Cultura fora do ar

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 12 set 2013

Tags:, , ,

por Valentina Vaz

amelieA internet esses dias saiu do ar. Pressuponho que boa parte das pessoas se sentiu como a Pitty naquele trecho de uma das suas músicas: “pane no sistema, alguém me desconfigurou”. Acho que foi bem isso mesmo, sentiram-se desconfiguradas, fora da zona de conforto, impedidos de acessar a sua vida virtual. Em terra onde tudo se faz online, meu amigo, imagine o caos!

Quantas pessoas não ficaram olhando pro teto, quantas promessas os santos internautas não devem ter recebido, sem falar nos prazos perdidos, nas caixas de emails paradas… Acho até que teve gente querendo processar a operadora que distribui a bendita rede.

Eu, igualmente conectada, quando dei o enter e percebi que também tinha sido presenteada com a queda da internet, olhei para mesinha de livros, que fica em frente a minha cama, e vi uma pilha de filmes esquecidos. Já havia algum tempo que eu tinha os pegado emprestado, mas não sei se por falta de tempo ou interesse, não havia assistido nenhum.

Confira a agenda cultural da semana:

O Fabulo Destino de Amelie Poulain, foi o filme escolhido pro dia offline. Aos 35 minutos de sotaque francês derretendo meu coração, chamou-me a atenção o sentimento da personagem: “Amelie de repente se sente em harmonia com ela mesma. Tudo é perfeito nesse momento. A suavidade na luz, o perfume no ar, o rumor tranquilo da cidade.

Ela respira fundo, a vida lhe parece tão simples como o amor. Um desejo de ajudar toda a humanidade a toma de repente”. Não preciso explicar o contexto. Nada precisa ser explicado nesse trecho. As interpretações são livres, leia como quiser, a essência não vai mudar.

Não sei se vocês perceberam, mas caiu como uma luva para o dia em que “a cidade parou”. Surgia em mim, um novo tipo de prazer: o de estar desconectada, o de poder estar comigo na vida real, o de enxergar que, cabem muito mais coisas fora do que dentro de um monitor.

Me sentia como Amelie, livre pra me sentir como quisesse. Estava fora da rede. Tinha me tornado rainha de mim mesma. Sutilmente, senti uma sementinha de cultura nova querendo brotar, me parece que o nome “Cultura Fora do Ar”, combina com ela.

Albert Einstein iria ficar feliz em conhecê-la, talvez diminuísse o medo de estar certo em uma de suas previsões geniais (e trágicas): “Temo o dia em que a tecnologia se sobreponha à humanidade. Então o mundo terá uma geração de idiotas”. Façamos Einstein errar, aposto que ele não se importaria.

AGENDA CULTURAL

2. Prévia do Festival Suíça Baiana com a banda Scambo.

LOCAL: Casa do Rock (Av. Rosa Cruz)

DATA: 14 de Setembro, 17h.

3. Circuito de oficinas do Teatro do Oprimido – Prof. Eduardo Nunes.

LOCAL: IFBA (Campus Vitória da Conquista)

DATA: 10 a 12 de Setembro.

4. Oficina de Introdução à Fotografia.

LOCAL: Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima.

DATA: 13 de Setembro – 19h. às 22h; 14 de Setembro – 14h. às 17h; 20 de Setembro – 19h. às 22h; 21 de Setembro – 14h. às 17h.

5. Mostra Conquista Dance.

LOCAL: Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima.

DATA: 18 de Setembro.

(Inscrições abertas até 16 de setembro)

6. Planeta Skol – Asa de Águia e Zezé de Camargo e Luciano.

LOCAL: Área nobre do Parque de Exposições.

DATA: 14 de Setembro.

7. Banda Som e Louvor.

LOCAL: Arena Mira Flores.

DATA: 14 de Setembro, 19h.

 

 

Os comentários estão encerrados.