Febraban: bancos projetam PIB de 4,1% em 2011

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 04 Maio 2011

Agência Estado

A economia brasileira, expressa em porcentuais do Produto Interno Bruto (PIB), deverá crescer 4,1% neste ano e encerrar 2012 com expansão de 4,2%, segundo mostram as expectativas de 32 instituições bancárias consultadas na “Pesquisa Febraban de Projeções Macroeconômicas e Expectativas do Mercado”, realizada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) de 28 de abril a 3 de maio.

De acordo com o economista-chefe da entidade, Rubens Sardenberg, o cenário previsto para este ano é de um crescimento menor, se comparado com o ano passado, mas com uma taxa maior de inflação. A mediana das expectativas dos 32 bancos em relação ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no encerramento deste ano é de 6,3% e para o ano que vem, de 5,1%.

…Leia na íntegra

Álcool ficará mais barato na Bahia já na próxima semana

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia | Data: 04 Maio 2011

A Tarde

Alívio à vista para os motoristas baianos: o segmento de combustíveis aguarda para os próximos dias o início da queda nos preços do etanol produzido pela nova safra de cana-de-açúcar. Além disso, o risco de racionamento da gasolina – cuja composição tem 20% de álcool –,  que rondava o mercado desde a última quinta-feira, foi afastado nesta terça-feira, 3, por representantes da cadeia.

Os preços menores devem começar a chegar às bombas dos postos até a próxima semana, de acordo com expectativa do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis (Sindicombustíveis). O motorista Renilson dos Santos chegou nesta terça pela manhã ao Terminal de Mataripe, em Madre de Deus, para abastecer o caminhão-tanque. “De manhã, não tinha combustível”, lembra ele, que deixou o local com o veículo abastecido às 16h15.

Preço do etanol deve cair a partir de maio, diz Mantega

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 03 Maio 2011

Estadão

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta terça-feira, 3, em audiência na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, que o preço do etanol deve cair a partir de maio, uma vez que a colheita da cana-de-açúcar já começou. “A boa noticia é que safra já esta sendo colhida, apesar das chuvas, e devemos ter redução de preços a partir de maio”, afirmou.

Segundo ele, o etanol sazonalmente apresenta preços mais elevados em abril, no período da entressafra, mas em 2011 também foi afetado pelo preço mais favorável do açúcar no mercado internacional. “É verdade que consumo de etanol aumentou nos últimos anos, mas também aumentou o preço do açúcar. É uma regra de mercado, o preço do açúcar é mais conveniente e houve certo desvio na produção”, admitiu Mantega.

…Leia na íntegra

Vendas de material de construção se recuperam e crescem 6,5% em abril

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 02 Maio 2011

Agência Brasil

As vendas no varejo do setor de material de construção cresceram 6,5% em abril ante março. Na comparação com abril do ano passado, o aumento foi 3%, de acordo com a pesquisa mensal feita pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), em parceria com o instituto de pesquisas Ibope. O resultado de abril representa uma ligeira recuperação do setor, que vinha registrando percentuais baixos de crescimento das vendas desde o início do ano.

Segundo o levantamento, os primeiros quatro meses do ano registram crescimento de 2,5% na comparação com o mesmo período de 2010 e, nos últimos 12 meses, de 9,5%. O setor com melhor desempenho foi o de argamassas, que cresceu 8,5%, seguido pela elevação de 6% do setor de cimento. Nenhum setor registrou queda nas vendas.

…Leia na íntegra

Inflação terá pico durante disputa salarial

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 01 Maio 2011

Folha Online

Categorias influentes negociam reajuste em agosto, quando índice acumulado deve chegar a 7,4%, o maior desde 2003

Trajetória de ganhos iniciada em 2004 entra em choque com política anti-inflação conduzida pelo governo federal

GUSTAVO PATU
DE BRASÍLIA

Há apenas oito meses, os metalúrgicos do ABC paulista comemoravam o maior ganho de sua história de disputas salariais. O reajuste obtido, de 10,8%, significava um aumento do poder de compra de 6,3%.

Caso queiram -e possam- repetir o feito neste ano, os representantes da categoria terão de pleitear em quatro meses, quando voltarão às negociações com seus empregadores, aumento muito maior, acima de 14%.

Segundo as projeções mais consensuais do governo e do setor privado, a presente escalada da inflação atingirá seu pico justamente quando corporações mais numerosas e influentes no sindicalismo nacional estarão em campanha.

