Conquista: Creas realiza ações de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 22 Maio 2020

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

Neste ano, as equipes que atuam nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) estão participando da campanha “Maio Laranja – Não Feche os Olhos” de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes. A campanha tem promovido diversas atividades de conscientização.

Na manhã dessa quarta-feira (20), equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social estiveram nas barreiras sanitárias nos Postos da Polícia Rodoviária Estadual da BA 263, situado na saída para Itambé, e na BA 262, saída para Anagé, alertando os motoristas que trafegavam pelo local, através de uma grande faixa. A ação foi realizada com a parceria das equipes do Simtrans e da Secretaria de Saúde que realizavam as medidas de controle à disseminação do coronavírus no município.

Além disso, com ações virtuais, o tema tem sido discutido com as famílias e adolescentes atendidos pelo serviço de forma remota, em encontros por videoconferência, mensagem via rede social e celular.

“Nossa campanha está focada na violência sexual intrafamiliar, por conta da pandemia da Covid-19, que tem obrigado crianças e adolescentes a ficarem dentro de casa e, infelizmente, os números apontam para um aumento de casos desta violência nas residências. Por isso, nossas equipes estão promovendo conversas virtuais com as famílias e os adolescentes para reforçar os sinais desse tipo de violência e também denunciarem”, explicou a coordenadora de Proteção Especial, Vanessa Severino.

A psicóloga Carine Oliveira e a assistente social Tainá Alves realizaram videoconferência sobre o 18 de maio com os participantes do grupo de adolescentes do Creas

Ao longo do mês, outras atividades vão continuar acontecendo. Até 30 de maio, equipes técnicas dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) irão realizar atendimento remoto (internet, telefone, celular) sobre o tema da Campanha, para acompanhamento das famílias com crianças e adolescentes vítimas de violência sexual inseridas nos serviços de proteção integral à família. Além disso, mais atividades educativas vão ser desenvolvidas com as famílias referenciadas pelas Unidades de Atendimento da Assistência Social através dos veículos de comunicação.

A população pode denunciar casos suspeitos de violência contra crianças e adolescentes através do Disque 100.

Os comentários estão encerrados.