Estação de Transbordo da Lauro de Freitas: canais de drenagem pluvial são instalados

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 22 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Secom/PMVC

As obras da nova Estação de Transbordo da Avenida Lauro de Freitas já estão avançando! Na manhã desta sexta-feira (22), começaram as instalações dos dutos de drenagem de canalização de água pluvial. Durante muitos anos, a população de Conquista vem sofrendo com a falta de drenagem na região o que tem provocado alagamentos a cada chuva de maior volume. Com essa obra, esses transtornos vão ser evitados.

O secretário de Infraestrutura Urbana, José Antonio Vieira, explica que essa obra de drenagem está sendo iniciada na Travessa dos Artistas: “todos sabemos que com chuvas de grande intensidade, a avenida Lauro de Freitas é atingida com um volume muito grande de águas pluviais que são provenientes em sua maior parte da Travessa dos Artistas. Inclusive, causam muitos danos no trecho da Praça da Bandeira e no antigo terminal. Então, essa drenagem vai melhorar muito essa situação, reduzindo a quantidade de água que chegará na nova Estação”

Ao longo da avenida serão instalados tubos subterrâneos feitos em polietileno de alta densidade (PEAD), que, de acordo com a Associação Brasileira de Tubos Poliolefínicos e Sistemas (ABPE), é a mais moderna tecnologia em drenagem e impermeabilização disponível no mercado. Além disso, esses tubos apresentam vantagens como: maior flexibilidade, poucas emendas, alta resistência mecânica e facilidade de instalação.

Para o engenheiro da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra), responsável pela obra, Júlio Guedes, o compromisso da Prefeitura é entregar para a população uma obra de qualidade. “O trabalho de construção da nova Estação de Transbordo não se limita apenas à sua parte superficial, mas de todas as camadas internas da obra, que irão incidir em uma melhora significativa na infraestrutura do local”, explica.

Além da avenida Lauro de Freitas, também serão feitas intervenções e adaptações em outras localidades do Centro, como a Praça da Bandeira. “Faremos também a construção de caixas de transição com 26 metros de largura e 4 de profundidade, com capacidade de armazenar e direcionar a água para as galerias já existentes”, ressalta Júlio.

A obra da Nova Estação de Transbordo está orçada em pouco mais de R$ 6,6 milhões, recurso oriundo do Financiamento à Infraestrutura e Saneamento (Finisa II), da Caixa Econômica Federal. Além dos canais de drenagem e da nova estrutura de pavimentação asfáltica, a Estação será inteiramente revitalizada, com projeto paisagístico, cobertura completa, iluminação e acessibilidade.

Os comentários estão encerrados.