Coopmac lança Exposição 2016 nesta quinta – feira

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia, Vit. da Conquista | Data: 26 jan 2016

Tags:, ,

da Redação
Foto: José Carlos D’Almeida (montagem)

JAy PAi e Filho

A Exposição de 50 anos (Bodas de Ouro) da Coopmac (Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense), será realizada de 11 a 20 de março. O lançamento oficial da festa será nesta quinta-feira, 28 de janeiro, num coquetel no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, oportunidade em que o presidente Jaymiltinho Gusmão anunciará o formato de 2016.

“Na parte de equinos, estão confirmadas as raças manga-larga machador, quarto de milha e campolina. Teremos ainda o minipônei e a fazendinha. Na bovinocultura, vamos fazer pela primeira vez a ‘Conquista Genética’, um programa de capacitação para os produtores sobre melhoramento genético das raças leiteiras e de corte, as quais estarão aqui pela primeira vez. Já estão confirmados nomes que são as principais referências no Brasil na área genética bovina”, adiantou o presidente da Coopmac. Jaymilton.

A festa é histórica já que marca a 50ª edicão da Exposição Agropecuária, Comercial e Industrial da cidade. “Essa data é um marco não só para Conquista, mas para toda a Bahia. Temos a satisfação de realizar a Exposição mais antiga do Estado, e a mais pujante. É uma honra estar nestas bodas de ouro”, afirmou.

O pai do atual presidente, o saudoso Jaymilton Gusmão Cunha, foi o primeiro presidente e comandou a 1ª Exposição. Na atualidade, o seu filho Jaymiltinho, terá a responsabilidade de realizar a festa dos 50 anos. “Nos dois sábados, teremos duas grandes atrações que vão dar corpo ao nosso evento. Vamos falar quem são no dia 28. A população pode esperar uma festa grandiosa”, disse.

O nosso PIB estará em exposição. No ano passado a Exposição foi responsável por negócios que ultrapassaram os R$ 150 milhões e gerou 1.300 empregos diretos e 6.000 indiretos em apenas 10 dias. Houve ainda a participação de 400 expositores, mais de 3.200 animais e 30 cantores e bandas, a maioria delas local ou regional. A meta agora é bater a marca de 2015.

Os comentários estão encerrados.