…Leia na íntegra

Salário médio é menor do que em 1997

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 01 Maio 2011

Tribuna da Bahia

O rendimento médio do trabalhador da Região Metropolitana de Salvador foi de R$ 1.082 em 2010. Equivalendo a menos do que dois salários mínimos, o valor é menor do ganho médio em valores absolutos recebido em 1997 (R$ 1.088), conforme destaca a coordenadora da Pesquisa Emprego Desemprego (PED), Ana Margarete Simões, que integra a pesquisa como representante do Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas (DIEESE). Em 2003, destaca a pesquisadora, o ganho médio alcançou R$ 870. A partir de então voltou a crescer, lenta mas gradualmente.

A recuperação do poder de compra do trabalhador será uma das bandeiras dos sindicatos que participam neste domingo da celebração do Dia do Trabalhador. “Defendemos para o Brasil o crescimento com desenvolvimento e distribuição de renda e isso só se consegue aumentando o salário”, afirmou o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT-BA), Martiniano Costa. O sindicalista considera que, no 1º de maio de 2011, há motivos para se festejar, sobretudo quanto à geração de postos de trabalho, porém “há mais para se reivindicar do que para se comemorar”.

…Leia na íntegra

Governo vai tomar medidas para baratear energia, diz Pimentel

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 29 abr 2011

Agência Brasil

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel,afirmou nesta sexta-feira (29), durante participação no Fórum Econômico Mundial da América latina, no Rio de Janeiro, que o governo pretende tomar medidas para baratear o custo de energia no país. Segundo ele, já há um “sinal amarelo aceso”.

“O custo de energia é muito alto e é uma grande preocupação do governo. Brevemente vamos ter que anunciar medidas, e vamos fazer, que barateiem o custo de energia, especialmente para algumas áreas da indústria”, disse.

Pimentel reconheceu que o maior problema é a tributação, tanto federal como estadual. “Metade do custo da energia é tributação”, destacou.

…Leia na íntegra

Governo endurece regras para utilização de cheques

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 28 abr 2011

Folhapress

O CMN (Conselho Monetário Nacional) aprovou nesta quinta-feira uma série de normas para a utilização de cheques que afetarão bancos, clientes e comerciantes. Entre as regras, está a obrigatoriedade dos bancos disponibilizarem informações sobre os cheques aos estabelecimentos comerciais, como se um cheque foi cancelado, extraviado ou bloqueado.

Hoje, quem presta essas informações são entidades como a Serasa e o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), com algumas informações já repassadas pelas instituições financeiras, como a devolução de um cheque de determinado cliente. Com a decisão de hoje, a responsabilidade por prestar informações aos comerciantes passa a ser dos bancos e o leque de informações será maior.

…Leia na íntegra

Somente quatro dias para declarar o IR

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 26 abr 2011

Tribuna da Bahia

Maria Rocha

O prazo para Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) está chegando ao fim, mas ainda há muita gente sem saber se tem ou não necessidade de declarar. Os estudantes do curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal (Ufba) estão oferecendo o serviço gratuitamente à população até a próxima quinta-feira (28), e esclarecendo as principais dúvidas dos contribuintes.

O atendimento está sendo realizado desde o dia 12 de abril, das 9h às 17 horas, na Escola de Economia e Administração da instituição, localizada na Piedade.

Segundo o estudante de Contábeis Tomás Pereira Vilarpando, um dos integrantes do Núcleo de Atendimento, a iniciativa está acontecendo pela quarta vez, e o grupo vem atendendo em média 45 pessoas por dia. “Estamos atendendo diariamente durante a semana e a pedido de populares abrimos uma exceção num sábado (16). Há uma intensa procura pelo serviço, mas muita gente ainda tem dúvida quanto ao tipo de documento necessário e se precisam ou não fazer a declaração”, explica. …Leia na íntegra

Prévia da inflação no País ganha força e sobe 0,77% em abril

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 20 abr 2011

Estadão

Com uma forte alta dos grupos Alimentação e Transportes, a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) acelerou neste mês de abril, passando para 0,77%, após uma alta de 0,60% em março. O resultado, divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo AE Projeções, que esperavam inflação entre 0,64% e 0,86%, com mediana de 0,77%.

A taxa foi superior também à apurada em abril de 2010, quando o IPCA-15 subiu 0,48%. Com o resultado anunciado hoje, o IPCA-15 acumula taxas de inflação de 3,14% no ano e de 6,44% em 12 meses até abril.

…Leia na íntegra

Governo neutralizará eventual alta da gasolina com Cide

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 18 abr 2011

Agências internacionais

O governo está disposto a reduzir a tributação sobre os combustíveis para impedir que uma eventual elevação dos preços nas refinarias chegue ao varejo, afirmou nesta segunda-feira o ministro da Fazenda, Guido Mantega, avaliando não ser necessária uma alta imediata.

