Mães são homenageadas na Câmara Municipal

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 11 maio 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais
fotos: Ascom Câmara

IMG_0162

A sessão realizada na manhã dessa quarta-feira (21) na Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) foi de homenagem ao dia das mães. Durante a sessão houve apresentações musicais e distribuição de flores para as mães. Vinte e uma mães, além das vereadoras Irma Lemos (PTB) e Lúcia Rocha (DEM), foram homenageadas pelo Legislativo Municipal.

A vereador Lúcia Rocha (DEM) disse que “ser mãe é uma dádiva de Deus e coautora da vida. Carregar por nove meses uma pessoa que o próprio Deus nos confiou para amar, zelar e cuidar. Cabe responder ao amor de Deus da melhor forma possível”. A vereadora Irma Lemos (PTB) parabenizou todas as mães, na pessoa da senhora Mirtis, mãe que ela escolheu para homenagear. Ela lembrou que há 10 anos perdeu seu primeiro filho e sete anos depois perdeu o segundo. “Não sei dizer como é a dor. Mas eu me conformei, como Maria que sofreu com Jesus em todas as fases da vida e que foi sacrificado para salvar toda uma sociedade”.

IMG_0159

Experiência com a maternidade – A pastora Zélia Moura narrou sua experiência com a maternidade. Ela é mãe de dois filhos, já adultos, e um deles nasceu com mielomeningocele. “É uma doença congênita que não tem cura. Ele foi desenganado pela medicina. O neurologista me chamou e disse: seu filho não terá uma vida normal, você terá que ter muitos cuidados, porque ele não vai enxergar, poderá não ouvir, não falar, não andar”. A criança chegou a passar por uma cirurgia e ficou 11 dias internado numa UTI. Ela explicou que naquele período foi procurada por uma mulher, que a incentivou a ter fé que o Senhor curaria o seu filho, o que veio acontecer. O filho da pastora Zélia estava presente na sessão de hoje e ainda tocou uma canção em homenagem ao Dia das Mães.

Mãe de coração – A pastora Vilma Cavalcante relatou sua experiência com adoção. Ela é mãe biológica de duas filhas e adotiva de quatro. “Por trás de todos nós tem uma guerreira. Sempre tem uma mulher guerreira”, falou. Ela ainda defendeu a adoção: “Abra o seu coração e comece a pensar sobre isso. Um só. Dedique o seu amor a um só, adote”.

O Monsenhor Uilton Pereira disse que sua palavra era de louvar a Deus pela “presença da mãe em nossa vida”. “A minha saudação fundamenta na pessoa de Nossa Senhora. Ela não é Deusa, é uma mulher que soube escutar o chamado de Deus”. Ele disse que é “por ela que saúdo todas as mães que estão por aí, as vezes sofrida, mas nunca deixa de ser uma mulher forte”. Relatou que “as mães quando recebem o convite não hesitam”.  Ele relatou ainda a história de uma mãe que teve seu filho assassinado, mas não deixou de amá-lo, em nenhum momento de sua vida: “ela me relatou que esse foi o filho que mais deu trabalho a ela, mas era o que ela mais amava.

O presidente a Câmara, Gilzete Moreira (PSD), relatou a importância das mães na vida de cada pessoa. “A mulher, principalmente a mãe, é um ser que precisa do nosso maior respeito e admiração”. Ele ressaltou a importância da sessão e agradeceu a presença de todos para celebrar um momento tão importante.

Mães homenageadas:

DONA ISABEL – Sidney Oliveira
VENOZINA GOMES DE OLIVEIRA – Herminio Oliveria
MARIA ASCENÇÃO- Gilzete Moreira
MARIA HELENA – Ademir Abreu
IVANILDE MARINHO – Adinilson Pereira
MARIA AUGUSTA – Andreson Ribeiro
AVANIR ALVES DA SILVA – Joaquim Libarino
DAGMAR GUIMARÃES – Cícero Custódio
GILDETE ROCHA – Edjaime Rosa (Bibia)
GILMARA LIMA- Coriolano Moraes
GLÓRIA MARIA-Luciano gomes
IOLANDA OLIVEIRA – Nelson de Vivi
JOVINA ROSA – Ricardo Babão
MARIA DAGMAR-FLorisvaldo Bittencourt
MARINÊ NOGUEIRA – Lúcia Rocha
MIRTIS LEMOS – Irma Lemos
SANDRA LEAL-Arlindo Rebouças
VITÓRIA DOS SANTOS – Julio Honorato
ZILANE LEDO – Fernando Jacaré
ELIZIA AMÉLIA GOMES RIOS – Alvaro Pithon
LARIANE MENEZES – Juvêncio Amaral

Os comentários estão encerrados.