Conquista: Prefeitura realiza videoconferência com o tema “Trabalho infantil e o enfrentamento através da rede intersetorial”

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 19 jun 2020

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

Na tarde desta quarta-feira (17) a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), por meio do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), realizou videoconferência com o tema: “Trabalho infantil e o enfrentamento através da rede intersetorial”, que foi debatido pelo coordenador de Serviços Especializado em Abordagem Social e do Programa de Atendimento e Atenção à População de Rua de Nova Lima-MG, Alison Ramos.

O debate contou com mais de 100 participantes representantes das unidades de atendimento da Assistência Social, da Secretaria de Educação, da Secretaria de Saúde, dos Conselhos Tutelares e demais órgãos da sociedade civil organizada, que se dedicaram durante pouco mais de uma hora e meia ao problema do trabalho infantil. “Nós ficamos gratos em poder debater com toda rede. Este tema que nos é muito caro e seu combate é uma meta desta gestão municipal. E para conquistarmos o fim do trabalho infantil precisamos trabalhar de forma intersetorial com a participação da Educação, da Saúde e também de toda sociedade”, ressaltou o secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

A articuladora do PETI, Monaliza Cirino, destacou as ações do município como a criação da Comissão Intersetorial das Ações Estratégicas de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil – COMPETI. “Esta comissão tem como objetivo apoiar as ações do Governo Municipal de forma intersetorial e interinstitucional”, explicou Monaliza.

Alison destacou a importância da atuação de todos os setores da sociedade no combate ao trabalho infantil

Durante sua explanação Alison apresentou os desafios para erradicar o trabalho infantil no Brasil. “Este é um esforço que deve ser de toda sociedade, mas só é combatido de fato quando existe vontade política, por isso, a criação da comissão é um passo importante para o envolvimento de todos os atores”, destacou Alison.

Uma das formas de combater o trabalho infantil é por meio da educação e para isso, a Prefeitura aderiu à ferramenta “Busca Ativa” do Selo Unicef, que através de um aplicativo identifica o aluno que não está indo à escola e busca, através de parceiros da Saúde e da Assistência Social, a reinserção do aluno(a) à sua escola. “Nós sabemos que o trabalho infantil é um dos principais motivos da evasão escolar. Com a Busca Ativa nós conseguimos a rematrícula de 1350 alunos em 2019”, informou a coordenadora operacional da plataforma do Busca Ativa na Secretaria de Educação, Emília Guimarães.

Os comentários estão encerrados.