Itapetinga: família espera há mais de 50 dias para enterrar idosa que morreu em incêndio

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 01 fev 2017

Tags:, , ,

Da Redação

No dia 9 de dezembro, a senhora Nelita de Oliveira Melo, de 85 anos, faleceu em decorrência de um incêndio em sua residência na cidade de Itapetinga. Depois de mais de 50 dias da sua morte, no entanto, a família ainda não conseguiu sepultar o corpo da idosa.

De acordo com informações do site Sudoeste Hoje, o sepultamento da idosa ainda não ocorreu por falta de liberação do Instituto Médico Legal, que aguarda o resultado de um exame de DNA para confirmação da identidade da vítima. A ação é necessária, pois o corpo foi encontrado carbonizado, o que impossibilitou o reconhecimento dos familiares.

Porém, a demora para a liberação do corpo tem gerado revolta entre os familiares da idosa e também dos moradores de Itapetinga. Enquanto o resultado do exame de DNA não sai, ainda de acordo com o site Sudoeste Hoje, “o corpo da idosa permanece na geladeira do IML de Itapetinga, que foi inaugurado pelo governador Rui Costa três dias antes de sua morte, mas que jamais funcionou por falta de quadro técnico.

Os comentários estão encerrados.