Faltando menos de uma semana para as eleições, alguns conquistenses ainda não escolheram candidatos

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Política, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 02 out 2012

Tags:, , ,

Da Redação

Mais de 215 mil pessoas devem votar na cidade. Vitória da Conquista é o terceiro colégio eleitoral da Bahia, ficando atrás apenas de Feira de Santana e Salvador.

Esta é uma semana decisiva para alguns conquistenses, que ainda não decidiram em quem votar no dia 07 de outubro. Nas ruas, tem gente que admite ainda estar indeciso e que ainda não escolheu em quem votar. Hora de avaliar as propostas de cada candidato para exercer a cidadania no dia de ir às urnas. Nas eleições 2012, a população vai eleger os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador. Em Vitória da Conquista são cinco candidatos a prefeito e 293 a vereador. No próximo ano, 21 vereadores farão parte do legislativo da cidade.

Segundo a Justiça Eleitoral de Vitória da Conquista, está quase tudo pronto para as eleições. Mais de 2800 pessoas devem trabalhar no dia 07 de outubro, incluindo mesários, técnicos de urnas, juízes eleitorais, dentre outras funções.

Vitória da Conquista é o terceiro colégio eleitoral da Bahia, ficando atrás apenas das cidades de Feira de Santana e Salvador. São três zonas eleitorais na cidade e 565 seções, espalhadas nas zonas urbana e rural da cidade. Uma seção especial funcionará ainda no Presídio Nilton Gonçalves, onde 53 presos devem votar neste ano.

Algumas seções eleitorais mudaram de local. Os eleitores podem obter informações desta mudança ligando para o fórum eleitoral da cidade, no telefone (77) 34246214. Os antigos locais também estarão sinalizados para informar ao público. Os novos locais de votação devem permanecer nos bairros, próximo às antigas seções, para facilitar o trajeto de quem vai votar.

No dia das eleições, é importante tomar alguns cuidados. O eleitor pode ir vestindo a camisa de um candidato favorito e levar a “cola”, com o número dos candidatos. Mas não deve ficar reunido em um grande número de pessoas portando materiais de candidatos, o que já pode ser caracterizado como propaganda eleitoral, que é considerado crime no dia do pleito e pode levar à prisão dos envolvidos.

Os comentários estão encerrados.