Eleições: PT e PSB seguem sem composição de chapa

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 31 jul 2016

Tags:, ,

da Redação

EleiçãoO deputado estadual José Raimundo Fontes (PT), pré-candidato a prefeito de Vitória da Conquista, seque sem o vice, após ter anunciado o nome de Maria Eny (PDT).

O PP e PSD reagiram o que foi  suficiente para implosão da chapa PT/PDT. O prejuízo seria inevitável. O PDT possui para o Rádio/TV apena 1,15″. Já a soma do PP com 2,47″ e o PSD 2,39″ chega a 5,24″. Outro fator determinante é que as lideranças desses dois partidos (PSD/PP) entenderem que o peso político na soma dos dois supera os partidos que integram o Grupo Independente. Até a quantidade de candidatos a vereador é bem superior.

O PP, que tem o comando do médico José Carlos Ladeia, e o PSD do vereador Gilzete Moreira, deverão impor um nome para compor a chapa com o candidato do PT, porém não está descartada a possibilidade do lançamento de uma chapa própria, ou até mesmo apoiar uma candidatura da oposição. Essa possibilidade tem tirado o sono dos petistas que logo adiaram a convenção para o dia 5 de agosto.

PSB

O PSB vive dilema parecido ao encontrar também dificuldade para atrair uma outra legenda para compor a chapa encabeçada pelo atual vice-prefeito Joás Meira. Os nomes de José Carlos e Gildelson Felício estão sendo lembrados para a construção de uma chapa puro-sangue.

Os comentários estão encerrados.