Guanambi: MEC suspende seleção para funcionamento de curso de medicina

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 08 jun 2017

Tags:,

Da Redação


O Ministério da Educação (MEC) determinou a suspensão da seleção de uma faculdade particular que deveria implantar um curso de medicina na cidade de Guanambi. A suspensão ocorreu depois da denúncia de suposta fraude na seleção da instituição que ofereceria o curso, durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff.

De acordo com as informações divulgadas, teria sido realizada uma troca de pareceres, com o objetivo de alterar a classificação das participantes da concorrência, para beneficiar a Sociedade Padrão de Educação Superior, que mantém as Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros (FIPMoc). De acordo com a Folha de São Paulo, a empresa tem como um dos sócios a Samos Participações, do ex-ministro do Turismo, Walfrido Mares Guia.

Em nota, a assessoria da FIPMoc afirmou que foi habilitada de maneira legal na concorrência, com o cumprimento de todas as exigências do edital. Também diz que foi classificada em primeiro lugar porque ofereceu as melhores contrapartidas ao município e benefícios aos acadêmicos, pessoal docente e técnico administrativo, e, especialmente, pelo projeto de fornecimento de equipamentos, instalações de apoio e capacitação de profissionais da rede SUS.

Os comentários estão encerrados.