covid-19

– Correio (Bahia): Quarentena já chegou ao comércio de rua

– Correio Braziliense: Em casa, brasilienses buscam dar exemplo

– Estado de Minas: Isolado pelos governadores

– O Estado de S. Paulo: Mandeta muda discurso e critica quarentena; Mourão defende isolamento (digital)

– O Globo: Governadores e cientistas rechaçam Bolsonaro; população fica em casa

– Jornal do Comercio (Recife): Decisão é manter população em suas casas

Manchetes de jornais desta 4ª feira, 25 de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 25 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif


– A Tarde: Setor produtivo baiano reage à crise da Covid-19

– Tribuna da Bahia: Coronavírus esvazia o Pelô

– Correio (Bahia): Quarentena já chegou ao comércio de rua

– Correio Braziliense: Na contramão do mundo

– Estado de Minas: Minas tem dois mil leitos em hospitais inacabados

– O Estado de S. Paulo: Bolsonaro critica confinamento e quer lojas e escolas abertas

– O Globo: Bolsonaro ignora orientação mundial e critica isolamento e escolas fechadas

– Jornal do Comercio (Recife): Bolsonaro sugere que população volte às ruas

Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 24 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

A Petrobras anunciou que irá reduzir em 15% o preço médio da gasolina em suas refinarias a partir desta quarta-feira (25). O valor do diesel, será mantido informou a companhia nesta terça (24).

A redução ocorre em meio a um tombo dos preços de petróleo e derivados por impactos da expansão do coronavírus e de uma guerra de preços entre grandes produtores globais da commodity.

Com o novo corte, a queda acumulada de gasolina da Petrobras — responsável por quase 100% da capacidade de refino do Brasil — somará cerca de 40% em 2020, de acordo com informações da petroleira e cálculos da Reuters.

Petrobras vai doar 600 mil testes para covid-19 ao SUS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 24 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Pel_banner_600x65-Resenha-_day.jpg

Fonte:

Nesta segunda-feira( 23), a Petrobras anunciou que vai doar ao Sistema Único de Saúde (SUS) 600 mil testes para o diagnóstico do novo coronavírus (covid-19). Dois terços  – 400 mil – serão entregues ao Ministério da Saúde, e o restante – 200 mil -, à Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, estado onde fica a sede da empresa.

Os kits para a testagem da doença vão ser importados esta semana e devem chegar dos Estados Unidos em abril. Segundo a estatal, os testes são do tipo RT-PCR, que é considerado “padrão ouro” pelo Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC).

A Petrobras anunciou ainda que criou um grupo multidisciplinar de profissionais para avaliar e propor soluções que possam ajudar no combate à pandemia.

Bancos suspendem pagamento de dívida por até 60 dias por covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 24 mar 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

da CDL (Conteúdo) com informações da CNN Brasil Business

Medida vale para Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú Unibanco e Santander

Os maiores bancos brasileiros anunciaram que estão abertos a prorrogar, por até 60 dias, os pagamentos de dívidas das pessoas físicas e micro e pequenas empresas. A medida é uma reação do setor ao efeito do coronavírus e vale apenas para os empréstimos que estão sendo pagos em dia. A iniciativa conjunta é do Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú Unibanco e Santander que afirmam estarem “abertos e comprometidos em atender pedidos de prorrogação, por 60 dias dos pagamentos de dívidas”.

“Os bancos estão engajados em continuar colaborando com o país com medidas de estímulo à economia”, cita a nota divulgada à imprensa. Segundo o comunicado divulgado pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), a decisão ocorre diante do “momento de preocupação dos brasileiros com a doença provocada pelo novo coronavírus” e após a discussão de “propostas para amenizar os efeitos negativos dessa pandemia no emprego e na renda”. Os bancos, segundo a nota, “entendem que se trata de um choque profundo, mas de natureza essencialmente transitória”.

Manchetes de jornais desta 3ª feira, 24 de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 24 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif


– A Tarde: Após pressão, Bolsonaro anuncia socorro a estados

– Tribuna da Bahia: Calamidade pública na Bahia

– Correio (Bahia): Juntos vamos derrotar o vírus #imprensacontraovírus

– Correio Braziliense: Tempo de ações duras, vacina e solidariedade

– Estado de Minas: Dobra número de caos em BH

– O Estado de S. Paulo: Após crítica e pressão de governadores, Bolsonaro anuncia pacote de R$ 88,2 bilhões (digital)

– O Globo: País soma esforços para ampliar atendimento, mas falta insumos

– Jornal do Comercio (Recife): Socorro aos Estados

Governo restringe entrada de estrangeiros no país por 30 dias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 23 mar 2020

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

O governo federal determinou restringir, por 30 dias, a entrada de passageiros estrangeiros de voos internacionais de uma série de países, devido à pandemia do novo coronavírus. A medida começa a valer na segunda-feira (13) e foi publicada no “Diário Oficial da União”.

As sanções podem variar de responsabilização administrativa, como multa, civil, penal, repatriação ou até deportação imediata para quem infringir a norma. A medida se aplica aos estrangeiros vindos da China, países-membros da União Europeia, Islândia, Noruega, Suíça, Reino Unido, Irlanda do Norte, Austrália, Japão, Malásia e Coreia do Sul.

De acordo com o governo, a restrição atende a uma recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de restrição excepcional e temporária de entradas no país. Ressaltando que a restrição não se aplica a brasileiros natos ou naturalizados, imigrantes com prévia autorização de residência no Brasil, estrangeiro que vai se reunir com familiar brasileiro que está no país ou aquele que seja autorizado pelo governo em vista do interesse público.

A medida também não atinge profissionais estrangeiros a serviço de organismo internacional, funcionários estrangeiros autorizados pelo governo brasileiro e o transporte de cargas.