FTC Conquista abre seleção para professor de Educação Física

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 13 jul 2016

Tags:, , ,

da Redação (Ascom FTC)

FTC BBA FTC Conquista torna público nesta terça-feira (12) a abertura do Edital 01/2016 para seleção de cadastro de reserva de professor do curso de Educação Física.

Podem se inscrever profissionais da área de Educação Física e com pós-graduação Lato sensu ou Strictu senso.
Os interessados devem se inscrever no setor de Recursos Humanos da FTC Conquista até o dia 22 de julho, das 9h às 11h30 e das 15h às 17h30.

Maiores informações poderão ser adquiridas pelo telefone (77) 3422-8816 / 3422-8829.

Leia o edital (em anexo)

EDITAL Nº 01/2016 – SELEÇÃO PÚBLICA PARA CADASTRO RESERVA DE PROFESSOR
DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA
REDE FTC – FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS
DE
VITÓRIA DA CONQUISTA-BA

A Diretoria da Rede FTC – Faculdade de Tecnologia e Ciências de Vitória da Conquista, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pela legislação vigente, torna pública a realização do Processo Seletivo para seleção de Professor Reserva para atuar na docência no curso de Educação Física da FTC, com previsão de admissão no segundo semestre de 2016.

1. DOS CANDIDATOS

Poderão inscrever-se no Processo Seletivo, profissionais da área de Educação Física, conforme formação e titulação específica para a disciplina – descrita no anexo I deste edital.
Somente serão considerados os títulos, diplomas e certificados conferidos na forma da legislação vigente.
De universidade estrangeira só serão aceitos diplomas expedidos nos termos do §§ 2º e 3º do art. 48 da Lei 9.3943/96.

2. CRITÉRIOS PARA INSCRIÇÃO

– No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar a seguinte documentação:

2.1 – Fotocópia autenticada em cartório do Diploma do Curso de Graduação, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação e do Desporto – MEC ou Certificado ou Certidão de Conclusão do Curso de Graduação, em que conste o número do Decreto ou Portaria de Reconhecimento do Curso e data de colação de grau;
2.2 – Fotocópia autenticada em cartório do Certificado/Diploma de Conclusão do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu / Stricto Sensu ou Ata de defesa da dissertação ou da tese da Pós- Graduação Lato Sensu / Stricto Sensu, devidamente carimbada e assinada pela autoridade competente.
2.3 – Fotocópia autenticada em cartório do(s) Histórico(s) Escolar(es) relativo(s) ao(s) Diploma(s) e/ou ao(s) Certificado(s);
2.4 – Prova de que é brasileiro nato ou naturalizado, ou gozar das prerrogativas previstas no art. 12 da Constituição Federal, devendo os de nacionalidade estrangeira, em sendo aprovados, apresentar visto de permanência definitiva e atender as demais exigências legais;
2.5 – Cadastro de Pessoa Física – CPF;
2.6 – Carteira de Identidade;
2.7 – Título de Eleitor;
2.8 – Prova de quitação com a Justiça Eleitoral;
2.9 – Prova de quitação com o Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
2.10 – Comprovante de registro no Conselho profissional;

2.11 – Currículo Lattes COMPROVADO e ATUALIZADO, que deverá ser apresentado, na seguinte organização:
⦁ Dados Pessoais;
⦁ Títulos Acadêmicos;
⦁ Atividades Científicas e/ou Artístico-Literárias;
⦁ Atividades Didáticas e Profissionais;
⦁ Atividades Administrativas.

2.12 – O candidato, no ato de inscrição, deverá apresentar os documentos exigidos nos itens 2.5 à 2.10, em fotocópias legíveis, apresentando os originais para devida conferência e autenticação.

3. DA INSCRIÇÃO

O Candidato fará a inscrição no Departamento de Pessoal (RH) da FTC de Vitória da Conquista, entre os dias 12/07/16 a 22/07/16, das 9h às 11h30min e das 15h às 17h30min. Maiores informações poderão ser adquiridas pelo telefone (77) 3422-8816 / 3422-8829.

