Deputado do PSDB de Feira de Santana apoia Herzem em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 16 set 2016

Tags:, , ,

da Redação

Esteve em Vitória da Conquista nesta 5ª feira (15), o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB), da cidade de Feira de Santana. O parlamentar cumpriu agenda na cidade acompanhado da candidata a vereadora Geanne Oliveira (PMDB), e participou da caminhada do candidato a prefeito Herzem Gusmão (PMDB), realizada na tarde de ontem no Bairros Nossa Senhora Aparecida.

Apoio

Na entrevista o deputado Carlos Geilson falou da possibilidade do candidato a prefeito Arlindo Rebouças (PSDB) retirar a candidatura e apoiar Herzem. “Claro, isso pode ser motivo de debate, não de determinação, nem de deliberação. Fica a critério dos companheiros do partido, do PSDB, e do DEM de Vitória da Conquista. Eles é quem decidem. Cabe a nós o apelo, persuadi-los e tentar fazer com quem venham para mais perto da candidatura de Herzem, que é aquela que está consolidada e que, com certeza, pode definir a eleição no primeiro turno, o que é importante para interromper um projeto de poder de muitos anos em Vitória da Conquista.

O jornalista Fábio Sena entrevistou o deputado tucano que justificou o apoio dado a candidatura de Gusmão, Confira a íntegra da entrevista:

Entrevista: “Herzem é o mais preparado para governar Conquista”, diz Carlos Geilson

Blog do Fábio Sena

 

Carlos Geilson defende uma tese polêmica: de apoio de seu partido a Herzem ainda no primeiro turno.

Carlos Geilson defende uma tese polêmica: de apoio de seu partido a Herzem ainda no primeiro turno.

O deputado estadual Carlos Geilson, do PSDB, está em Vitória da Conquista cumprindo agenda política durante toda esta quarta-feira (15) em companhia do candidato a prefeito Herzem Gusmão (PMDB) e da candidata a vereadora Geanne Oliveira (PMDB). Apesar de seu partido ter lançado candidatura local, o parlamentar manifestou publicamente sua predileção pela campanha do peemedebista, realçando as virtudes deste quando atuou como deputado. Em entrevista ao blog, Carlos Geilson declarou que uma vitória das oposições em Vitória da Conquista fortaleceria a oposição em nível estadual, com o provável lançamento da candidatura do prefeito de Salvador, ACM Neto, ao governo do Estado. “Você observa que nas três cidades da Bahia onde tem segundo turno quem faz oposição ao governo do Estado reúne todas as condições de ganhar. Se formos para a cidade de médio porte, vamos consolidar este projeto de retomar o governo na Bahia, e Vitória da Conquista é um projeto totalmente especial”, afirmou.

Abaixo a entrevista com o deputado Carlos Geilson:

BLOG DO FÁBIO SENA: Deputado, sua visita a Vitória da Conquista é para consolidar apoio à candidatura de Herzem Gusmão à Prefeitura Municipal?
CARLOS GEILSON: Olha, eu venho a Vitória da Conquista trazer o meu apoio ao meu colega radialista Herzem Gusmão. Tive o prazer de conviver com ele na Assembleia por mais de um ano, é um parlamentar sério e conquistou a minha simpatia. Neste momento em que ele coloca o nome dele à apreciação, visando à Prefeitura de Vitória da Conquista, eu não poderia me omitir. Eu não poderia ser negligente com o povo de Vitória da Conquista. Herzem reúne todas as condições necessárias, está preparado para fazer um mandato para Conquista avançar. Como parlamentar, foi brilhante, usando a tribuna, e sempre um parlamentar com proposições. Pelo seu tempo de rádio, pela experiência adquirida recentemente no parlamento e como tribuno popular de 40 anos no rádio, Herzem é o mais preparado para governar Conquista. Óbvio que a gente não pode dizer que não houve avanços em Conquista nos últimos 20 anos. isto é fato, mas são avanços tímidos para a importância de uma cidade que é uma verdadeira locomotiva no Sudoeste da Bahia. Nós não podemos retroceder. Temos que olhar pra frente. O candidato que está em segundo lugar, bem distante de Herzem, já teve a sua vez, já governou a cidade. Agora precisamos avançar, precisamos de novos horizontes. E este momento que vive o país, esta expectativa nova de um poder muito mais equilibrado, Herzem é aquele que reúne as condições necessárias e Conquista enxerga que agora é um novo momento, e este novo momento quem encarna é o jornalista Herzem Gusmão.