Segundo ele, o governo poderá reduzir a tarifa chamada Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre a gasolina e o diesel para compensar um eventual aumento do preço destes combustíveis na refinaria, se a Petrobrasdecidir fazê-lo.

“Em algum momento a Petrobras poderá ter que elevar os preços, mas iremos neutralizar isso com a queda da Cide”, disse Mantega a jornalistas após participar de um evento com analistas e investidores em Nova York.

Empresas já reduzem exigências na hora de contratar funcionários

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 17 abr 2011

Estado de S. Paulo

As posições começam a se inverter. Se no passado era o trabalhador que corria atrás das empresas para conseguir um bom emprego, hoje são as empresas que fazem qualquer negócio para contratar ou manter um funcionário. De acordo com pesquisa feita pela Fundação Dom Cabral com 130 companhias, responsáveis por 22% do Produto Interno Bruto (PIB), 92% das empresas estão com dificuldade para contratar profissionais.

Nesse cenário, vale tudo para preencher uma vaga, desde importar mão de obra de países vizinhos e fazer anúncios de emprego durante a missa até designar profissionais para promover a imagem do grupo entre candidatos. Foi-se o tempo também que para encontrar um bom emprego era preciso ter pós-graduação, mestrado e doutorado, além de experiência na área. Hoje muitas companhias já abrem mão dessas exigências.

…Leia na íntegra

Gasolina não vai subir em abril, diz Mantega

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 16 abr 2011

Estadão

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que não haverá alta de gasolina em abril e que, se houver no futuro essa necessidade, caso o petróleo continue subindo, então o governo poderá reduzir a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), que incide sobre a importação e a comercialização de combustíveis, para neutralizar o efeito da alta da gasolina.

Mantega voltou a deixar claro que deverá prevalecer a decisão do governo no que se refere a um futuro aumento do combustível. Esta semana, o presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, havia dito que a gasolina iria subir, caso os preços do petróleo se estabilizem perto da cotação atual.

…Leia na íntegra

Dólar fecha a R$ 1,57, e acumula alta de 0,19% na semana

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 15 abr 2011

Follhapress

A taxa de câmbio encerrou a semana com uma alta acumulada de apenas 0,19%, após três semanas consecutivas de desvalorização dos preços da moeda americana.

Somente hoje a cotação do dólar comercial recuou 0,18%, para R$ 1,577 nas operações de venda. Já o dólar turismo foi vendido por R$ 1,690 e comprado por R$ 1,540 nas casas de câmbio paulistas.

Ainda operando, a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) ganha 0,40%, aos 66.547 pontos. O giro financeiro é de R$ 4,92 bilhões. Nos EUA, a Bolsa de Nova York sobe 0,44%.

…Leia na íntegra

Governo prevê salário mínimo de R$ 616 em 2012

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 15 abr 2011

Estadão

O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2012, encaminhado nesta sexta-feira, 15, ao Congresso Nacional, prevê um salário mínimo de R$ 616,34 para o ano que vem, de R$ 676,35 para 2013 e de R$ 745,66 para 2014. O salário mínimo, atualmente, está em R$ 545,00.

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou que a aposta do governo é de que a inflação irá cair no segundo semestre deste ano. Por isso, os parâmetros econômicos considerados para elaboração da LDO de 2012 projetam um IPCA de 5% este ano e de 4,5% para 2012. “Claro que se a inflação se comportar para baixo ou para cima, a nossa projeção será revista”, disse. Miriam afirmou que o governo foi austero na definição dos parâmetros econômicos usados para elaboração da LDO de 2012.

Em relação à taxa de câmbio, cujas projeções preveem uma desvalorização do real nos próximos anos, ela disse que as estimativas estão próximas das de mercado. “As nossas projeções não estão muito diferentes do Focus (boletim de mercado divulgado semanalmente pelo Banco Central) para 2012”, afirmou. O governo estimou uma taxa de câmbio média de R$ 1,69 por dólar este ano e de R$ 1,76 por dólar em 2012. A cotação chega a R$ 1,82 em 2013 e a R$ 1,86, em 2014, pelas projeções usadas pelo Ministério do Planejamento.

Juros do cheque especial têm a maior alta dos últimos oito anos, mostra pesquisa do Procon

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 15 abr 2011

Agência Estado

A taxa média mensal dos juros cobrados sobre o uso de cheque especial subiu de 9,31% para 9,35% de março para abril, uma alta de 0,04 ponto percentual e uma variação anual de 192%. Essa é a maior elevação desde junho de 2003, quando os juros tinham alcançado a média de 9,43%, segundo o levantamento da Fundação Procon.