4. DA SELEÇÃO

4.1 – A Coordenação de Curso formará uma Comissão de Seleção a quem competirá analisar os documentos apresentados pelos candidatos e realizar a prova didática;
4.2 – Da primeira fase: constará da análise do Currículo; dia 01/03/16.
4.3 – Da segunda-fase: Entrevista – A ser realizada no dia 02/03/16 pela Banca Examinadora quando ocorrerá o sorteio dos pontos para a aula Pública;
4.4 – Da terceira-fase: aula pública a ser realizada no dia 03/03/2016 (Na ocasião o candidato deve apresentar a banca o plano de aula e terá 50 minutos para explanação do conteúdo). Os pontos da aula pública e referencial bibliográfico indicado estão descritos no barema, anexo III;
4.5 – Da nota final: será o resultado da Média Ponderada das Notas obtidas nas etapas (análise de currículo, entrevista, aula pública e demais itens a serem julgados conforme descrito no anexo II);
4.6 – A Comissão de Seleção encaminhará à Coordenação e de Curso e esta a Diretoria da organização o Relatório Final de Classificação. Os APROVADOS serão informados por resultados editados fixados em mural da faculdade, CAD e colegiado do Curso.

4.7 – Os pontos atribuídos por titulação obedecerão às pontuações máximas de cada tópico. A pontuação excedente deve ser somada à parte para efeito de desempate. Somente será admitida produção intelectual, cientifica ou artística que esteja relacionada com a área de inscrição do candidato e que constitua peça técnica profissional.

5. DAS ATRIBUIÇÕES
5.1 – Estabelecer seu Plano de trabalho integrativo com atividades articuladas de ensino, que poderá também complementar pesquisa e extensão, e executá-la depois de aprovada pelo Colegiado de Curso;
5.2 – Assumir, superintender e fiscalizar o processo de docência e avaliação da aprendizagem individualizada e integrativa no âmbito das disciplinas que lhe forem atribuídas;
5.3 – Observar as normas estabelecidas e a orientação dos órgãos administrativos, especialmente no que se refere ao cumprimento da carga-horária e do plano de ensino;
5.4 – Encaminhar ao Colegiado de Curso, um mês antes do início de cada período letivo, os planos de ensino e atividades a seu cargo;
5.5 – Registrar, em formulário próprio, a matéria e a freqüência dos estudantes às aulas ministradas e outros dados referentes às disciplinas e turmas sob sua responsabilidade;
5.6 – Encaminhar, por unidade, no caso de disciplinas de graduação, ou na forma e prazos estabelecidos, para outros cursos, os resultados das atividades acadêmicas dos planos sob sua responsabilidade, em termos de freqüência e aproveitamento;
5.7 – Participar das reuniões ordinárias e para as quais for convocado;
5.8 – Participar de comissões, sempre que designado, no interesse do ensino, da pesquisa e da extensão;
5.9 – Buscar seu constante aperfeiçoamento teórico e prático através de estudos pós-graduados e pela alternância entre disciplinas de graduação e pós-graduação e projetos de pesquisa e extensão em que atue.

Parágrafo Único. Em qualquer hipótese o articulador deve reunir as qualidades de educador, incentivador da pesquisa e extensionista, assumindo o compromisso de respeitar os princípios éticos da profissão e valores que formam a Instituição e o projeto pedagógico dos cursos, sendo obrigatória a sua freqüência a todas as atividades prevista.

6.0 – Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação do curso e Diretoria da Faculdade de Tecnologia e Ciências de Vitória da Conquista, juntamente com a Comissão de Seleção designada para o processo seletivo.

Vitória da Conquista – Bahia, 04 de Fevereiro de 2016.

