Ceasa: o crepúsculo do prazo

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 26 dez 2014

Tags:, ,

da Redação

Prefeitura

Neste domingo, dia 28 de dezembro, termina o prazo dado pela Prefeitura de Vitória da Conquista, para “desocupação’ do prédio onde funciona o Ceasa da Av. Juraci Magalhães. O presidente do Acatace – Sindicato dos Comerciantes do Ceasa, Eduardo Rocha, garante que irá resistir até que a PMVC resolva o problema que ela criou. “Como não temos lugar para ir, não sairemos daqui. Se preciso for, dormiremos aqui, enfrentaremos quem for, mas daqui não sairemos. Estamos determinados a ficar aqui. Nem que a Polícia venha, o Governo do Estado venha… É um consenso de todos. Só sairemos daqui quando tivermos um local”, sentenciou.

Neste caso, não valeu a palavra dada na época por representante do Governo Municipal, para esses mesmo comerciantes, que eles seriam transferidos para um local melhor e com mais espaço até solução definitiva. Esta promessa foi lembrada pelo líder do movimento que liberou para imprensa um vídeo com entrevista do então titular da Secretaria de Serviços Públicos, Miguel Felício. Honrar a palavra é o mínimo que se espera da atual administração municipal.

A situação é tão grave que o vereador Florisvaldo Bittencourt (PT), se rebelou e vem fazendo várias declarações contundentes contra a decisão da PMVC em marcar a data de 28 para o despejo dos comerciantes. O voto dele a favor da chapa de Gilzete Moreira (PSB) pode ter sido uma forma de manifestar a sua insatisfação com essa atitude da administração municipal.

Os comentários estão encerrados.