Justiça derruba decisão que obrigava Inep a divulgar redações do Enem corrigidas

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 08 out 2011

Uol

A Justiça Federal desobrigou o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) a divulgar as redações do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2011 corrigidas para os candidatos. A decisão derruba uma determinação de julho do Poder Judiciário no Maranhão.

Segundo a AGU (Advocacia-Geral da União), tornar este material disponível na para os estudantes acarretaria custos e poderia inviabilizar, inclusive, a realização da prova. Para 2012, o MPF (Ministério Público Federal) e o Inep assinaram um termo de ajustamento de conduta e as redações corrigidas serão mostradas aos candidatos.

No dia 12 de julho, a presidente do órgão, Malvina Tuttman, disse que estuda enviar para a casa do candidato a redação corrigida. A novidade, se aplicada, só valeria, no entanto, a partir do segundo semestre de 2012.

Prova de 2011

As provas do Enem deste ano acontecem nos dias 22 e 23 de outubro em quase 1,6 mil municípios. Dos 6,2 milhões que fizeram inscrição, 5,4 milhões pagaram a taxa e estão habilitados par ao exame.

A previsão do MEC (Ministério da Educação) é que haja dois exames a partir do ano que vem -o primeiro deles já está marcado para os dias 28 e 29 de abril. O órgão ainda discute a segunda data, já que haverá eleições municipais no mês em que a prova é tradicionalmente aplicada (outubro).

Além de selecionar para vagas em universidades federais por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), o Enem é pré-requisito para quem quiser uma bolsa do Prouni (Programa Universidade para Todos). O exame também é obrigatório para quem vai solicitar o Fies (Financiamento Estudantil).

Os comentários estão encerrados.