Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 22 dez 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Secom/PMVC

Nesta segunda-feira (21), o Centro de Controle de Endemias atualizou os dados do boletim informativo das arboviroses (Dengue, Zika e Chikungunya) até 51ª semana epidemiológica, referente ao período de janeiro a 18 de dezembro de 2020.

Na última semana não foi confirmado nenhum novo resultado laboratorial positivo, mantendo-se 4.192 casos confirmados da dengue no município. Outros 2.302 casos foram descartados, 230 inconclusivos e 108 ainda seguem aguardando por resultado laboratorial.

Dos 1.034 casos suspeitos notificados, 48 foram confirmados para laboratorialmente. Outros 240 foram descartados e 725 casos apresentaram resultado inconclusivo. Ainda há 21 pessoas que esperam pelo resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – 875 pessoas fizeram notificação por suspeita, sendo que 75 delas tiveram diagnóstico laboratorial positivo, 429 apresentaram resultado descartado para Chikungunya e 371 seguem aguardando resultado laboratorial.

Os bairros que apresentaram maiores números de ocorrências dessas arboviroses foram: Cruzeiro, Patagônia, Brasil, Alto Maron, Centro, Vila América, Alto da Boa Vista e Ibirapuera.

O Centro de Controle de Endemias alerta que esse período de altas temperaturas e chuvosos pode favorecer o surgimento de criadouros do mosquito. Por isso, as ações de prevenção devem ser redobradas: evite o acúmulo de água parada em pratinhos de plantas ou qualquer outro recipiente; vede adequadamente reservatórios de água; limpe a caixa coletora de água atrás da geladeira e evite o descarte de lixo em locais e horários incorretos.

Caso alguém apresente sintomas característicos de uma dessas doenças, deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para ser notificado e receber atendimento médico. A população também deve fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias por meio do número (77) 3429-7421.

Os comentários estão encerrados.