BLOG: Deputado, o seu partido, o PSDB, tem um candidato a prefeito na cidade, o vereador Arlindo Rebouças. Internamente, como o senhor equaciona isto, um provável conflito?
CARLOS GEILSON: O partido local tem todo direito de lançar candidato, não há nenhuma reprovação, mas acho que houve uma precipitação; na medida em que o partido lança uma candidatura que não está galvanizada para uma disputa real pela Prefeitura, ela acaba sendo um apêndice de uma outra candidatura, que pode se beneficiar e que busca, de todas as formas e desesperadamente levar a eleição para o segundo turno. Se o candidato aqui do PSDB reunisse todas as condições necessárias para pleitear ao menos uma vaga no segundo turno haveria uma lógica. Mas na medida em que a candidatura não deslancha, ela fica muito mais a serviço de quem está no poder na Prefeitura do que propriamente dos partidos de centro. Quero repetir que o partido local tem a sua primazia, mas deveria analisar melhor o arcabouço político da cidade e estar muito mais envolvido num projeto que visa não apenas Conquista, mas o projeto estadual, com a candidatura de ACM Neto a governador, e vejo que o partido talvez tenha se precipitado, mas isso não tira o direito de fazer uma candidatura, mas os números atestam que não houve densidade eleitoral. Nas reuniões do PSDB sempre fiz questão de falar da importância de estarmos agrupados na candidatura de Herzem Gusmão, mas entendemos que o direito de ter uma candidatura, mas também penso se não é o momento de refletir se não é melhor estamos todos juntos e liquidar a fatura já no primeiro turno.

BLOG: Esta possibilidade de uma adesão à campanha de Herzem ainda no primeiro turno já foi objeto de debate internamente no PSDB estadual?
CARLOS GEILSON: Claro, isso pode ser motivo de debate, não de determinação, nem de deliberação. Fica a critério dos companheiros do partido, do PSDB, e do DEM de Vitória da Conquista. Eles é quem decidem. Cabe a nós o apelo, persuadi-los e tentar fazer com quem venham para mais perto da candidatura de Herzem, que é aquela que está consolidada e que, com certeza, pode definir a eleição no primeiro turno, o que é importante para interromper um projeto de poder de muitos anos em Vitória da Conquista.

BLOG: Qual o impacto para a conjuntura política e eleitoral do Estado para 2018 uma vitória de Herzem em Vitória da Conquista?
CARLOS GEILSON: Temos Salvador, uma eleição que os números atestam consolidada; Feira de Santana os números atestam para a vitória de José Ronaldo, assim como em Vitória da Conquista. Você observa que nas três cidades da Bahia onde tem segundo turno quem faz oposição ao governo do Estado reúne todas as condições de ganhar. Se formos para a cidade de médio porte, vamos consolidar este projeto de retomar o governo na Bahia, e Vitória da Conquista é um projeto totalmente especial, tanto que o prefeito ACM Neto esteve o tempo envolvido no projeto de composição, mas é preciso respeitar as divergências locais, eleições municipais tem suas lógicas locais. Mas a minha posição de dar apoio a Herzem é pessoal. Não tenho base em Vitória da Conquista, mas seria negligente não declarar publicamente meu apoio a Herzem.

 

Os comentários estão encerrados.