Depois de exames, Lula afirma que vai manter a rotina de viagens

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 30 jan 2010

Agência Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse antes de deixar o Instituto do Coração (InCor), em São Paulo, que vai manter a rotina de viagens. O presidente retorna a Brasília onde passará o final de semana em descanso. Na quarta-feira (27) à noite, o presidente sofreu uma crise hipertensiva, quando, por recomendação médica, desistiu de viajar para o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

“A agenda sempre tem uma utilização de horário muito maior do que 24 horas. Vamos ter que encontrar um jeito. O problema é que a gente vai ter que continuar viajando pelo Brasil. Temos muito coisa para fazer. É o último ano [governo dele] e a gente não pode deixar a peteca cair.”

“Obviamente, que graças graças a Deus, estou com a minha saúda perfeita. Eu possivelmente [passei mal] por excesso de cansaço e horas acordado. Eu na segunda-feira cheguei a Brasília 2 horas [da madrugada] do Rio de Janeiro. Na terça-feira, cheguei de Porto Alegre e fui dormir às 3 horas”, disse.

Segundo o presidente, chega uma hora que por mais bem preparado fisicamente que se esteja, se há o exagero na hora do trabalho e redução na hora do descanso, o corpo acaba sentindo. “Eu acho que foi isso. Parece que os exames estão perfeitos, eu acho que mais assustado ficou meu médico. Porque por mim, eu tomava um remediozinho e embarcava para Davos. Mas, a responsabilidade é do médico que falou: olha é muito delicado, vamos parar no hospital.”

O presidente prometeu seguir as recomendações médicas de melhorar a qualidade da dieta, reduzindo a ingestão de sal, e de fazer exercícios físicos diários. Ele também afirmou que não ficou preocupado em fazer o check-up. Bem-humorado, comparou o corpo humano a um automóvel.

“Você o leva para uma concessionário achando que ele está com um probleminha na porta direita e deixa ele na concessionária e vê que ele está com problema em tudo que é lugar”, disse. O check-up serve para afastar qualquer dúvida, segundo ele, que confessou um certo nervosismo. “Depois de passar em uma quntidade de máquina, parece que mais uma vez vou sair bem”. As informações são da Agência Brasil.

Os comentários estão encerrados.