Hemoba celebra Dia Mundial do Doador com apresentações e live sobre o ciclo do sangue

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 12 jun 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Fonte: Ascom/Hemoba

Junho é mês de celebrar e incentivar a doação de sangue como um ato de solidariedade e amor ao próximo. Por isso, a Fundação Hemoba terá uma programação especial nos próximos dias, com lives sobre o ciclo do sangue, doações de grupos de diversos segmentos da sociedade, coleta itinerante, apresentação de quadrilhas juninas e outras atrações no hemocentro, na Vasco da Gama, em Salvador.

Nesta segunda-feira (14), o multiartista Edd Bala estará na Fundação Hemoba apresentando as atividades em celebração ao Dia Mundial do Doador de Sangue. A partir das 8h30, os estudantes do ensino médio do Colégio Nossa Senhora das Mercês farão uma apresentação de cordéis na área externa da Hemoba e, às 10h, o cantor e compositor Junior Machado se apresenta na área externa da instituição para comemorar a data.

Durante a manhã também será feita uma live com Ed Bala no instagram da Hemoba (@hemobaoficial) sobre o ciclo do sangue, mostrando cada etapa da doação de sangue e os processos pelos quais passam a bolsa antes de ser transfundida em quem precisa.

Para doar sangue, o voluntário deve estar de máscara, em boas condições de saúde, sem sintomas virais, pesar mais de 50 quilos, estar bem alimentado, ter dormido por pelo menos 6 horas, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não fumar por, pelo menos, duas horas e ter entre 16 e 69 anos incompletos. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de um responsável legal, e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.

Pessoas que se vacinaram contra a Covid-19 com a vacina da Coronavac poderão doar sangue após 48 horas. No caso do imunizante da AstraZeneca e da Pfizer, as pessoas podem doar após sete dias da vacinação. Durante a pandemia, a recomendação é de que pessoas com mais de 60 anos permaneçam em casa.

Os comentários estão encerrados.