Geddel visita obras e promete mais ações no interior

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 12 jan 2010

Tribuna da Bahia

Após visitar e tomar as devidas providências para recuperar os danos causados pelas chuvas em Angra dos Reis, o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, autorizou obras de macrodrenagem e pavimentação mos municípios baianos de Mairi e Várzea da Roça.

Certo de que o compromisso assumido pelo Governo Federal não se resume às estas necessidades, o ministro esteve nos respectivos municípios para saber o que mais precisa ser feito na região. Além de mais pedidos, inclusive de ações que não são da competência do seu Ministério, ele registrou flagrantes que mostram a carência vivida por essas regiões.

“É por esta razão que rompemos com o PT porque a Bahia pode ter mais e deve ter mais. A imagem revela o que estamos cansados de ouvir, que as prefeituras estão arcando com o dever do Estado em defesa do povo. Em Angico, distrito de Mairi, durante a entrega de obras, flagramos policiais fardados, trabalhando em carro da prefeitura com o combustível da prefeitura”, disse o ministro Geddel Vieira Lima, pré-candidato a governo do Estado.

No “pacote de queixas”, o prefeito de Várzea da Roça, Lourivaldo Souza (PMDB) falou: “Recuperamos o Hospital Municipal João Sales, porém ainda não voltou a funcionar porque falta equipamentos para atendimento médico. Sei que o ministro Geddel não tem  como nos atender, mas quero pedir a ajuda para interceder a nosso favor junto com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. Desde outubro de 2008 quando o hospital fechou, a população de Varzea tem que ir pra Mairi em busca de atendimento”.

Mais queixas partiram do secretário de Agricultura de Várzea, Danillo Rios, que há mais de quatro meses sem resposta alguma do governo para atender a necessidade dos produtores de leite da região para a compra de três refrigeradores.

“Vamos receber os refrigeradores e cursos de capacitação, o que vai beneficiar as três associações existentes, ou seja, cerca de 300 produtores, graças ao Ministério da Integração que liberou uma verba de R$100 mil para compra dos equipamentos, mais os cursos”.

Em Mairi, uma verdadeira cratera ameaça dividir a estrada ao meio. Desesperado, o prefeito do município, Antônio Cedraz, mais conhecido como Capeta (PMDB), disse: “Precisamos urgentemente de uma intervenção antes que uma tragédia ocorra na estrada”.

Escreva um Comentário

Faça o login para publicar um comentário.