Conquista: roda de conversa e live discutiram o racismo atual dentro da programação do Novembro Negro

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 20 nov 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Secom/PMVC

mdes), por meio da Coordenação de Igualdade Racial, realizou, nesta sexta-feira (19), uma roda de conversa sobre “Processos Históricos que refletem no racismo atual” e uma live sobre “Relações raciais e o SUAS: contribuições necessárias” a fim de estimular o debate a respeito de racismo e da cultura africana.

A roda de conversa aconteceu no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), e teve a gerente do Creas Novo Olhar, Bárbara Tigre, como mediadora. Após a roda os participantes trançaram os cabelos com as trancistas Lorena Lopes, Renata Ana Passarinho e Ediane Lacerda.

Moradora do bairro Nova Cidade, Lorena Lopes Martins é trancista já há cinco anos. “Adorei participar da ação e dar um pouco de autoestima para mulher preta nesse processo que a gente vem construindo de autoestima, que não é fácil, esse processo de aceitação”, explicou Lorena.

Lorena Lopes

A live, transmitida pelo canal da PMVC no YouTube, ficou a cargo do professor Vinícius Quirosa, da PUC Minas, e debateu as relações raciais e o Sistema Único de Assistência Social.  Quirosa destacou o valor da iniciativa da Semdes. “É muito importante o compromisso da Secretaria de Desenvolvimento Social e de toda a Prefeitura com toda essa temática, porque sem esse compromisso a gente não consegue avançar e refletir sobre o racismo”, destacou Vinicius.

Vinícius Quirosa e Michael Farias

O secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias, também participou da live e enfatizou como é importante desenvolver ambientes de discussões. “O dia de hoje marca também o compromisso do nosso governo, que tem à frente a prefeita Sheila Lemos, de enfrentamento a toda e qualquer forma de preconceito e colaborando significativamente para mudança da dinâmica social, da maneira como as relações se constroem nos diversos territórios presentes em Vitória da Conquista”, pontuou o secretário.

O Novembro Negro segue com programação, clique aqui

Para assistir a Live clique aqui: “Relações raciais e o SUAS: contribuições necessárias”

Os comentários estão encerrados.