Três dos sete bancos pesquisados aumentaram os juros, segundo a pesquisa. No Banco do Brasil, a taxa passou de 8,15% para 8,27%, um acréscimo de 0,12 ponto percentual e variação de 1,47% sobre março. No banco Itaú o correntista paga em abril 8,96% ante 8,85% no mês anterior, uma alta de 0,11 ponto percentual. E, no Bradesco, houve correção de 0,04 ponto percentual, com a taxa alterada de 8,79% para 8,83%.

…Leia na íntegra

Contribuinte já pode consultar se está na malha fina

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 13 abr 2011

Agência Estado

O contribuinte que entregou a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) este ano já pode consultar se está ou não na malha fina (clique aqui para acessar). Para isso, basta fazer um código de acesso ao e-cac (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte) no site da Receita Federal. Segundo os dados divulgados nesta terça-feira, 12, 8,1 milhões de pessoas já prestaram conta ao Leão em 2011.

“A princípio todas as declarações já estão processadas. No máximo dois ou três dias depois da entrega, o contribuinte já pode saber se há alguma pendência na declaração”, afirmou a coordenadora geral de atendimento e educação fiscal, Maria Helena Cardozo.

Ela destacou que o serviço ajuda o contribuinte a corrigir, por meio de uma declaração retificadora, as pendências apontadas pelo Fisco. Isso ajuda a liberar mais cedo a restituição do IR, quando for o caso, ou evitar que o contribuinte pague juros no caso de ter imposto devido. O prazo para primeira cota ou cota única do IR vence no dia 29 de abril, último dia de entrega das declarações de 2011, ano-base 2010. Se o imposto apurado pelo contribuinte na declaração estiver errado, ele terá que pagar o valor da diferença corrigido após esta data.

…Leia na íntegra

FMI eleva projeção de inflação nos países emergentes em 2011

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 11 abr 2011

Estadão

Enquanto nas economias avançadas as pressões inflacionárias parecem mais contidas, nas economias emergentes elas estão se ampliando, afirma o Fundo Monetário Internacional (FMI) no relatório “Perspectiva Econômica Mundial” de abril, que começou a ser divulgado nesta segunda-feira, 11. Segundo o documento, a inflação tem ganhado impulso com a alta dos preços de alimentos e energia.

O FMI elevou a projeção de inflação anual nos países emergentes, de 6% para 6,9% este ano e de 4,8% para 5,3% em 2012. Para as economias avançadas, a projeção subiu de 1,6% para 2,2% em 2011 e de 1,6% para 1,7% em 2012. As projeções anteriores são da revisão do relatório de outubro do ano passado, feita em janeiro deste ano. Para o Brasil, a previsão de inflação ao consumidor em 2011 caiu de 6,9% (feita no documento de outubro do ano passado) para 6,3%; para 2012, é de 4,8%. O último levantamento para Brasil foi em outubro de 2010.

…Leia na íntegra

Brasileiro usa pré-datado contra restrições ao crédito

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 09 abr 2011

Agência Estado

Desde dezembro, o consumidor e o mercado driblam as restrições ao crédito feitas pelo governo com uma invenção brasileira: o cheque pré-datado. Do último trimestre de 2010 para o primeiro deste ano, a fatia do pré-datado no total de cheques emitidos aumentou quase 2 pontos porcentuais, de 76,37% para 78,04%.

Esse acréscimo equivale a R$ 13,250 bilhões que irrigaram o mercado fora das estatísticas do Banco Central no período. No ano, o crédito do pré-datado pode atingir R$ 53 bilhões, calcula José Antônio Praxedes Neto, presidente da Telecheque, empresa especializada em concessão de crédito ao varejo.

…Leia na íntegra

Brasileiro usa pré-datado contra restrições ao crédito

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 09 abr 2011

Agência Estado

Desde dezembro, o consumidor e o mercado driblam as restrições ao crédito feitas pelo governo com uma invenção brasileira: o cheque pré-datado. Do último trimestre de 2010 para o primeiro deste ano, a fatia do pré-datado no total de cheques emitidos aumentou quase 2 pontos porcentuais, de 76,37% para 78,04%.

Esse acréscimo equivale a R$ 13,250 bilhões que irrigaram o mercado fora das estatísticas do Banco Central no período. No ano, o crédito do pré-datado pode atingir R$ 53 bilhões, calcula José Antônio Praxedes Neto, presidente da Telecheque, empresa especializada em concessão de crédito ao varejo.

…Leia na íntegra