Prof. Sergio Souza Magalhães
Diretor Geral e Acadêmico

Profª. Margareth Rocha Lima Matos
Coordenação do Curso de Educação Física

ANEXO I – DISPOSIÇÂO DA VAGA:

ÁREA DE
FORMAÇÃO
VAGAS
CARGA
HORÁRIA
DISCIPLINAS
TITULAÇÃO MÍNIMA
COMPROVADA

Saúde: Educação Física

01

4h Estágio Supervisionado Graduação em Educação Física e pós-graduação Lato sensu ou Strictu sensu
Saúde: Educação Física 01 3h/4h Atividade de Academia 2 Graduação em Educação Física e pós-graduação Lato sensu ou Strictu sensu
Saúde: Educação Física 01 2h/2h/2h Atividade Física Saúde e Qualidade de Vida Graduação em Educação Física e pós-graduação Lato sensu ou Strictu sensu
Saúde: Educação Física 01 2h Atividade Física Adaptada Graduação em Educação Física e pós-graduação Lato sensu ou Strictu sensu
Saúde: Educação Física 01 2h História da Educação Física e do Esporte Graduação em Educação Física e pós-graduação Lato sensu ou Strictu sensu

ANEXO II – DO JULGAMENTO DOS TÍTULOS – BAREMA

ANEXO III – PONTOS DA AULA PÚBLICA:

1. Conteúdos a serem abordados pelo candidato:

⦁ Estágio Supervisionado:

⦁ Discutir questões referentes ao mercado de trabalho e o campo de atuação do bacharel em Educação Física e a importância das competências técnicas e instrumentais como base para o desenvolvimento de outras competências.
⦁ Analisar de forma crítica as bases legais da regulamentação da profissão incluindo a atuação das agremiações profissionais e conselhos.

⦁ Atividade de Academia 2:

⦁ Aspectos fisiológicos da imersão;
⦁ Objetivos gerais e específicos, princípios básicos, estrutura e planejamento das aulas;
⦁ Hidroginástica para gestantes (ajustes fisiológicos na gravidez, prescrição de exercícios para gestantes, restrição dos exercícios durante a gravidez);
⦁ Aprendendo a ensinar os nados. Seqüência pedagógica para aprendizagem dos nados: adaptação ao meio líquido, respiração geral, flutuação ventral – dorsal – vertical – lateral, propulsão das pernas, propulsão dos braços, coordenação dos braços, coordenação de braços, coordenação das pernas e dos braços, respiração específica e coordenação das pernas/braços e respiração.

⦁ Atividade Física Saúde e Qualidade de Vida:

⦁ Relação entre atividade física, saúde e qualidade de vida; atividade física e processos crônicos-regenerativos; atividade física e longevidade.
⦁ Mecanismos biológicos na associação entre atividade físicas e variáveis da aptidão física relacionada à saúde.

⦁ Atividade Física na Terceira Idade:

⦁ Concepções a cerca do processo de envelhecimento.
⦁ O impacto do envelhecimento sobre o sistema fisiológico e da importância da manutenção de um estilo de vida ativa para um envelhecimento saudavél.
⦁ Diretrizes norteadoras a cerca do processo de envelhecimento e exercício físico.
⦁ História da Educação Física e do Desoporto:
⦁ Definições e conceituações da atividade física, Educação Física e esportes assim como nas suas áreas de atuação, entidades organizadoras e políticas gerais públicas.
⦁ Os campos de atuação do profissional da Educação Física e esporte, com ênfase no setor saúde, em termos de definição e demanda de mercado de trabalho.

⦁ Atividade física adaptada
⦁ Educação Física Adaptada: definição e histórico.
⦁ A deficiência no contexto sócio-cultural.
⦁ Aspectos legais.
⦁ Classificação das deficiências.
⦁ Características das deficiências e implicações para a elaboração e desenvolvimento de programas de Educação Física:

Os comentários estão encerrados.